Trabalhar e ser mãe: a arte de ser multitarefa

7 de julho de 2019
Cada vez mais, os pais não só compartilham as obrigações da criação, como também as do trabalho. As crianças precisam da atenção de seus pais, mas também do acompanhamento afetivo.

Conseguir esse equilíbrio entre trabalhar e ser mãe é todo um desafio. Já que a maternidade duplica o trabalho que já se tinha. Ainda que algumas consigam dar uma pausa na vida de trabalho para se dedicar aos filhos, nem todas podem ou querem fazê-lo. Encontrar o equilíbrio é necessário.

Trabalhar e ser mãe: é possível

Mãe ledo com a filha

Trabalhar e ser mãe tem o desafio de conseguir com que o tempo passado com os filhos seja de qualidade. Ainda que não se possa estar todo o dia com eles, quando estiver ao lado há que trazer o apoio emocional e a atenção amorosa que necessitam.

Reparta as responsabilidades

Sempre é possível encontrar avós e tios dispostos a ajudar no cuidado dos seus filhos. Também pode organizar com seu parceiro e ver como compartilha o cuidado enquanto você trabalha.

A mulher de hoje tem dificuldade para delegar, pois, como foi preparada tanto para assumir várias tarefas, acredita facilmente que pode somar o cuidado dos filhos. Como se criar fosse uma tarefa a mais. Pode até ser mais difícil para uma mãe solteira, porque talvez não tenha com quem compartilhar a responsabilidade.

Delegar é fundamental, tanto no trabalho como na casa. Assim poderá sentir confiança e segurança para entregar seu filho nas mãos do pai, de outro familiar, ou de quem é responsável nas creches ou nos centros educativos.

Leia também: Os beijos da mãe podem curar quase tudo

Identifique as prioridades

Não é o mesmo trabalhar e ser mãe de um bebê, do que quando a criança já tem cinco anos ou já é um adolescente. Avalie se pode mudar o tipo de trabalho ou o horário enquanto são menores e demandem mais atenção. Quando crescerem e estiverem mais independentes, poderá ter responsabilidades diferentes.

Se puder postergar o reinício do trabalho logo após do parto, seu bebê estará feliz em te ter próximo. Ainda que não possa expressar com palavras, são vários os benefícios que o bebê receber ao estar próximo da mãe. Fazer essa pausa e depois retomar ao trabalho é maravilhoso.

Trabalhar e ser mãe requer estar disponível

Seus filhos precisam saber que contam com você. Não é somente levá-los para escola ou para o médico, comprar roupas, tabletes ou brinquedos. Também tem que estar disponível para quando precisam sentir seu amor.

Caso aconteça um acidente ou imprevisto na escola, procure chegar o mais rápido possível. Quando precisa de apoio com uma matéria ou com uma tarefa, tem que poder ajudá-lo. No caso de seu filho ter um problema, é necessário que esteja disponível para escutá-lo e olhá-lo nos olhos.

Organize sua agenda

Uma agenda ajuda a se organizar

Para gerar a conexão que te permitirá desfrutar da relação mãe-filho, tem que organizar seu trabalho. Isso toma tempo e pode ser estressante, caso não esteja acostumada, mas agradecerá o resultado quando seus filhos sorrirem felizes com sua presença.

Os horários de trabalho estendidos que podia cumprir antes de ser mãe são incompatíveis com a criação que cultiva a conexão com os filhos. Assim como necessita do trabalho para cobrir as necessidades materiais de sua família, seus filhos não precisam de uma mãe ausente. 

Nos momentos em que estiver com seus filhos, faça todo o possível para que o celular não te distraia de seu foco, que é o encontro com eles. Se puder desligá-lo, muito melhor.

Veja também: Como conseguir um bom relacionamento entre mãe e filho?

Libere-se da culpa

Não serão poucas as vezes que irá se sentir culpada por não ter conseguido cumprir com os objetivos. Trabalhar e ser mãe é um trabalho exigente, e a perfeição não é possível. O importante é que reconheça sempre a razão do esforço. Abater-se pela culpa não serve para nada.

Todas as razões pelas quais uma mãe trabalha são válidas, não tem que se sentir culpada, nem permitir que te façam sentir culpada. Somente você sabe o que deve fazer e como deve fazê-lo para o seu bem-estar e o de seus filhos.

Fale com seu chefe ou equipe de trabalho

Mãe compartilhando o trabalho com a filha

A mãe trabalhadora tem direitos e deve conhecê-los; também tem ganhado o respeito em muitos espaços de trabalho. Converta seu chefe em um grande aliado, é possível que possa te oferecer algo que se adapte as suas necessidades.

Também pode avaliar mudar de trabalho, para um horário mais flexível ou que possa trabalhar de casa. As opções que a internet oferece hoje em dia para ‘teletrabalhar‘ seguem aumentando: pode encontrar um trabalho que se adapte aos seus horários e capacidades.

Recomendação final para trabalhar e ser mãe sem sacrifícios

Hoje em dia existe um novo modelo familiar. Ambos pais trabalham e se ocupam da casa e dos filhos por igual. Também estão as numerosas mães solteiras que devem trabalhar porque o pai está ausente.

As mães trabalhadoras passam muitas horas fora de casa e as crianças também. Podem estar ao cuidado de diferentes pessoas ou têm agendas repletas de atividades extraescolares. Recuperar o tempo perdido juntos é uma responsabilidade diária.

Encontrar o espaço para fazer todas as tarefas, para se conectar e para desfrutar do amor que existe é fundamental para o desenvolvimento físico, mental e emocional dos filhos. Trabalhar e ser mãe coloca em prova nossas capacidades, mas traz várias satisfações. É questão de dar para cada um seu tempo e espaço.