Melhor Com Saúde
 

Articulações: sua importância e alguns suplementos

É conveniente começar a cuidar das nossas articulações antes de começarem a dar problemas para evitar complicações que possam afetar nossa saúde geral.

Articulações: sua importância e alguns suplementos

Última atualização: 06 Janeiro, 2020

As articulações permitem o movimento para diferentes ângulos. Além disso, fornecem suporte mecânico para a estrutura óssea.

No corpo humano há 205 ossos que estão conectados, pelo menos, com outro osso. Esta conexão é feita através das articulações, que permitem que o movimento fisiológico seja suave e fluido.

De acordo com a sua localização no corpo humano, proporcionam estabilidade e movimento.

Como funcionam as articulações?

Para entender melhor o seu funcionamento, vamos dividi-los pelo seu nível de movimento.

De mobilidade reduzida a nula

Dor na articulação do joelho

As articulações sem mobilidade têm maior estabilidade. Permitem que os ossos estejam fortemente unidos um ao outro, por isso seu movimento é nulo ou quase nulo.

Por exemplo, aqueles localizados no crânio se juntam em um tecido fibroso que evita o movimento dos ossos adjacentes. Desta forma, eles protegem o cérebro.

Visite este artigo: Dieta para cuidar dos ossos e articulações frágeis

De movimento reduzido

O tecido conectivo fibroso permite a união com os ossos e, neste caso, os ossos têm um movimento muito reduzido.

Têm como função principal suportar o peso do corpo para fornecer suporte e estabilidade.

  • Por exemplo, a tíbia e a fíbula são ossos com espaço limitado entre eles que proporcionam estabilidade quando o corpo está parado.
  • As articulações da coluna permitem movimentos reduzidos que, quando trabalhados em conjunto, oferecem a flexibilidade necessária para que o corpo possa adquirir diferentes posturas.

Com grande amplitude de movimento

Dor nas articulações da perna e da mão

Essas articulações não se inserem aos ossos diretamente. Existe um fluido lubrificante que encerra a superfície da articulação e que permite a mobilidade.

  • As articulações com grande amplitude de movimento são menos estáveis.
  • A maioria delas está localizada no esqueleto que compõe as extremidades do corpo (braços, pernas, mãos e pés) ou esqueleto apendicular. Sua função torna possível a ação dos músculos sobre os ossos.

Os ligamentos

Um ligamento é uma estrutura formada por tecido fibroso que cumpre a função de unir e estabilizar os ossos nas articulações.

Os ligamentos interligam os ossos adjacentes a uma articulação. Assim, eles permitem e facilitam o movimento que delimita as direções anatômicas naturais. Por sua vez, eles restringem os anormais, evitando lesões.

As cartilagens

Desenho de articulações

A cartilagem proporciona movimento entre os ossos. Atua como um amortecedor que evita o contato de um osso com outro.

A cartilagem é envolta em torno da cápsula articular, que é reforçada pelos ligamentos. Estes (a cartilagem e os ligamentos) trabalham em conjunto para unir os ossos às articulações.

Para poder falar sobre suplementos para as articulações é essencial, primeiro, entender a importância das articulações no corpo humano.

Sem eles, não haveria movimento e o corpo humano seria fisicamente inflexível. As cartilagens e os ligamentos também estão intimamente relacionados às articulações.

Desgaste

As atividades que produzem um alto impacto articular causam o trabalho constante deste sistema e, consequentemente, o desgaste das cartilagens e ligamentos.

cartilagem é que sofre maior desgaste. Ela se degrada, tornando-se cada vez mais fina, o que causa uma dor irritante causada pelo atrito dos ossos.

Pode até chegar incapacitar a flexibilidade da articulação.

Não tem porque esperar que a dor apareça para tomar consciência da importância da saúde das articulações e de como isso afeta a vida diária.

No entanto, prevenir o desgaste é possível, melhorando os hábitos de vida. Controlar o peso, fazer exercício e seguir uma dieta equilibrada são, sem dúvida, úteis conselhos.

