Melhor Com Saúde
 

Tudo que você precisa saber sobre os transtornos do humor

Existem, basicamente, dois grupos de transtornos do humor: ansiedade e depressão. Eles são bastante comuns no mundo de hoje, mas podem ser tratados.

Tudo que você precisa saber sobre os transtornos do humor

Última atualização: 11 Dezembro, 2020

Os transtornos do humor afetam uma porcentagem significativa da população. Além disso, sua incidência deve aumentar nos próximos 20 anos.

O tipo de vida que levamos hoje, que envolve incerteza, pressão social e profissional, contribui negativamente para manter um estado mental positivo, ou pelo menos faz com que esse objetivo seja mais difícil de atingir.

Os conflitos mentais podem afetar seus hábitos de vida, estado de saúde e o seu bem-estar pessoal. Inclusive, podem chegar a desencadear outras patologias psíquicas e alterações orgânicas.

A ansiedade

A ansiedade é um sistema de alerta que desencadeia uma resposta mental e física em antecipação ao perigo. O organismo reage através de diferentes sistemas diante dos estímulos que considera ameaçadores, por meio de uma resposta adaptativa e natural.

No entanto, quando essas reações ocorrem com muita intensidade ou são prolongadas no tempo, se tornam uma patologia.

As depressões como transtornos do humor

A depressão é uma doença que depende de muitos fatores, e na qual ocorre um distúrbio de humor ao longo do tempo. A pessoa que sofre com esse problema não é capaz de sentir emoções positivas ou desfrutar delas.

Entre os sintomas mais comuns estão a falta de energia e vitalidade e a perda de interesse. Os afetados podem chegar a se sentir impotentes em diferentes áreas da vida. Dependendo da intensidade dos sintomas, pode ser classificada como depressão leve, moderada ou grave.

  • Depressão leve: a pessoa afetada pode realizar atividades habituais com normalidade. No entanto, tem um humor depressivo anormal durante a maior parte do dia. Geralmente, perde o interesse ou a capacidade de desfrutar das atividades.
  • Depressão moderada: nestes casos, a sintomatologia se agrava, chegando a dificultar as atividades habituais. É acompanhada de perda de confiança e de autoestima, com sentimentos de inferioridade. Também podem aparecer pensamentos recorrentes de morte ou suicídio, diminuição da capacidade de concentração, falta de decisão e alterações do sono.
  • Depressão grave:  nestes casos, é necessário um monitoramento constante do paciente, até mesmo exigindo a hospitalização.

Mulher com transtorno do humor
Os transtornos do humor podem ser divididos em dois grupos principais: ansiedade e depressão.

Você também pode se interessar: Hábitos para controlar o estresse e a depressão pós-parto

Como os transtornos do humor são tratados?

A ação conjunta de diferentes tipos de terapias permite iniciar tratamentos de um ponto de vista misto. Os especialistas recomendam combinar abordagens farmacológicas com terapias psicológicas.

Tratamento farmacológico

A escolha dos medicamentos apropriados para cada caso levará em consideração a eficácia dos diferentes ingredientes ativos e os efeitos adversos que podem causar. Se você sofre de transtornos do humor, lembre-se de que é importante tomar os medicamentos conforme prescrito pelo especialista.

A melhora dos sintomas com a medicação pode demorar entre 2 a 4 semanas. Muitos pacientes que não são avisados ​​desse atraso abandonam o medicamento sem aguardar o efeito.

Os efeitos colaterais mais comuns desses medicamentos são:

  • Dor de cabeça
  • Náusea
  • Insônia
  • Boca seca
  • Prisão de vente e dificuldade em urinar
  • Visão turva
  • Sonolência

Leia também: Dieta para a depressão: alimentos que melhoram o humor

Recomendações de higiene e dieta

O conjunto de medidas higiênico-dietéticas pode melhorar a eficácia do tratamento farmacológico e prevenir recaídas.

Recomenda-se fazer exercícios e manter uma vida ativa, respeitando os horários adequados de descanso. Além disso, é importante tentar se manter ocupado com todos os tipos de tarefas, para evitar os pensamentos negativos.

Manter uma dieta adequada e equilibrada, com alto teor de frutas e vegetais, permite aliviar a constipação associada aos tratamentos. É essencial evitar o consumo de álcool, pois ele aumenta os efeitos colaterais da medicação e diminui a sua eficácia.

Mulher fazendo terapia
O tratamento dos transtornos do humor deve combinar medicamentos com terapia psicológica.

Tratamento psicológico

A psicoterapia, nos casos de transtornos de humor, pode fornecer recursos, conhecimentos e apoio à pessoa afetada. Com a terapia, o paciente é encorajado a reagir para mudar o seu humor, trabalhando a autoestima e o controle da disposição emocional.

Os transtornos do humor podem ser tratados

O estado de humor pode ser normal, elevado ou deprimido. A pessoa afetada por transtornos do humor perde a sensação de controle sobre o seu humor e sente um desconforto geral. É conveniente combinar tratamento farmacológico e psicológico, juntamente com a aplicação de medidas higiênico-dietéticas.

Sentimentos de culpa e mau humor constante (depressão encoberta)

Sentimentos de culpa e mau humor constante (depressão encoberta)

Para superar uma depressão, precisamos de um tratamento médico, terapia, força de vontade e apoio. Saiba como tratar os sentimentos de culpa.



  • Posada Villa, J. (2018). Prevalencia de trastornos mentales y uso de servicios. Resultados preliminares del estudio nacional de salud mental, Colombia, 2003. Revista Colombiana de Rehabilitación. https://doi.org/10.30788/revcolreh.v5.n1.2018.277

  • Jordana, G. B. (2010). Trastornos del estado de ánimo. Farmaceutico Hospitales. https://doi.org/10.1016/b978-84-458-2042-1.50035-0

  • León-Sanromà, M. (2015). Trastornos del ánimo. AMF.