10 coisas que você precisa levar ao hospital para dar à luz

Você não deve esperar a data do parto ou a cesárea para preparar as coisas que levará para o hospital. Na semana 32 arrume o que precisa levar para você, para o bebê e para seu acompanhante.
10 coisas que você precisa levar ao hospital para dar à luz

Última atualização: 31 Maio, 2021

Assim que você atingir as semanas 32 e 36, é bom preparar a mala com as coisas que precisa para levar ao hospital. É melhor não ser pega de surpresa se o seu bebê decidir adiantar a sua chegada ao mundo.

Entre tudo o que você precisa levar está o que é para você e também aquelas coisas que o bebê vai precisar nos primeiros dias de vida.

O que você precisa levar ao hospital?

Se tudo se desenvolver com normalidade, vocês não passarão mais de três dias no hospital. Portanto, essa deve ser a primeira guia para a seleção da quantidade de roupa e produtos que precisa levar para o hospital.

É bom levar um necessaire ao hospital

Posto isto, lhes apresentamos as coisas que a mãe, o bebê e o acompanhante devem levar para a última parte desta fase inesquecível. Observe essas dicas endossadas por alguns especialistas da Loma Linda University School of Medicine.

Para a mamãe

Em relação ao que a mãe deve deixar preparado para ir ao hospital, estão os materiais de asseio, documentos importantes e essenciais que a façam se sentir em casa.

1. Documentos

Prepare uma pasta com os documentos importantes, isso inclui:

  • Documento de identidade.
  • Os papéis do seguro saúde.
  • Os últimos exames médicos realizados.
  • Documentos emitidos pelo hospital.

2. Roupa

Leve batas ou camisolas que sejam fáceis de pôr e tirar. As melhores são as abertas na frente. Leve uma camisola para cada dia e a roupa que usará para sair do hospital.

Por outro lado, se for amamentar, devem ser indicados sutiãs especiais, pois mesmo que você vá alimentar o bebê com mamadeira, o leite terá que subir até os seios e você vai precisar de um sutiã mais largo. Além disso, conforme recomendado por um estudo publicado pela Universidade de Palermo, certifique-se também de que eles tenham aberturas para facilitar o seu trabalho.

Se quiser levar calças legging, tome cuidado para que sejam de corte alto, para que o cós não fique sobre a incisão caso passe por uma cesárea. 

Finalmente, não precisará de mais de um par de sapatos com os quais chegar ao hospital, esse mesmo par poderá ser usado para a saída. Mas é bom que inclua pantufas e um chinelo para tomar banho no hospital. Não deixe de levar duas meias, caso sinta frio.

3. Absorventes

Seja parto normal ou cesárea, depois dele há um sangramento abundante. Então, é importante que inclua um pacote de absorventes entre o que precisa levar ao hospital. Inclua também uma toalha para se secar depois do banho.

4. Produtos de higiene pessoal

Ainda que em alguns hospitais tenham este tipo de produto, é provável que você prefira usar os seus. Portanto, inclua os itens de higiene pessoal de que você precisa e que usa regularmente.

5. Artigos de uso pessoal

Se usa óculos ou lentes de contato, não os deixe em casa. Coloque também seu celular e o carregador. Além disso, pode levar uma agenda e caneta para fazer as anotações que quiser sobre o seu bebê.

6. Tudo o que a ajuda a se sentir bem

Se você está se preparando para ter um parto natural, leve o que previu usar durante o trabalho de parto.

Ao dar à luz convide sua família

Alguns elementos que podem ajudá-la são:

  • Almofada.
  • Música.
  • Óleo essencial para massagens.
  • Um livro ou alguma coisa para ler enquanto espera.

Coisas que você precisa levar ao hospital para o bebê

A seguir, apresentamos os itens que não podem faltar na hora de trazer um bebê ao mundo, pois, desde o primeiro dia, as mães querem o melhor para seus filhos.

7. Roupa

É importante incluir diferentes peças de roupa durante a internação:

  • Duas mudas de roupa por dia.
  • Um ou dois gorros.
  • Meias.
  • Mantas.
  • Uma toalha ou trocador.

8. Fraldas

Se forem ficar três dias no hospital, pode levar de 6 a 8 fraldas por dia.

9. Artigos de uso pessoal

Se você comprou uma escovinha para o cabelo do bebê, leve-a.

Leve coisas para o bebê

Inclua também um cortador de unhas ou lixas para lixar as unhas do bebê. Além disso, pode incluir um sabonete suave e um creme protetor para a troca de fraldas.

10. Carrinho de bebê

Se você passar por uma cesárea, provavelmente não poderá sair caminhando e carregando o bebê ao mesmo tempo. Portanto, o porta-bebês é uma garantia de segurança para o bebê desde o primeiro dia.

Deve estar à mão e, se puder instalá-lo mais cedo no veículo, melhor. Além disso, se o acompanhante cuidar das malas, o carrinho será útil para transportar a criança com facilidade.

Para o acompanhante

Além de sua roupa e artigos ou produtos de uso pessoal, o seu acompanhante deve se encarregar de levar a câmera fotográfica ou de vídeo que, com certeza, quer levar para registrar a chegada do bebê ao mundo.

Certamente, é importante que inclua em suas coisas dinheiro em espécie caso se apresente alguma eventualidade. Além disso, preparar uma bolsa com alguns lanches saudáveis para seu acompanhante e para você, também é uma boa ideia.

Por outro lado, se você tiver um parto natural e piscina de parto no centro hospitalar, é importante que seu acompanhante inclua uma roupa de banho dentre os outros itens.

Você já tem o que precisa para levar para o hospital, tenha suas malas à mão

Uma vez que as malas que você levará ao hospital estejam prontas, as tenha visíveis e ao alcance das mãos. Caso se apresente alguma situação de emergência, qualquer pessoa pode lhe fazer o favor de pegar o que você precisa e levar ao hospital.

Agora falta pouco para ver o rosto de seu filho. Sem dúvida, você viverá um momento inesquecível, que lembrará para o resto de sua vida com alegria e gratidão. Portanto, tente ficar calma, planejando as coisas com antecedência e usando esta lista que fornecemos.

Pode interessar a você...
Licença maternidade: valorizar as mães que deram à luz
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Licença maternidade: valorizar as mães que deram à luz

A licença maternidade é um benefício aos empregados e nunca deve ser interrompido por qualquer atividade não relacionada ao seu pequeno .