No entanto, se você realmente desejar recuperar a estrutura articular, deve alimentá-la.

Leia também: remédios naturais para fortalecer as cartilagens e os ligamentos

Suplementos para manter a saúde das articulações

Glucosamina

Glucosamina para aliviar dores nas articulações

Um dos melhores suplementos que existe para tratar articulações é a glucosamina. Nosso corpo já produz esse componente natural, que está ao redor das articulações, dando suporte à cartilagem.

À medida que envelhecemos, os níveis de glucosamina diminuem e produz uma ruptura gradual na articulação. Por este motivo, é importante ingeri-lo.

  • Pode ser obtido a partir de crustáceos, como caranguejos ou lagostas.
  • Também é possível obtê-lo a partir de suplementos alimentares vendidos em lojas de produtos saudáveis.

Condroitina

O sulfato de condroitina é composto por uma cadeia de açúcares alternados que ajudam na construção e reparação da cartilagem.

A condroitina é geralmente extraída da cartilagem animal.

MSM

MSM, ou metil sulfonilo metano, é uma fonte natural de enxofre com propriedades importantes que fortalecem e mantêm o tecido articular.

Uma boa saúde articular é fundamental para o nosso bem-estar geral. Incorpore estes suplementos em sua dieta e desfrute de uma maior qualidade de vida.

Articulações doloridas? Veja como combater este desconforto

Articulações doloridas? Veja como combater este desconforto

Como podemos aliviar as articulações doloridas? Vamos dar algumas dicas em seguida para que você aplique em seu dia a dia.



  • Agut Fuster, M. À., Fornés, M. J. A., Rodríguez, À. F., Martínez, M. J. R., Biosca, J. D. C., & Martínez, J. M. V. (2007). Calcificación de cartílagos auriculares en la insuficiencia suprarrenal. Acta Otorrinolaringologica Espanola. https://doi.org/10.1016/S0001-6519(07)74904-X
  • Anderson, J. W., Nicolosi, R. J., & Borzelleca, J. F. (2005). Glucosamine effects in humans: A review of effects on glucose metabolism, side effects, safety considerations and efficacy. Food and Chemical Toxicology. https://doi.org/10.1016/j.fct.2004.11.006
  • Barclay, T. S., Tsourounis, C., & McCart, G. M. (1998). Glucosamine. Annals of Pharmacotherapy. https://doi.org/10.1345/aph.17235
  • Bernab, A., Navarro, A., & Jos, F. (2010). Tejido Cartilaginoso. Concepto y Generalidades. Células Del Tejido Cartilaginoso: Condroblastos y Condrocitos. Matriz Cartilaginosa. Tipos de Cartílago: Hialino, Elástico y Fibroso. Articulaciones: Estructura Histologica. https://doi.org/10.1182/blood-2004-09-3641
  • Cilveti Gubía, S., & Idoate García, V. (2001). Posturas Forzadas. Ministerio de Sanidad y Consumo.
  • Frank, C. B. (2004). Ligament structure, physiology and function. Journal of Musculoskeletal Neuronal Interactions. https://doi.org/10.1097/01.jsa.0000173231.38405.ad
  • Golanó, P., Vega, J., de Leeuw, P. A. J., Malagelada, F., Manzanares, M. C., Götzens, V., & van Dijk, C. N. (2016). Anatomy of the ankle ligaments: a pictorial essay. Knee Surgery, Sports Traumatology, Arthroscopy. https://doi.org/10.1007/s00167-016-4059-4
  • Towheed, T., Maxwell, L., Anastassiades, T. P., Shea, B., Houpt, J. B., Welch, V., … Wells, G. A. (2009). Glucosamine therapy for treating osteoarthritis. Cochrane Database of Systematic Reviews. https://doi.org/10.1002/14651858.CD002946.pub2
  • Santos, C. V. (2009). Sulfato De Condroitina. Monografia.