7 estratégias para perder peso sem fazer dietas restritivas

11 Julho, 2020
A melhor maneira de alcançar um peso saudável e estável é melhorando a alimentação sem recorrer a dietas restritivas. Dessa forma, é possível não apenas combater o excesso de peso, mas também melhorar a qualidade de vida.
 

Você odeia estar de dieta? Você pode se surpreender ao saber que as dietas restritivas não são uma fórmula que funciona para perder peso e manter a forma a longo prazo. Para os especialistas, essa é apenas uma iniciativa de curta duração.

A melhor maneira de alcançar um peso saudável é melhorando a alimentação sem aplicar um padrão excessivamente restritivo. Dessa forma, é possível não apenas combater o excesso de peso, mas também melhorar a qualidade de vida.

Fazer dietas restritivas é uma boa opção para perder peso?

dietas restritivas

Certamente, muitos já fizeram uma dessas dietas ou conheceram alguém que costuma fazê-las. As sensações são semelhantes: a princípio, você percebe que perde peso, mas logo começa a enfrentar a ansiedade, pois há muitas restrições. No final, você acaba abandonando a dieta por ser muito difícil de seguir, com o consequente efeito rebote.

 

Por que isso acontece?

Na primeira fase, nos sentimos muito motivados e temos facilidade para seguir a dieta. Devido ao déficit calórico, vemos que o peso é perdido rapidamente. No entanto, vários alimentos são proibidos, dependendo do tipo de dieta “milagrosa” que escolhermos.

Essas dietas podem causar deficiências nutricionais que podem prejudicar gravemente a saúde. Além disso, em um nível psicológico, elas podem aumentar nosso nível de ansiedade, causar dificuldade de concentração, um humor inconstante, irritabilidade, depressão, etc. Todos esses sintomas podem nos levar a um distúrbio alimentar.

Quando já estamos imersos em todos esses sintomas físicos e psicológicos, achamos cada vez mais difícil seguir a dieta, com o ônus da frustração que isso gera em nós.

 Como perder peso sem fazer dietas restritivas

Recomendamos outras maneiras de perder peso que não têm nada a ver com fazer uma dieta extrema. Você está pronto para experimentar essas opções? Lembre-se de que ser constante é fundamental para obter os resultados desejados.

Talvez você possa se interessar: 6 razões pelas quais a sua dieta não funciona

1. Beba bastante água

Hidratação corporal
A água é fundamental para as funções básicas do corpo, permite manter os níveis de energia e evita que você consuma alimentos desnecessários.
 

Acredite ou não, beber água corretamente também pode ajudá-lo a perder peso.

A água ajuda a remover toxinas, mantém o organismo hidratado e energizado. Além disso, pode impedir que você consuma alimentos ricos em açúcares para se manter desperto. A água cumprirá esta função. Além disso, vai ajudá-lo a ficar saciado por mais tempo. Assim, é menos provável que você recorra aos alimentos pouco saudáveis.

2. Esqueça o carro e caminhe

Atualmente, é comum nos transportarmos de carro. Sabemos que é bastante confortável, mas isso pode interferir no seu objetivo de perder peso. Além de ser prejudicial para o meio ambiente, nos impede de fazer um dos melhores exercícios: caminhar.

3. Identifique os alimentos não saudáveis

Não se trata de fazer uma dieta restritiva, mas sim de identificar os alimentos que podem fazer você ganhar peso. O objetivo é eliminá-los gradualmente da sua vida. Refrigerantes, frituras e todos os alimentos com gorduras saturadas são opções ruins para o corpo, segundo esse artigo publicado na revista BMC Public Health.

4. Diga adeus ao estresse

Estresse no trabalho
O estresse influencia a nossa forma de comer. Experimente algumas técnicas de relaxamento e elimine as fontes de ansiedade.

Acredite ou não, o estresse é prejudicial para a sua saúde e pode favorecer o ganho de peso. A melhor coisa a fazer é identificar o que causa essa ansiedade. Identifique e elimine tudo que gera estresse na sua vida diária.

 

Nada vale tanto a ponto de prejudicar a nossa saúde. O estresse pode ser o gatilho para muitas doenças e é melhor desacelerar com o tempo. Para relaxar, você pode fazer exercícios de meditação ou alguma outra atividade relaxante.

Outras estratégias, como a suplementação de melatonina, têm sido eficazes na redução dos níveis de ansiedade, de acordo com um estudo publicado em 2017. Dessa forma, a ingestão regular dessa substância pode melhorar a qualidade do sono e ajudar a diminuir o nível de ansiedade e estresse, o que terá um impacto positivo na saúde e na perda de peso.

5. Dance e divirta-se

Os exercícios ajudam a eliminar gordura. Uma das atividades que você pode incluir na sua rotina é dançar, porque os movimentos ativam os músculos e fazem o corpo suar. O melhor é que você não vai se sentir tão cansado, porque estará se divertindo muito. Algumas academias têm programas de dança para perder peso, ou você pode seguir vídeos na Internet.

Leia também: Por que as dietas ricas em proteínas são saciantes?

6. Dormir bem

Sono e perda de peso
Um sono restaurador proporciona mais energia para enfrentar o dia.

Os especialistas recomendam entre 6 e 8 horas de sono por noite para ter um bom rendimento nas atividades diárias e não prejudicar a saúde. Dormir corretamente e na hora certa fará com que você se sinta muito melhor. Você se sentirá menos estressado e terá muito mais energia.

 

Segundo a revista American Journal of Epidemiology, restringir o sono pode causar problemas metabólicos e, eventualmente, levar ao ganho de peso.

7. Cozinhe em casa

Cozinhar a sua própria comida pode fazer uma enorme diferença. Comer na rua impede que você conheça todos os ingredientes que as refeições contêm. Você também não sabe a quantidade de gordura que está presente e se os ingredientes são da melhor qualidade. Portanto, preparar a sua própria comida vai ajudá-lo a fazer o que é melhor para a sua saúde.

Melhore seus hábitos para perder peso de forma saudável

Com tudo que mencionamos, concluímos que é possível perder peso sem fazer dietas restritivas. Manter um estilo de vida saudável proporciona resultados seguros e permanentes. Além disso, melhorar certos aspectos da rotina e praticar exercícios físicos regularmente pode ajudar a reduzir os quilos extras sem criar um efeito rebote.

Por fim, pense que manter um peso adequado é uma das melhores maneiras de cuidar da saúde.

 
  • Zhao Y., Wang L., Xue H., Wang H., Wang Y., Fast food consumption and its associations with obesity and hypertension among children: results from the baseline data of the childhood obesity study in China mega cities. BMC Public Health, 2017.
  • Impellizzeri P., Vinci E., Gugliandolo MC., Cuzzocrea F., et al., Premedication with melatonin vs midazolam: efficacy on anxiety and compliance in paedriatric surgical patients. Eur J Pediatr, 2017. 176 (7): 947-953.