Tratar o diabetes com estévia e canela

· 22 de dezembro de 2018
A estévia nos ajuda a regular os níveis de glicose, enquanto a canela aumenta a sensibilidade à insulina. Tomaremos 3 infusões por dia, sempre sob supervisão médica.

O diabetes tipo 2 é uma doença que afeta a forma que o organismo utiliza a glicose. Por isso, este remédio de estévia e canela nos permitirá regular os níveis de glicose naturalmente.

O que é o diabetes tipo 2?

É o tipo de diabetes mais comum. Apresenta-se normalmente de forma gradual. Neste caso, o pâncreas produz insulina, porém, ele não é aproveitado adequadamente.

O tratamento pode ser à base de medicamento, com insulina ou com ambos. Não costuma provocar sintomas específicos, podendo passar despercebido.

Devemos tratar e controlar esta doença, caso contrário, com o tempo, podem aparecer lesões nos olhos, nos rins e nos nervos, doenças cardíacas, derrames cerebrais e, inclusive, a necessidade de amputar um membro.

O tratamento com estévia e canela

O médico especialista avaliará o caso e dará um tratamento. Uma alimentação mais restrita será fundamental, além disso, podemos melhorar significativamente se realizamos exercícios regularmente, controlando o nosso peso e seguindo conselhos naturais.

Neste artigo apresentaremos os dois melhores remédios naturais: estévia e canela.

A estévia

A Stevia Rebaudiana passou a ser conhecida nos últimos anos, apesar de ser originaria do Paraguai, onde se consome desde sempre.

Leia também: Adoçantes naturais, melhor opção para a saúde

Esta planta tem demonstrado suas excelentes propriedades, não só como adoçante natural sem calorias, mas também pela suas múltiplas propriedades. A primeira delas é a de regular os níveis de glicose.

Podemos tomar três infusões diárias, diretamente a partir do extrato ou em comprimidos. É fundamental que seja o extrato puro, de cor escura, e não um adoçante refinado ao qual lhe retiraram as propriedades.

estevia-hebam3000

A canela

Alguns estudos demonstraram que a canela (Cinnamomum cassia) diminui os níveis da glicose, do colesterol e dos lipídios nas pessoas que sofrem de diabetes tipo 2 e, inclusive, os mantém baixos durante um tempo depois de consumi-la.

Descubra: Benefícios de tomar diariamente uma colher de canela e mel

Segundo estes estudos, a canela aumenta a sensibilidade à insulina, a qual controla os níveis de glicose e, além disso, também é muito benéfica devido ao seu alto nível de antioxidantes.

Podemos tomá-la em comprimidos ou consumir habitualmente com as refeições, em chás e com bebidas vegetais.

A dose diária recomendada para tratar o diabetes é entre uma a seis gramas, quer dizer, uma colher de chá de canela em pó por dia.

canela-ion-bogdan-dumitrescu

Como fazer o tratamento de estévia e canela?

Se quisermos realizar um tratamento natural à base de estévia e canela, recomendamos primeiramente consultar o médico convencional ou um médico homeopata. 

A forma de tratamento consiste em estabelecer um tempo determinado entre um a três meses, durante os quais beberemos diariamente três infusões. Uma pela manhã, uma depois do almoço e outra pela tarde.

Prepararemos as infusões fervendo durante cinco minutos duas colheres de sopa de estévia em folha ou em pó e uma colher de chá de canela em pó. Observe se ambas são de boa qualidade e de procedência.

Se a infusão ficar muito doce, recomendamos acrescentar um pouquinho de suco de limão.

Outros conselhos

Durante o tratamento, recomendamos fazer um acompanhamento com o nosso médico de confiança, para que ele controle os níveis de glicose no sangue e possa observar os efeitos destas duas plantas, para também controlar os níveis de medicamentos.

Também podemos acrescentar à nossa dieta outros alimentos que podem ser muito benéficos:

  • Levedura de cerveja: contém cromo, regulador dos níveis de açúcar.
  • Agrião fresco: também contém cromo.
  • Ervilha fresca, que atua como uma insulina vegetal.
  • Cereal natura e integral, principalmente o arroz e a aveia, que regula os níveis de açúcar no sangue.
  • Água de coco natural, com ação hipoglicemiante.
  • Os cogumelos reishi, maitake e shiitake, reguladores dos níveis da glicose e com muito mais propriedades para o nosso organismo.

Além disso, devemos seguir rigorosamente as orientações médicas, realizar exercícios regularmente, tomar sol fora dos horários de máxima intensidade e tratar naturalmente qualquer tipo de problema emocional que possamos ter.

Tudo aquilo que influência em nosso bem-estar e condiciona inevitavelmente a evolução de qualquer doença.

  • Shivanna, N., Naika, M., Khanum, F., & Kaul, V. K. (2013). Antioxidant, anti-diabetic and renal protective properties of Stevia rebaudiana. Journal of Diabetes and Its Complications. https://doi.org/10.1016/j.jdiacomp.2012.10.001
  • Khan, A., Safdar, M., Ali Khan, M. M., Khattak, K. N., & Anderson, R. A. (2003). Cinnamon Improves Glucose and Lipids of People with Type 2 Diabetes. Diabetes Care. https://doi.org/10.2337/diacare.26.12.3215