Verduras que estimulam o funcionamento dos rins

23 de novembro de 2018
Você sabia que a cebola, além de evitar que a gordura se acumule em nosso organismo, favorece a circulação sanguínea? Ela também estimula a limpeza e o funcionamento dos rins.

Sempre é aconselhável conhecer bem quais tipos de alimentos são adequados para determinados órgãos. Pensando nisso, hoje falaremos sobre as verduras que estimulam o funcionamento dos rins.

Nossos rins são mais que essenciais, por isso devemos nos preocupar e cuidar deles, e nada melhor do que começar pelo tratamento interno através de alimentos que facilitam sua função. Vamos conhecê-los?

Verduras que ajudarão o bom funcionamento dos rins

Todos nós já ouvimos falar que para manter uma boa saúde, é necessário que sigamos uma dieta que seja variada e equilibrada. Portanto, essa regra exclui alimentos gordurosos, industrializados, sal e açúcar; todos causam graves consequências para o bom funcionamento de nossos rins.

Também devemos saber que, além de uma alimentação saudável, os médicos e nutricionistas indicam que alguns alimentos são mais eficazes que outros, por exemplo, no caso do tratamento dos rins.

Alimentos como as maravilhosas verduras, que depuram, que facilitam a filtragem, protegem e estimulam o bom funcionamento de nossos rins. Anote essas informações:

1. Os saborosos aspargos

aspargos

Certamente você já sentiu os efeitos logo após comer aspargos. Primeiro sente que o odor da urina fica mais forte; isso é devido, em particular, porque os aspargos contêm um componente denominado asparagina, que aumenta o fluxo da urina quando depura os rins. 

Esse alimento é uma arma eficaz para cuidar e manter seus rins fortes, além de conter um elevado grau de vitaminas e minerais. Também é um alimento totalmente livre de gordura e rico em proteína vegetal.

Também atua como um poderoso antioxidante, rico em vitamina C e fibra. Um verdadeiro tesouro alimentar que você não deve deixar de incluir em sua dieta.

2. O atraente pimentão-vermelho

Você gosta do pimentão-vermelho? Saiba que ele é excelente para nossos rins porque dispõem de baixo nível de potássio, além de contribuir com vitaminas A, C, B6, acido fólico, fibra e licopeno.

Uma dica de fácil preparo: para cuidar dos seus rins, corte o pimentão-vermelho em pedacinhos e acrescente atum nas saladas ou nos assados.

Essa combinação é realmente saborosa. Comprove.

 3. O delicioso repolho

O repolho é um crucífero, como o brócolis. São verduras saudáveis, ricas em fotoquímicos e que lutam contra os efeitos dos radicais livres.

Não contêm potássio, e não cuidam somente dos rins, mas também atuam no cuidado do seu fígado.

Leia também: Como tratar o fígado gorduroso?

O repolho é uma fonte natural de vitamina K e C, possui alto conteúdo de fibra e uma excelente fonte de vitamina B6 e acido fólico.

4. Couve- flor

couve-flor

Também da família crucífera, a couve-flor e um alimento saudável para os rins que deveria fazer parte de sua alimentação habitual.

São recomendadíssimas devido a seu alto conteúdo de fibra e vitamina C, o que acrescentará às suas refeições acida fólico e fibra, depurando e fortalecendo  de forma natural os seus rins.

Além de todos esses benefícios, ajudará seu fígado a neutralizar as toxinas. Incrível, não? Então inclua em sua alimentação hoje mesmo.

5. Alho, a melhor medicina natural

alho

Você já ouviu falar que o alho é um dos melhores remédios naturais e que deveríamos consumi-lo sempre.

Entre tantos benefícios, ele atua na redução da inflamação, evita infecções, depura, reduz o colesterol, e atua como um antibiótico natural.

Conheça: Antibióticos naturais: tratamento saudável acessível

Também contém propriedades antioxidantes e anticoagulantes. Quanto à forma de usá-lo no preparo das refeições, não se preocupe, porque ele não perderá suas propriedades.

Portanto, você pode acrescentá-lo em tudo o que cozinhar, como arroz, carnes, molhos, etc.

Seu componente antioxidante não será afetado e seus rins agradecerão.

6. Cebola: um antigo remédio

cebola

Rica em flavonoides como a quercetina, esse remédio milenar evita o acúmulo de toxinas ou químicas naturais em nosso organismo, incluindo a gordura.

Graças a cebola, conseguimos que os vasos sanguíneos se mantenham limpos e desobstruídos, perfeito para a circulação sanguínea. Atua na proteção e estimulo dos rins, com suas propriedades anti-inflamatórias.

Lembre-se de que as cebolas combinam e atribuem sabor a qualquer prato e saladas.

Contêm baixo nível de potássio, sendo indicadas para a dieta renal e para manter o nível adequado de nosso organismo no processo de metabolismo de gorduras, proteínas e carboidratos.

  • Griffiths, G., Trueman, L., Crowther, T., Thomas, B., & Smith, B. (2002). Onions – A global benefit to health. Phytotherapy Research. https://doi.org/10.1002/ptr.1222
  • U.S. Department of Health and Human Services. (2009). The Kidneys and How They Work. National Institutes of Health. https://doi.org/10.1017/CBO9781107415324.004
  • Gebreyohannes, G., & Mebrahtu, G. and. (2013). Medicinal values of garlic: A review. International Journal. https://doi.org/10.5897/IJMMS2013.0960