5 conselhos para aliviar tornozelos inchados

23 de junho de 2019
O inchaço dos tornozelos pode ter diferentes causas. Ainda que algumas requeiram tratamento médico, no geral é possível tratá-las com alguns cuidados em casa. Compartilhamos algumas recomendações.

O tratamento para o inchaço dos tornozelos depende de sua causa. Se as lesões comprometem os ligamentos ou há incapacidade no movimento, o melhor é buscar atenção médica. Por outro lado, caso seja uma lesão leve ou sua causa seja a retenção de líquidos, basta aplicar alguns conselhos para aliviar os tornozelos inchados em casa.

Este sintoma acomete frequentemente os idosos e as mulheres grávidas. No entanto, também é comum em atletas ou pessoas cujos trabalhos implicam em esforços físicos. Ademais, pode estar relacionado com dificuldades circulatórias, traumatismos e infecções, quase sempre é leve e pode ser tratado com cuidados básicos. Anote tudo!

5 conselhos para aliviar os tornozelos inchados

Antes de aplicar qualquer recomendação para aliviar o problema, é importante determinar o quão severo é o sintoma. Caso seja um inchaço pontual, como o que aparece quando se mantém uma mesma postura ou por acúmulo de líquidos, podem ser suficientes alguns exercícios e cuidados.

Contudo, caso o sintoma seja persistente ou venha acompanhado com dor, hematomas e dificuldades para caminhar, entre outros, é primordial procurar o médico para ter um tratamento mais adequado. O profissional pode determinar o tipo de lesão com um exame físico ou testes como a radiografia de tornozelo. Veja alguns conselhos para aliviar o inchaço.

1. Elevar as pernas

Elevar as pernas

Um dos exercícios que ajudam a aliviar os tornozelos inchados é elevar as pernas por cima do coração. Este movimento facilita a circulação das extremidades inferiores até o coração, o que contribui para reduzir a inflamação. Além disso, produz uma rápida sensação de alívio em caso de dor ou adormecimento.

Como fazer?

  • Deite-se sobre uma superfície confortável, como a cama ou um colchonete para yoga, e eleve as pernas em direção ao teto.
  • Deixe-as elevadas por 10 a 15 minutos e descanse.

Descubra ademais: Tornozelos inchados: 5 problemas de saúde

2. Fazer exercício moderado

O exercício físico moderado tem efeitos terapêuticos sobre as lesões que produzem inflamação nos tornozelos. De fato, é um dos melhores hábitos para reativar a circulação sanguínea e prevenir a retenção de líquidos. A Organização Mundial de Saúde (OMS) aconselha a prática de 150 minutos de exercício moderado por semana.

Como fazer?

  • Caso tenha uma lesão no tornozelo, consulte um médico ou fisioterapeuta sobre os exercícios que ajudam em sua reabilitação.
  • Evite fazer rotinas de alta intensidade até aliviar por completo o incômodo.
  • Além disso, opte por atividades moderadas como caminhar, nadar ou fazer alongamentos com faixa elástica.

3. Descansar para aliviar os tornozelos inchados

Mulher fazendo massagens para aliviar tornozelos inchados

Ainda que o exercício moderado contribua para aliviar o inchaço, também é bom descansar alguns dias. O repouso reduz a pressão que o peso corporal faz sobre os tornozelos. Além disso, contribui para o relaxamento muscular e favorece a recuperação dos tecidos afetados.

Como fazer?

  • Caso tenha sofrido uma lesão ou entorse, repouse 2 ou 3 dias.
  • Caso sinta dor ao se apoiar sobre o pé, use muletas.

Leia também: Remédios complementares para torção de tornozelo

4. Aplicar gelo

A aplicação de bolsas de gelo pode ser muito útil na hora de tratar o inchaço. O frio tem um efeito terapêutico que ajuda a reduzir a inflamação. Inclusive, sua aplicação através de massagens acelera o alívio da dor, hematomas e espasmos musculares.

Como fazer?

  • Coloque vários cubos de gelo em uma bolsa, ou mesmo, envolva-os em um pano limpo.
  • Em seguida, aplique com suaves massagens sobre os tornozelos.
  • Deixe agir até sentir a pele adormecida. Logo depois, descanse entre 2 a 4 horas antes de repetir seu uso.
  • Prolongue o tratamento 3 ou 4 dias, até controlar o inchaço.

5. Utilize uma bandagem

Faixa para aliviar tornozelos inchados

Colocar uma bandagem no tornozelo afetado pode ser o melhor complemento para reduzir o inchaço e o aparecimento de hematomas. Antes de fazê-la, pode-se aplicar uma massagem com unguentos anti-inflamatórios ou óleos. O ideal é manter a venda por dois ou mais dias, dependendo da severidade do inchaço.

Como fazer?

  • Em primeiro lugar, corte um enchimento em forma de ferradura a partir de um feltro.
  • Em seguida, coloque-o ao redor da parte externa do tornozelo.
  • Depois, enrole uma bandagem elástica sem apertar muito o local.
  • Caso tenha dúvida de como fazê-lo, consulte o médico. A bandagem não deve bloquear o fluxo de sangue porque pode piorar o inchaço.

Por fim, lembre-se de melhorar a alimentação e evitar o consumo excessivo de sal. Este último pode dificultar o tratamento, já que incide na retenção de líquidos. Igualmente, consuma muita água e evite maus hábitos como o consumo de álcool e tabaco.

  • Singh, D. P., Lonbani, Z. B., Woodruff, M. A., Parker, T. J., Steck, R., & Peake, J. M. (2017). Effects of topical icing on inflammation, angiogenesis, revascularization, and myofiber regeneration in skeletal muscle following contusion injury. Frontiers in Physiology. https://doi.org/10.3389/fphys.2017.00093
  • Doherty, C., Bleakley, C., Delahunt, E., & Holden, S. (2017). Treatment and prevention of acute and recurrent ankle sprain: An overview of systematic reviews with meta-analysis. British Journal of Sports Medicine. https://doi.org/10.1136/bjsports-2016-096178
  • Ha, S.-Y., Han, J.-H., & Sung, Y.-H. (2018). Effects of ankle strengthening exercise program on an unstable supporting surface on proprioception and balance in adults with functional ankle instability. Journal of Exercise Rehabilitation. https://doi.org/10.12965/jer.1836082.041
  • Block, J. (2010). Cold and compression in the management of musculoskeletal injuries and orthopedic operative procedures: a narrative review. Open Access Journal of Sports Medicine. https://doi.org/10.2147/oajsm.s11102
  • Van Den Bekerom, M. P. J., Struijs, P. A. A., Blankevoort, L., Welling, L., Van Welling, C. N., & Kerkhoffs, G. M. M. J. (2012). What is the evidence for rest, ice, compression, and elevation therapy in the treatment of ankle sprains in adults? Journal of Athletic Training. https://doi.org/10.4085/1062-6050-47.4.14
  • Hansrani, V., Khanbhai, M., Bhandari, S., Pillai, A., & McCollum, C. N. (2015). The role of compression in the management of soft tissue ankle injuries: a systematic review. European Journal of Orthopaedic Surgery and Traumatology. https://doi.org/10.1007/s00590-015-1607-4