10 coisas que você precisa levar ao hospital para dar à luz

· 2 de maio de 2019
Você não deve esperar a data do parto ou a cesárea para preparar as coisas que levará para o hospital. Na semana 32 arrume o que precisa levar para você, para o bebê e para seu acompanhante.

Assim que você atingir às semanas 32 e 36, é bom preparar a mala com as coisas que precisa para levar ao hospital. É melhor que não seja pega de surpresa se seu bebê decide adiantar sua chegada ao mundo.

Primeiramente, pegue sua agenda e prepare sua lista. Precisa saber quantas bolsas ou maletas vai levar, onde estarão guardadas as suas coisas, as dos eu acompanhante e as do bebê. Organize tudo e se assegure de que tudo esteja bem limpo. Se prepare que o momento que você tanto sonhou nos últimos meses de vida está próximo!

O que precisa levar ao hospital?

Se tudo se desenvolver com normalidade, vocês não passarão mais de três dias no hospital. Assim que, essa deve ser a primeira guia para a seleção da quantidade de roupa e produtos que precisa levar para o hospital.

É bom levar um necessaire ao hospital

Para a mamãe

1. Documentos

Prepare uma pasta com os documentos importantes, isso inclui sua identidade, os papéis do seguro médico, os últimos exames médicos feitos e os documentos emitidos pelo hospital.

2. Roupa

Leve batas ou camisolas que sejam fáceis de pôr e tirar. As melhores são as que podem ser abotoadas ou amarradas na frente. Leve uma bata para cada dia e a roupa que usará para sair do hospital.

Também, leve sutiãs um ou dois tamanhos acima do que usa. Se vai amamentar, seus sutiãs devem ser os indicados. Ainda que vá alimentar com a mamadeira, o leite igualmente vai sair de seus mamilos e precisará usar um sutiã mais folgado.

Ao levar leggs ou meias-calças, tome cuidado para que sejam de corte alto, para que o cós não fique sobre a incisão caso passe por uma cesárea. Existem meias-calças para descartar. Se vai usar uma faixa para atacar a flacidez depois do parto não deixe de incluí-la.

Finalmente, não precisará de mais de um par de sapatos com os quais chegar ao hospital, esse mesmo par poderá ser usado para a saída. Mas é bom que inclua pantufas e um chinelo para tomar banho no hospital. Não deixe de levar duas meias para caso sinta frio.

3. Toalhas ou compressas clínicas

Seja seu parto normal ou cesárea, depois dele há sangramento abundante. Então, é importante que inclua um pacote de toalhas ou compressas clínicas entre o que precisa levar ao hospital. Inclua também uma toalha para se secar depois do banho.

Te interessará ler: Como dar banho em um bebê recém-nascido?

4. Produtos de higiene pessoal

Ainda que em alguns hospitais subministrem este tipo de produto, é provável que prefira usar os seus. Leve: escova de dentes, escova para o cabelo, borrachas ou prendedores para o cabelo, shampoo, condicionador, desodorante, creme umectante, batom umectante para os lábios e, se for do seu agrado, não se esqueça de levar sua maquiagem.

5. Artigos de uso pessoal

Se usa óculos ou lentes de contato, não os deixe em casa. Coloque também seu celular e o carregador. Pode levar uma agenda e lápis para fazer as anotações que quiser sobre o seu bebê.

6. O que te ajudar a se sentir bem

Se você está se preparando para ter um parto natural, leve o que previu usar durante o trabalho de parto.Por exemplo: almofada, música, óleo essencial para massagens, um livro ou alguma coisa para ler enquanto espera.

Ao dar à luz convide sua família

Agora, se você já tem filhos, para a sua tranquilidade (e a deles também), leve uma foto familiar para ter no quarto. É um gesto bonito que todos sejam vistos juntos quando te visitem para conhecer ao novo irmão recém-nascido. Também pode incluir presentes do novo bebê para seus irmãos.

Para o bebê

7. Roupa

Inclua duas mudas de roupa por dia. Enquanto estiverem no hospital são ideais os pimpões. Para sair é melhor que leve uma roupinha que permita acomodá-lo com comodidade na cadeira do carro, se forem usá-la.

Por outro lado, é importante incluir um ou dois gorros, meias e mantas para usar durante a estadia no hospital. Também pode incluir uma toalha para colocá-lo na cama quando forem trocar as fraldas.

8. Fraldas

Se forem ficar três dias no hospital, pode levar de 6 a 8 fraldas por dia. Inclua umas sacolas plásticas com fecho hermético para entregar as fraldas às enfermeiras devidamente identificadas com o nome do seu bebê.

9. Artigos de uso pessoal

Se você comprou uma escovinha para o cabelo do bebê, leve-a. Inclua também um cortador de unhas ou lixas para lixar as unhas do bebê. Além disso, pode incluir um sabonete suave, um creme protetor contra a umidade e uma loção umectante.

Leve coisas para o bebê

10. Cadeira para o carro ou cadeirinha

Se você passar por uma cesárea, provavelmente não poderá sair caminhando e carregando o bebê ao mesmo tempo. Se o seu acompanhante se ocupar das malas, o carrinho será muito útil para que leve o bebê com facilidade.

Além disso, a cadeirinha para o carro é uma garantia de segurança para o bebê desde o primeiro dia. Deve estar à mão, se puderem instalá-la previamente no carro, melhor, caso precisem fazer alguma saída de emergência ao hospital.

Para o acompanhante

Além de sua roupa e artigos ou produtos de uso pessoal, seu acompanhante deve se encarregar de levar a câmera fotográfica ou de vídeo que, com certeza, quer levar para registrar a chegada do bebê ao mundo.

Leia ademais: 9 dicas para eliminar manchas das axilas após o parto

Por outro lado, se você tiver um parto natural e há piscina de parto no centro hospitalar, é importante que seu acompanhante inclua sua roupa de banho dentre os outros itens.

Certamente, é importante que inclua em suas coisas dinheiro em espécie caso se apresente alguma eventualidade. Preparar uma bolsa com alguns tira-gostos ou lanches saudáveis para seu acompanhante e para você, também é uma boa ideia. Os momentos de espera podem despertar o apetite e a comida do hospital não costuma ser gostosa.

Em conclusão, uma vez que as malas que você levará ao hospital estejam prontas, as tenha visíveis e ao alcance das mãos. Caso se apresente alguma situação de emergência, qualquer um pode te fazer o favor de pegar o que você precisa e levar ao hospital.

  • Bailón Muñoz, E., & Ortega del Moral, A. (2009). Embarazo. FMC – Formación Médica Continuada En Atención Primaria. https://doi.org/10.1016/s1134-2072(07)71605-5

  • Purizaca, M. (2010). Modificaciones fisiológicas en el embarazo. Revista Peruana de Ginecología y Obstetricia. https://doi.org/10.5944/educxx1.17.1.10708

  • Acosta-varela, M. E. (2012). El embarazo. Aportaciones Originales.