6 benefícios de pular corda, um exercício muito completo

Pular corda nos permite exercitar todo o corpo e aguçar nossos reflexos, assim como nossa capacidade de reação. Também melhora nossa capacidade aeróbica e anaeróbica.

Há 3600 anos, os egípcios começaram a usar cipós para fazer o que hoje conhecemos como pular corda. Naquela época era uma brincadeira ou passatempo. No entanto, hoje em dia se tornou uma atividade física, e são muitos os benefícios de pular corda para a saúde.

Descubra neste artigo por que pular corda não é somente coisa de meninas. A seguir você compreenderá por que os treinos mais duros incluem este exercício, como acontece com os boxeadores. Mostraremos os 6 grandes benefícios de pular corda.

Animado para experimentar?

Antes de começar

Pular corda é uma atividade para ambos os sexos que pode ser realizada em qualquer lugar. Tampouco importa a idade e não requer uma resistência física excepcional. Não precisa de um gasto econômico exorbitante: somente uma corda.

Você pode ir aumentado a dificuldade se usar cordas com diferentes pesos. A corda deve se ajustar perfeitamente à altura de cada pessoa, de modo que não fiquemos curvados ou que haja um excesso de corda se arrastando. Também aconselhamos testar com pesos no tornozelos, começando sempre com uma dificuldade moderada ou leve.

Benefícios de pular corda

1. Melhora a concentração

Mulher pulando corda

A concentração é uma capacidade intelectual que, assim como um músculo, melhora quanto mais a exercitamos. Além disso, todas as atividades que realizamos são muito mais efetivas e precisas se são feitas com uma boa concentração. Podemos afirmar que a concentração é imprescindível a todos os níveis: trabalho, social, doméstico, lúdico, etc.

Pular corda nos obriga a ter um índice de atenção muito elevado. Este exercício requer uma coordenação entre a corda, os braços e as pernas que só é possível se estivermos bem concentrados.

Todos os nossos sentidos trabalham ao máximo até que mecanizamos os movimentos e aprendemos a dominar os saltos.

2. Fortalece a resistência muscular

Com o exercício de pular corda podemos desenvolver diferentes capacidades físicas. Podemos fazer rotinas de resistência muscular, nas quais o ritmo dos saltos é suave ou moderado. Ou mesmo podemos escolher um ritmo muito intenso para tentar colapsar o músculo, levando-o ao limite.

Em ambos os casos, ganhamos força e tônus muscular. Com poucas semanas de prática, podemos ver os resultados nos quadríceps tonificados e panturrilhas muito mais desenvolvidas e definidas. A região abdominal também é trabalhada com intensidade neste exercício tão completo.

3. Melhora a capacidade aeróbica e anaeróbica

Pular corda

Quando começamos este tipo de treinamento, a capacidade pulmonar e a resistência física costumam ser muito deficientes. É comum que, nas primeiras sessões de pular corda, não aguentemos mais de 5 ou 10 minutos seguidos.

  • Se realizarmos saltos durante pouco tempo e com uma intensidade muito alta, melhoramos nossa capacidade anaeróbica.
  • Se queremos desenvolver a capacidade aeróbica, o exercício terá que ser de recuperação rápida, com resistência e menos esforço físico.

4. Emagrece

O treinamento com corda pode ser uma excelente opção se precisamos perder peso. A explicação é que ele move todo o corpo e são trabalhados muitos grupos de músculos. Portanto, pular corda queima gordura de forma imediata.

Desta forma, quanto maior destreza e perfeição na técnica na hora de pular corda, mais efetiva será a queima de calorias. Com a transpiração, além disso, eliminamos toxinas do organismo. Isso nos ajuda a depurar e prevenir muitas doenças.

5. Reforça a estrutura óssea

Mulher pulando corda

Se prestarmos atenção ao exercício, veremos que toda a estrutura óssea de nosso corpo se move com os saltos. Este contínuo movimento de pernas, braços, ombros e coluna vertebral faz nosso esqueleto trabalhar e lhe confere maior força e resistência diante de possíveis fraturas. 

Entre os problemas nos ossos que podemos prevenir está a osteoporose. Também fortalecemos os discos intervertebrais ao desenvolver a musculatura paravertebral. Isso nos protegerá de possíveis hérnias e lombalgias.

6. Aguça os reflexos

O fato da elite esportiva do mundo do boxe incorporar os saltos de corda em todos os seus treinamentos não é algo casual. Com a coordenação, a atenção e a concentração necessárias para fazer este exercício, desenvolvemos os reflexos.

À medida que o ritmo aumenta, requer uma maior velocidade, destreza e precisão. E isso é algo que servirá para muitas tarefas da vida. Aumentar nossa velocidade de reação pode até mesmo salvar nossas vidas em uma situação inesperada.

Animado para pular corda?

Recomendados para você