12 maneiras de diminuir calorias de seus pratos

18 de novembro de 2019
Além da escolha dos alimentos, para diminuir calorias, também devemos levar em consideração vários aspectos para evitar a ansiedade de comer e, assim, não arruinar a dieta. Conheça algumas dicas neste artigo.

Para emagrecer, não é necessário viver permanentemente praticando um plano alimentar restritivo. Basta saber quais alimentos são saudáveis ​​para dar prioridade a eles. Não é necessário excluir as sobremesas. Para te ajudar a construir uma boa combinação entre eles, mostraremos como diminuir calorias de seus pratos.

Obviamente, é necessário recorrer ao planejamento e organização de uma dieta equilibrada.

No entanto, não se trata de viver com laços: as dietas são uma ferramenta que oferece benefícios que você adquire todos os dias, até que se tornem algo orgânico e natural.

Lembre-se de que comer de maneira saudável deve ser um estilo de vida e não uma penitência. Portanto, você não deve parar de comer os alimentos que mais gosta, que geralmente são os que fornecem mais calorias.

Existem maneiras de diminuir calorias dos pratos e adicionar mais nutrientes. Falaremos mais sobre elas em seguida.

12 dicas para diminuir calorias e cozinhar com mais nutrientes

Seu objetivo deve ser o seguinte: que em cada refeição haja mais nutrientes do que calorias. Assim, seu corpo será otimizado para cumprir suas funções diárias e a gordura desaparecerá gradualmente de seu organismo.

Além disso, você terá mais energia para realizar todas as suas atividades e afastará as doenças.

Se você deseja diminuir calorias, siga estas dicas sobre a composição dos pratos:

1. Para diminuir calorias da dieta, adicione mais frutas e legumes frescos

frutas e legumes frescos para diminuir calorias

É uma ótima ideia para enganar seu cérebro, porque você verá mais volume nos pratos. Além disso, você fornecerá mais fibras, minerais e vitaminas ao seu organismo. Obviamente, lembre-se de que ao cozinhar esses alimentos eles perdem suas propriedades.

2. Evite alimentos congelados e pré-cozidos

Nos referimos a produtos industrializados. Desde o início, eles devem ser eliminados, porque são fontes de gorduras ruins, sódio e açúcares que se traduzem em muitas calorias. Escolha cozinhar em casa: você terá pratos mais deliciosos e saudáveis.

Leia este artigo: Conheça estes truques mentais que te ajudarão a perder peso

3. Quer diminuir calorias? Nada de frituras!

Ao fritar os elementos, você tira suas propriedades, vitaminas e minerais e, ao mesmo tempo, adiciona calorias com as gorduras. Tente assar ou cozinhar ao vapor.

4. Tenha atenção com a quantidade de óleos que você usa

Os óleos crus e puros são uma excelente opção, como o azeite de oliva. No entanto, quando você cozinha, eles se tornam prejudiciais. O óleo pode ser usado para temperar saladas e pratos.

Lembre-se de que qualquer corpo gorduroso deve ser consumido com moderação. Por mais natural que seja, tudo em excesso causa danos.

5. Diminua a quantidade de açúcar

Use stevia em vez de açúcar para reduzir calorias em seus pratos

Isso deve te soar familiar. Você já sabe que o excesso de açúcar é prejudicial e se traduz em doenças. Por isso, substitua-o por adoçantes naturais, como a estévia. Assim, você pode diminuir calorias e obter pratos muito saborosos.

Agora, para diminuir calorias, você também deve considerar mais algumas dicas em sua dieta geral. Com elas você pode organizar sua dieta diária e garantir o fornecimento de nutrientes. São as seguintes:

6. Faça 5 refeições diárias e diminua calorias

Os lanches devem ser leves, com isso você pode controlar as quantidades das refeições principais, pois não sentirá muito apetite. Além disso, você começará a comer em porções menores. Não pule o café da manhã e verifique se o jantar é leve.

7. Para diminuir calorias, organize a dieta em menus equilibrados

Para isso, é bom seguir a dieta mediterrânea, com a qual você pode optar por alimentos naturais e sazonais. Nesta dieta, frutas e legumes se destacam, e as formas mais conhecidas de cozinhar são assando, cozinhando ao vapor ou grelhando.

8. Não se coíba de nada

Não é preciso remover nenhum alimento da sua dieta, porque com essa decisão você apenas gerará ansiedade. De vez em quando, coma uma sobremesa ou aquele doce que você tanto gosta. Talvez isso traga muitas calorias mas, depois, você terá tempo para se recuperar.

  • Não se prive do jantar com seus amigos, festas ou eventos do escritório. Mesmo nessas ocasiões, você pode optar por refeições saudáveis.

9. O prato de entrada é importante

Inclua sopas saudáveis ​​em seus pratos

Para o primeiro prato, escolha alimentos saudáveis como, por exemplo, legumes, sopas, purês, ovos ou saladas. O importante é que sejam pratos com baixa densidade calórica.

10. Para o segundo prato, escolha as carnes brancas

Aqui você deve evitar gorduras. Por isso, escolha carnes de aves, peru ou peixes brancos. Prepare-as ao vapor ou assados.

11. As frutas são uma boa opção de sobremesa se você quiser diminuir calorias

Depois de controlar o que você come no primeiro e no segundo prato, você deve prestar muito mais atenção à sobremesa. Sabemos que você costuma escolher doces, bolos, sorvetes ou cremes, todos ricos em açúcar. Mas essa é uma péssima decisão se você não estiver no seu dia “permitido”.

  • Recomendamos frutas da estação, pois elas darão dinamismo à sua dieta. Você também pode escolher laticínios desnatados ou sucos naturais.

Experimente esses: 5 sucos naturais para regular os níveis de açúcar no sangue

12. Diminua calorias diminuindo a ingesta de pão

Para diminuir calorias dos pratos, é essencial limitar o consumo de pão. Essa recomendação existe porque o pão fornece muitos carboidratos que podem ser transformados em gordura corporal. Mas, ainda assim, você pode optar pelos integrais, pois têm um alto nível de fibra.

Estas foram 12 dicas fáceis e simples. Você vai ver que se trata apenas de tomar consciência da comida. Se permita provar uma sobremesa gostosa, mas lembre-se de que o segredo para diminuir calorias é consumir alimentos naturais e saudáveis.

  • CDC, Centros para el Control y la Prevención de Enfermedades. Alimentación saludable para un peso saludable. Última actualización: 05 de junio de 2015.

cdc.gov/healthyweight/spanish/healthyeating/index.html

  • Salud Madrid. Dirección General de Salud Pública y Alimentación. Dieta Mediterránea.

madrid.org/cs/Satellite?blobcol=urldata&blobheader=application%2Fpdf&blobheadername1=Content-Disposition&blobheadervalue1=filename%3DDieta+mediterranea+folleto+peq.pdf&blobkey=id&blobtable=MungoBlobs&blobwhere=1158578951575&ssbinary=true

  • Martínez J., Villarino A. Dieta mediterránea. Avances en Alimentación, Nutrición y Dietética. (2014).

nutricion.org/img/files/DietaMediterranea%20Avances2014Web.pdf

  • Palencia Y. Alimentación y salud. Claves para una buena alimentación.

unizar.es/med_naturista/Alimentacion%20y%20Salud.pdf