Xenical: um fármaco antiobesidade

03 Novembro, 2020
Xenical é um medicamento que funciona absorvendo gordura em vez de suprimir o apetite. Ele faz com que cerca de 30% das gorduras ingeridas dos alimentos sejam eliminadas sem metabolização.

Xenical é um medicamento antiobesidade cuja substância ativa é o orlistate. Essa substância ativa exerce seu efeito reduzindo a absorção das gorduras que são ingeridas nas refeições em até 30%.

Como funciona o xenical?

O xenical é um medicamento que funciona absorvendo gorduras das refeições, mas não afeta o apetite, como outros indicados para tratar a obesidade.

As gorduras que ingerimos nas refeições são dissolvidas pela ação de enzimas chamadas lipases. Este medicamento exerce sua ação sobre elas, evitando a absorção de uma parte das gorduras. Como resultado dessa ação, 30% das gorduras ingeridas dos alimentos são eliminadas sem serem metabolizadas nas fezes.

Por causa do seu mecanismo de ação, o xenical ajuda a perder peso e a mantê-lo ao longo do tempo. Também pode melhorar alguns fatores de risco cardiovasculares, como pressão alta, colesterol elevado e níveis de glicose no sangue.

Indicações do xenical

Homem com obesidade

Este medicamento é indicado para pessoas obesas, com índice de massa corporal (IMC) igual ou superior a 30 kg/m2. No entanto, também é uma opção para pacientes com sobrepeso com IMC igual ou superior a 28 kg/m2, sempre que tiverem fatores de risco associados, além de estarem acima do peso.

Se depois de três meses de tratamento com orlistate você não conseguir perder pelo menos 5% do peso inicial, você deve abandonar o tratamento e parar de tomá-lo.

Leia também: O gene da obesidade de acordo com a ciência

Como tomar o xenical?

A dose usual em adultos é de 120 mg, tomados imediatamente antes, durante ou até uma hora após cada refeição principal.

De acordo com estudos realizados com o orlistate, a principal via de eliminação é a excreção fecal. Quase 100% da dose de xenical é eliminada inalterada com as fezes. O efeito desta droga faz com que haja um aumento considerável na gordura fecal após 24-48 horas.

Quando você toma xenical, também deve seguir uma dieta equilibrada e moderadamente baixa em calorias. A dieta tem que conter uma ingestão diária de gorduras, carboidratos e proteínas distribuídas entre as três principais refeições do dia.

Quando o xenical não é indicado?

Como todos os medicamentos, o orlistate tem algumas contraindicações, incluindo:

  • Alergia: Você não pode tomar orlistate se você for alérgico a ele ou a qualquer um dos ingredientes do medicamento.
  • Síndrome de má absorção.
  • Crianças.
  • Amamentação.

Em pacientes obesos com distúrbios hepáticos e/ou renais, bem como em idosos e crianças, não há estudos sobre o efeito deste medicamento.

Homem obeso se pesando

Você também pode se interessar: 8 sintomas da síndrome do intestino permeável que você não deve ignorar

Ele interage com outros medicamentos?

O xenical pode interagir com outros medicamentos porque modifica a absorção de certas substâncias ativas levando a mudanças no efeito dessas drogas.

Às vezes, muito raramente, podem ocorrer casos de hipotireoidismo com distúrbios da tireoide. Esse efeito pode ocorrer como resultado de uma absorção desorganizada de sais de iodo ou levotirexina.

Além disso, o xenical diminui a absorção de drogas antiepilépticas, o que pode causar convulsões. Também reduz a absorção de vitaminas solúveis em gordura, como vitamina E e betacaroteno. Por esta razão, ao tomar este medicamento, aconselha-se ingerir também um suplemento vitamínico. No entanto, é importante manter um bom equilíbrio na dieta, e que ela seja especialmente rica em frutas e vegetais.

Por outro lado, o xenical aumenta o efeito de algumas drogas que são usadas para reduzir os níveis de colesterol. Portanto, de acordo com o paciente, pode ser necessário reajustar a dose de tratamento.

Se você estiver tomando contraceptivos, para evitar uma possível falha (o que pode ocorrer se você tiver diarreia grave devido ao efeito do orlistate), você será aconselhada a usar um método adicional de contracepção.

Conclusão

O xenical ajuda a perder peso e a mantê-lo, mas também contribui para melhorar os níveis de colesterol, bem como para diminuir outros fatores de risco cardiovasculares.

No entanto, é essencial manter uma dieta baixa em calorias durante o tratamento, bem como fazer exercícios físicos regularmente. Em caso de dúvida, fale com seu médico ou farmacêutico.

  • Torgerson, J. S., Hauptman, J., Boldrin, M. N., & Sjöström, L. (2004). XENical in the Prevention of Diabetes in Obese Subjects (XENDOS) Study: A randomized study of orlistat as an adjunct to lifestyle changes for the prevention of type 2 diabetes in obese patients. Diabetes Care. https://doi.org/10.2337/diacare.27.1.155

  • Drew, B. S., Dixon, A. F., & Dixon, J. B. (2007). Obesity management: Update on orlistat. Vascular Health and Risk Management.

  • Romero Ramos, H., Martínez Brocca, M. A., Pereira Cunill, J. L., & García Luna, P. P. (2005). Tratamiento farmacológico de la obesidad. Revista Espanola de Obesidad. https://doi.org/10.11565/arsmed.v26i1.1210