6 dicas para tratar hiperatividade em adultos

O transtorno de hiperatividade em adultos difere do transtorno da infância em vários dos seus sintomas. Veja tudo sobre esse transtorno em adultos aqui.

A hiperatividade em adultos é um problema que muitas pessoas não conhecem. Geralmente é associado a crianças em idade escolar.

No entanto, as crianças que não foram tratadas corretamente durante seu desenvolvimento são mais propensas a sofrer com ela quando crescem. Em seguida, descubra como detectar e tratar a hiperatividade na idade adulta.

O que é hiperatividade em adultos?

Quando uma pessoa executa muitas tarefas ao mesmo tempo, mas não termina, ela se sente ansiosa a maior parte do dia. A hiperatividade pode ocorrer de diferentes maneiras em crianças e adultos e é caracterizada principalmente pela presença dos seguintes sintomas:

  • Impulsividade
  • Falta de atenção
  • Falta de concentração
  • Problemas de gerenciamento de tempo
  • Incapacidade de permanecer inativo.
  • Inconsistência nas atividades desenvolvidas.

Esse tipo de pessoas nunca está no mesmo lugar, fala muito e tem dificuldade em manter o silêncio. Também pode ser alguém muito impaciente.

Pode ser evidenciado quando a pessoa está fazendo fila (no banco ou para pagar alguma conta) e não é capaz de esperar até chegar a sua vez. Além disso, essa pessoa geralmente  interrompe os outros.

A hiperatividade em adultos não é tão “conhecida” quanto em crianças; no entanto, é mais frequente do que pensamos. Esta desordem emocional e mental resulta em um humor inconstante, uma má organização diária, falta de autoconfiança e atenção pobre ou irregular.

Portanto, adultos hiperativos tendem a ser pessoas com baixa autoestima, relacionamentos de casal complicados, pouca interação social e muitas falhas. Os principais problemas que surgem a partir disso são ansiedade, depressão, transtornos de personalidade e uso de drogas.

Recomendamos que você leia: 10 alimentos que acalmam a ansiedade naturalmente

Como tratar a hiperatividade em adultos

Como primeiro passo, é necessário ir a um psicólogo  para analisar o caso e fornecer um diagnóstico adequado. Se é realmente TDAH, o próximo passo que deve ser realizado é descobrir esta desordem, a fim de entender de que se trata, como isso afeta à pessoa e outros aspectos.

Existem alternativas diferentes para superar a hiperatividade em adultos. Muitos deles consistem em terapias cognitivas ou comportamentais que se concentram em modificar certos hábitos progressivamente. Algumas das dicas para melhorar a hiperatividade em adultos são:

1. Conversar

Um bom conselho pode ajudar  atratar a hiperatividade em adultos

É sempre bom falar com pessoas em quem você confia. Contanto que seja uma pessoa que tenha a capacidade (ou vontade) de ajudar, apoiar e respeitar. É muito importante ter alguém que saiba como deixar de lado os preconceitos.

2. Respire

respiração consciente tem muitos benefícios quando você considera que a situação é esmagadora ou experimenta a ansiedade. Para recuperar a calma, é recomendável prestar atenção aos movimentos feitos pelo corpo toda vez que você inspirar e expirar até se sentir calmo. Esta técnica permite que a pessoa pare de se concentrar no negativo.

3. Evite interrupções

Un conversa tranquila com um amigo pode tratar hiperatividade em adultos

Para evitar interrupções constantemente, você pode contar até 10 antes de falar. Recomenda-se praticar a escuta ativa e se interessar pelo que os outros dizem sem comentar nada, a menos que a opinião seja diretamente solicitada.

4. Relaxe

Para tratar a hiperatividade em adultos, várias técnicas de relaxamento podem ser usadas. Para alguns casos, a meditação será mais apropriada. Para outros, um banho relaxante ou uma caminhada no parque funciona melhor.

O importante é que você encontre esse método que permite que você descanse um pouco a mente e aquele redemoinho de ideias que o caracteriza.

Veja também: a Meditação, uma alternativa aos castigos para as crianças

5. Organize-se

A organização pode tratar a hiperatividade em adultos

Outro obstáculo que o hiperativo tem de superar é a desorganização em qualquer campo (profissional ou pessoal). Isso pode ser resolvido de várias maneiras, como criar listas de tarefas diárias, ter um calendário à mão ou usar notas adesivas coloridas.

Você também pode reservar um dia ou uma manhã para arrumar a mesa ou o espaço de trabalho e mudar gradualmente os hábitos para não acumular coisas (por exemplo, manter as roupas limpas e não deixá-las em uma cadeira ou colocar as pastas em uma prateleira e não empilhadas na mesa).

6. Limite distrações

É muito comum que uma pessoa hiperativa se distraia rapidamente. Para isso, é recomendável limitar os elementos de distração do estudo ou da área de trabalho.

Recomendados para você