6 remédios naturais para combater as cáries

3 de abril de 2016
Os remédios para combater a cárie dental são apenas um coadjuvante contra esse problema. Considerando suas complicações, essa doença deve receber intervenção profissional.

Para combater a cárie, é importante passar por um exame odontológico. Embora existam algumas medidas que podem ser aplicadas em casa, é importante procurar um profissional para evitar complicações. O que você deve saber sobre isso?

A cárie dentária é uma doença bucal causada por um acúmulo excessivo de bactérias na superfície dos dentes. Essas bactérias criam ácidos a partir do açúcar e desencadeiam problemas como desmineralização do esmalte, sensibilidade dentária e cárie dentária.

Felizmente, desde que a intervenção seja oportuna, o prognóstico é favorável. Além disso, existem tratamentos eficazes para o seu controle e alguns remédios naturais que ajudam a aliviar os sintomas. Neste espaço, vamos contar quais são e como devem ser usados.

A cárie dentária

Para começar, nossa boca é habitada por centenas de micro-organismos, entre os quais se destacam a bactéria Streptococcus mutans, localizada entre os dentes e, principalmente, em relevos da coroa dos pré-molares e molares.

Quando, devido à higiene inadequada, se acumulam alimentos na cavidade bucal, essa bactéria se prolifera com uma relativa facilidade. Nesse processo de crescimento bacteriano são liberadas substâncias ácidas.

Estas, com o passar dos dias, geram a destruição dos tecidos dos dentes até chegar às terminações nervosas, onde causam uma intensa dor. Porém, em alguns casos, antes que chegue nessa etapa crônica, algumas pessoas experimentam uma dor mais leve.

Graças a isso, é possível detectar mais rápido o problema. Para saber com certeza se os sintomas que você apresenta têm origem em um problema de cáries, o melhor é consultar o dentista para receber o diagnóstico adequado.

Como combater a cárie dentária?

De acordo com uma publicação em National Center for Biotechnology Information, para combater a cárie dentária em casos leves, pode ser suficiente escovar os dentes regularmente com pasta dental com flúor e receber tratamento com flúor no dentista.

No entanto, se a doença estiver em estágio mais avançado, o profissional poderá optar por outros tratamentos. Quando o dente tem um orifício, realiza-se o preenchimento com resinas sintéticas, amálgamas, material cerâmico ou um metal precioso.

Se for mais grave, o tratamento pode incluir uma coroa parcial ou completa para o dente e um um tratamento de canal se houver nervos afetados. Em poucos casos, é necessário extrair o dente e usar um implante.

Remédios caseiros para combater a cárie dentária

A cárie dentária é um problema que deve ser tratado diretamente por um dentista. No entanto, existem vários remédios caseiros que ajudam a combatê-lo quando está nos estágios iniciais. Obviamente, esses remédios são apenas um coadjuvante que facilita o controle dos sintomas.

Por nenhuma razão devem ser utilizados como substitutos dos tratamentos prescritos pelo profissional. Além disso, devemos ter em mente que eles vêm em grande parte da cultura popular e, portanto, carecem de evidências. Se você quiser experimentá-los, aqui estão alguns dos mais conhecidos.

1. Infusão de cavalinha

Infusao-de-cavalinha-500x375

Este remédio natural contém um mineral conhecido como silício, essencial para prevenir a destruição dos dentes. Além disso, segundo dados de um recente estudo publicado em Pharmacognosy Reviews, atua como um remineralizante natural e tem uma ação antisséptica que pode reduzir a ação das bactérias.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de cavalinha (10 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)

Preparo

  • Coloque uma xícara de água para esquentar.
  • Quando começar a ferver, adicione uma colher de sopa de cavalinha e deixe em infusão durante 10 minutos.
  • Coe e tome depois do almoço.

Veja também: Cavalinha, uma planta emagrecedora e remineralizante

2. Infusão de castanha-da-índia para combater as cáries

Segundo informações publicadas na revista Nature, extratos de castanha-da-índia (Aesculus hippocastanum) contêm saponinas, conhecidas coletivamente como ‘aescin‘. Estas são benéficas contra os sintomas de doenças dentárias, pois agem como anti-inflamatórios.

Entre outras coisas, estimula a secreção de saliva para lidar com a proliferação de bactérias. Também tem um efeito analgésico leve que pode diminuir a dor nos dentes.

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de folhas e sementes secas de castanha-da-índia (10 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)

Preparo

  • Coloque a água para esquentar em uma panela e adicione a colher de sopa de folhas e sementes secas de castanha-da-índia. Passados cinco minutos, tire do fogo e deixe descansar.
  • Tome uma xícara a cada três dias.

3. Infusão de camomila

Infusão-de-camomila-500x334

A camomila não é apenas um remédio digestivo. De acordo com um estudo publicado em Iranian journal of pharmaceutical research (IJPR), seu uso como enxágue pode ajudar a remover a placa dentária sem nenhum efeito adverso significativo na coloração dental. Evidentemente, isso é fundamental contra as cáries.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de camomila (10 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)

Preparo

  • Coloque uma xícara de água para ferver e adicione uma colher de sopa de camomila.
  • Deixe que faça a decocção de 5 a 10 minutos.
  • Por fim, depois do tempo recomendado, faça bochechos com a infusão até três vezes por dia.

