Dor nas costas: causas e atividades para aliviá-la

· 24 de setembro de 2017
A dor nas costas tem diferentes causas, entre elas o estilo de vida sedentário. Conheça três atividades que ajudam a preveni-la e tratá-la. O movimento, ao invés do descanso, é o melhor remédio.

As dores existem em muitas áreas do corpo. Podem aparecer por diferentes motivos, como pancadas, desgaste, uso excessivo, entre outras razões. Entre eles, a dor nas costas é uma das mais comuns.

As dores variam em intensidade e duração. Além de serem muito incômodas, também podem ser limitantes em termos de mobilidade.

Com o passar do tempo, o desalinhamento ou a deformidade da coluna vertebral provoca estresse sobre os músculos, tendões, ligamentos e ossos de toda as costas e pode limitar o equilíbrio ou a capacidade de andar.

A menos que sejam exercitados de maneira específica, os músculos das costas e dos abdominais tendem a enfraquecer com a idade.

Existem muitas estruturas da coluna que podem causar dor. Qualquer irritação das raízes nervosas que saem da coluna vertebral, problemas nas articulações, nos ossos e músculos podem ser uma fonte de dor.

Sedentarismo e dor nas costas

Sedentarismo e dor nas costas

sedentarismo é cada vez mais comum e influencia muito na postura. 

O ritmo de vida sedentária se deve ao tempo sentado na frente de um computador, em uma posição imprópria. Além disso, os estudantes que passam horas na sala de aula, e aqueles que trabalham em escritório, também são afetados.

Não deixe de ler: 4 posturas que devemos corrigir

Um erro em relação a dor

Pelo senso comum e hábitos passados, quando uma dor nas costas aparece, a pessoa tende a permanecer em repouso e inativa. Isso pode parecer uma boa ideia, já que o ideal é não prejudicar a área dolorida. No entanto, é um erro repetido. Ao querer fazer algo que achamos conveniente, a situação pode piorar.

Então, a primeira coisa que você deve fazer é recorrer a um médico especialista para uma avaliação séria e profissional. Ele determinará o que fazer, seja tratamento, atividade ou descanso.

Existem exercícios para combater a dor nas costas?

A resposta é sim. Embora possa parecer uma contradição, certas atividades físicas podem trazer grandes benefícios quando se trata de combater a dor nas costas.

A seguir enumeramos algumas delas:

1. Ioga

O ioga pode ajudar a aliviar a dor nas costas

Trata-se de uma disciplina bastante completa. Além disso, também é uma das mais complexas, levando em conta seus movimentos e o esforço requerido para realizá-los.

  • Seu trabalho chega a potencializar diversas capacidades físicas do organismo, entre as quais se destacam a força, a flexibilidade e a resistência.
  • A coluna vertebral, as articulações e a respiração formam a base do ioga.
  • Realizá-lo de maneira adequada favorece o fortalecimento das costas, e por isso previne dores.

2. Natação

A natação é uma das atividades esportivas mais praticadas e que mais oferecem benefícios à nossa saúde.

Seja praticada de forma recreativa ou a nível competitivo, seus efeitos podem ser notados tanto psicológica quanto fisicamente.

A natação pode ajudar a aliviar a dor nas costas

Dentro das coisas positivas que a natação proporciona, deve ser ressaltado o tratamento da dor nas costas, já que ajuda a fortalecer a região. Também é muito quando se trata de preveni-la.

Esta disciplina, trabalhada de maneira comum com seus 4 estilos, permite fortalecer os músculos da região lombar e dorsal, assim como os pertencentes aos braços e quadris.

Além disso, a piscina também contribui em relação ao trabalho de recuperação. Ao aliviar o peso do corpo, diminui o choque entre as articulações e a coluna, o que repercute positivamente nas costas.

Leia também: Descubra como a natação pode melhorar a sua saúde

3. Pilates

O pilates é uma das atividades que podem ajudar a aliviar a dor nas costas

Esta é, talvez, umas das atividades mais úteis para o dia a dia. Permite fortalecer a região lombar e abdominal.

Com esta atividade, a postura é muito beneficiada. Como resultado, a dor nas costas é aliviada, até mesmo prevenida em grande medida.

O pilates é uma das disciplinas mais seguras e é considerada a mãe do movimento inteligente.

  • Natour, J. (2009). Coluna Vertebral: Conhecimentos básicos. Revista Brasileira de Ortopedia. https://doi.org/http://dx.doi.org/10.1590/s0102-36162010000100004
  • Toscano, J. J. de O., & Egypto, E. P. do. (2001). A influência do sedentarismo na prevalência de lombalgia. Revista Brasileira de Medicina Do Esporte. https://doi.org/10.1590/S1517-86922001000400004