Tratar o diabetes com estévia e canela

A estévia nos ajuda a regular os níveis de glicose, enquanto a canela aumenta a sensibilidade à insulina. Tomaremos 3 infusões por dia, sempre sob supervisão médica.
Tratar o diabetes com estévia e canela

Última atualização: 28 Janeiro, 2021

O diabetes tipo 2 é uma doença que afeta a forma que o organismo utiliza a glicose. Por isso, este remédio de estévia e canela nos permitirá regular os níveis de glicose naturalmente.

O que é o diabetes tipo 2?

É o tipo de diabetes mais comum. Apresenta-se normalmente de forma gradual. Neste caso, o pâncreas produz insulina, porém, ele não é aproveitado adequadamente.

O tratamento pode ser à base de medicamento, com insulina ou com ambos. Não costuma provocar sintomas específicos, podendo passar despercebido.

Devemos tratar e controlar esta doença, caso contrário, com o tempo, podem aparecer lesões nos olhos, nos rins e nos nervos, doenças cardíacas, derrames cerebrais e, inclusive, a necessidade de amputar um membro.

O tratamento com estévia e canela

O médico especialista avaliará o caso e dará um tratamento. Uma alimentação mais restrita será fundamental, além disso, podemos melhorar significativamente se realizamos exercícios regularmente, controlando o nosso peso e seguindo conselhos naturais.

Neste artigo apresentaremos os dois melhores remédios naturais: estévia e canela.

A estévia

A Stevia Rebaudiana passou a ser conhecida nos últimos anos, apesar de ser originaria do Paraguai, onde se consome desde sempre.

Esta planta tem demonstrado suas excelentes propriedades, não só como adoçante natural sem calorias, mas também pela suas múltiplas propriedades. A primeira delas é a de regular os níveis de glicose.

Podemos tomar três infusões diárias, diretamente a partir do extrato ou em comprimidos. É fundamental que seja o extrato puro, de cor escura, e não um adoçante refinado ao qual lhe retiraram as propriedades.

estevia-hebam3000

A canela

Alguns estudos demonstraram que a canela (Cinnamomum cassia) diminui os níveis da glicose, do colesterol e dos lipídios nas pessoas que sofrem de diabetes tipo 2 e, inclusive, os mantém baixos durante um tempo depois de consumi-la.

Segundo estes estudos, a canela aumenta a sensibilidade à insulina, a qual controla os níveis de glicose e, além disso, também é muito benéfica devido ao seu alto nível de antioxidantes.

Podemos tomá-la em comprimidos ou consumir habitualmente com as refeições, em chás e com bebidas vegetais.

A dose diária recomendada para tratar o diabetes é entre uma a seis gramas, quer dizer, uma colher de chá de canela em pó por dia.

canela-ion-bogdan-dumitrescu

Como fazer o tratamento de estévia e canela?

Se quisermos realizar um tratamento natural à base de estévia e canela, recomendamos primeiramente consultar o médico convencional ou um médico homeopata. 

A forma de tratamento consiste em estabelecer um tempo determinado entre um a três meses, durante os quais beberemos diariamente três infusões. Uma pela manhã, uma depois do almoço e outra pela tarde.

Prepararemos as infusões fervendo durante cinco minutos duas colheres de sopa de estévia em folha ou em pó e uma colher de chá de canela em pó. Observe se ambas são de boa qualidade e de procedência.

Se a infusão ficar muito doce, recomendamos acrescentar um pouquinho de suco de limão.

Outros conselhos

Durante o tratamento, recomendamos fazer um acompanhamento com o nosso médico de confiança, para que ele controle os níveis de glicose no sangue e possa observar os efeitos destas duas plantas, para também controlar os níveis de medicamentos.

Também podemos acrescentar à nossa dieta outros alimentos que podem ser muito benéficos:

  • Levedura de cerveja: contém cromo, regulador dos níveis de açúcar.
  • Agrião fresco: também contém cromo.
  • Ervilha fresca, que atua como uma insulina vegetal.
  • Cereal natura e integral, principalmente o arroz e a aveia, que regula os níveis de açúcar no sangue.
  • Água de coco natural, com ação hipoglicemiante.
  • Os cogumelos reishi, maitake e shiitake, reguladores dos níveis da glicose e com muito mais propriedades para o nosso organismo.

Além disso, devemos seguir rigorosamente as orientações médicas, realizar exercícios regularmente, tomar sol fora dos horários de máxima intensidade e tratar naturalmente qualquer tipo de problema emocional que possamos ter.

Tudo aquilo que influência em nosso bem-estar e condiciona inevitavelmente a evolução de qualquer doença.

Pode interessar a você...
Preparado medicinal de alpiste e canela para baixar a pressão arterial
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Preparado medicinal de alpiste e canela para baixar a pressão arterial

Muitas pessoas incorporaram várias sementes em sua alimentação com o objetivo de variar a dieta, além de baixar a pressão arterial.