4. Sal e pimenta em pó para combater as cáries

Uma pasta feita com sal e pimenta pode ajudar a combater a inflamação e o desconforto associados à presença de cáries. No entanto, dada a falta de evidências sobre sua segurança e eficácia, deve ser usada com cautela. A pimenta pode ser irritante para algumas pessoas.

Ingredientes

  • ¼ de colher de chá de sal
  • 1 pitada de pimenta em pó
  • Gotas de água

Preparo

  • Faça uma pasta misturando o sal, a pimenta e algumas gotas de água.
  • Quando estiver pronta, aplique diretamente em todos os dentes usando uma escova de dentes.

5. Enxaguante de sálvia e hortelã

Enxague-de-salvia-e-hortelã

Um enxaguante natural com propriedades antibacterianas pode contribuir para frear o crescimento das bactérias. Além disso, é preciso levar em consideração que são elas que causam as cáries e o mau hálito.

A sálvia e a hortelã são os ingredientes especiais deste remédio. Além de combater as bactérias, também ajudam a aliviar a dor e a inflamação.

Ingredientes

  • 1/2 colher de chá de sálvia (2,5 g)
  • 1/2 colher de chá de hortelã (2,5 g)
  • 1/2 copo de água (100 ml)
  • 1 colher de chá de sal do Himalaia (5 g)
  • 4 gotas de glicerina vegetal líquida

Preparo

  • Para começar, prepare uma infusão de sálvia e hortelã colocando ambas as ervas para ferver em meio copo de água.
  • Quando estiver pronta, adicione o sal do Himalaia e as 4 gotas de glicerina vegetal. Mexa.
  • Mergulhe a escova de dentes nesta mistura e escove os dentes como de costume.

6. Infusão de cravo-da-índia para combater as cáries

O cravo-da-índia é uma especiaria com um aroma muito agradável e um sabor levemente picante. Seu efeito bactericida e antisséptico pode ajudar a tratar as cáries.

De fato, um estudo com animais, publicado na revista Experimental and Therapeutic Medicine, determinou que seu composto ativo, o eugenol, ajuda a inibir a produção de ácido por S. mutans. Isso, por sua vez, reduziu a incidência e a gravidade das lesões de cárie.

Conheça: Remédios naturais para a infecção no ouvido ou otite

Ingredientes

  • 1 punhado de cravos-da-índia
  • 1 xícara de água (250 ml)

Preparo

  • Coloque uma xícara de água para ferver e adicione um punhado de cravos-da-índia.
  • Deixe repousar durante 10 minutos e use a infusão para fazer bochechos várias vezes por dia.

Por fim, é preciso se lembrar de que a cárie dentária requer tratamento por um profissional qualificado. Um tratamento inadequado pode levar à progressão da doença para abscessos periodontais ou outras patologias. Procure atenção adequada!

  • InformedHealth.org [Internet]. Cologne, Germany: Institute for Quality and Efficiency in Health Care (IQWiG); 2006-. Tooth decay: Overview. 2006 Mar 17 [Updated 2017 Sep 21]. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK279514/
  • Sicca C, Bobbio E, Quartuccio N, Nicolò G, Cistaro A. Prevention of dental caries: A review of effective treatments. J Clin Exp Dent. 2016;8(5):e604–e610. Published 2016 Dec 1. doi:10.4317/jced.52890
  • Generlich, A. (2008). Stop gingivitis before it starts. Vital6(1), 36–37. https://doi.org/10.1038/vital895
  • Cortés-Rojas, D. F., de Souza, C. R. F., & Oliveira, W. P. (2014). Clove (Syzygium aromaticum): A precious spice. Asian Pacific Journal of Tropical Biomedicine. https://doi.org/10.1016/S2221-1691(14)60215-X
  • Dorman, H. J., & Deans, S. G. (2000). Antimicrobial agents from plants: antibacterial activity of plant volatile oils. Journal of Applied Microbiology. https://doi.org/10.1046/j.1365-2672.2000.00969.x
  • Gorgani, L., Mohammadi, M., Najafpour, G. D., & Nikzad, M. (2017). Piperine—The Bioactive Compound of Black Pepper: From Isolation to Medicinal Formulations. Comprehensive Reviews in Food Science and Food Safety. https://doi.org/10.1111/1541-4337.12246
  • Pourabbas, R., & Delazar, A. (2010). The Effect of German Chamomile Mouthwash on Dental Plaque and Gingival Inflammation. Iranian Journal of Pharmaceutical Research0(0), 105–109. https://doi.org/10.22037/ijpr.2010.624
  • Xu JS, Li Y, Cao X, Cui Y. The effect of eugenol on the cariogenic properties of Streptococcus mutans and dental caries development in rats. Exp Ther Med. 2013;5(6):1667–1670. doi:10.3892/etm.2013.1066