10 benefícios secundários de parar de fumar

· 4 de dezembro de 2013
O tabaco faz com que nossas papilas gustativas percam a sensibilidade. Por isso, a comida fica sem gosto. Quando paramos de fumar, podemos voltar a desfrutar de todos os sabores.

Todos sabemos que é benéfico parar de fumar devido à melhora da saúde em geral. Neste artigo, você encontrará 10 benefícios secundários de parar de fumar para que você considere abandonar esse hábito caso o tenha.

Você vai sentir menos ansiedade ao parar de fumar

Apesar de os fumantes acreditarem que uma tragada longa num cigarro possa ajudar a acalmar os nervos, um estudo britânico publicado no começo de 2013 sugere que parar de fumar pode realmente diminuir a ansiedade a longo prazo.

As pessoas que conseguem parar experimentam uma redução significante da ansiedade, enquanto aquelas que continuam fumando experimentam um aumento rápido a longo prazo, escreveram os autores de um estudo na Revista Britânica de Psiquiatria.

Do mesmo modo, um estudo de 2010 publicado na revista “Addiction” demonstrou que o estresse percebido diminuiu nas pessoas que deixaram de fumar durante um ano depois da hospitalização por doenças do coração.

Leia também: Como acalmar a ansiedade de fumar com 5 infusões de plantas

Sua boca vai agradecer

de parar de fumar

Abandonar o hábito pode diminuir drasticamente o risco de problemas dentais como as cáries, as doenças na gengiva e as condições ainda mais perigosas como o câncer de boca, segundo estudos dos Centros para o Controle e a Prevenção de Doenças.

Em comparação com os ex-fumantes, os fumantes tem 1,5 vezes mais riscos de desenvolver pelo menos três condições de saúde bucal.

Sua vida sexual será melhor ao parar de fumar

Há aqui uma razão relacionada com o quarto para deixar de fumar: os estudos têm sugerido uma relação entre o tabagismo e a diminuição do desejo sexual tanto em homens como em mulheres.

Melhorará a sua pele

de parar de fumar

Se você quiser que sua pele fique na sua melhor condição, então é melhor parar de fumar. Fumar afeta o tom da pele, promove flacidez e, é claro, faz com que as rugas ao redor da área dos lábios aumentem.

Contudo, somente um mês e meio depois de parar de fumar, a pele já começa a aparentar uma melhora.

Conheça: 5 tratamentos naturais para suavizar as rugas da testa

Você vai ter mais cabelo

Se você gosta do seu cabelo, talvez seja hora de diminuir o consumo de cigarros. Pesquisas têm relacionado o hábito de fumar com um risco maior da calvície em homens.

Seu humor vai melhorar

de parar de fumar

Este é um bom beneficio: parar de fumar pode te fazer uma pessoa mais feliz.

Pesquisadores da Universidade de Brown, Estados Unidos, descobriram que os fumantes eram mais felizes quando estavam parando de fumar, mesmo que voltassem a fumar depois.

Você vai ter mais aniversários

Parar de fumar pode ajudar as mulheres a viverem uma década a mais do que teriam se continuassem fumando, segundo um estudo de 2012 publicado na revista “The Lancet”.

Os pesquisadores também descobriram que quanto mais as mulheres fumavam, maior era o risco de morte prematura, incluindo as fumantes que fumam somente entre um e nove cigarros ao dia.

Elas tem um risco duas vezes maior de morte em comparação com as não-fumantes.

Vai melhorar as suas chances de engravidar

de parar de fumar

Se você estiver tentando conceber uma criança, uma das melhores coisas que pode fazer é parar de fumar. A NBC News informou que as mulheres fumantes tem 60% mais de probabilidade de serem inférteis em comparação com as não-fumantes.

Fumar também está relacionado com abortos involuntários e espontâneos.

Aproveitará melhor os alimentos

Se você não gosta de comida sem sabor, então não fume, segundo uma pesquisa. Um pequeno estudo em 2009 realizado em soldados gregos mostrou uma associação entre o tabagismo e papilas gustativas cada vez mais planas.

Os resfriados não serão tão ruins

de parar de fumar

Os sintomas do resfriado leve poderiam tomar uma forma mais grave para os fumantes, segundo um estudo de pesquisadores da Universidade de Yale, Estados Unidos.

Os resultados, publicados em 2008 no “Journal of Clinical Investigation”, mostraram uma reação exagerada do sistema imunológico de ratos expostos à fumaça do cigarro quando têm contato com um vírus similar ao da gripe.

  • Glover, M., & McRobbie, H. (2016). Smoking Cessation. In International Encyclopedia of Public Health. https://doi.org/10.1016/B978-0-12-803678-5.00412-4

  • Cahill, K., Hartmann-Boyce, J., & Perera, R. (2015). Incentives for smoking cessation. Cochrane Database of Systematic Reviews. https://doi.org/10.1002/14651858.CD004307.pub5