Técnicas de estimulação pré-natal

2 de agosto de 2018
As técnicas de estimulação pré-natal permitem a conexão com o bebê enquanto este está no útero e desperta seus sentidos. Não há evidência científica de que estimulem a inteligência ou o aprendizado

Toda mulher grávida passa muitos minutos de seus dias de gravidez acariciando seu abdômen volumoso, tentando decifrar se está tocando o pé, o cotovelo ou o joelho do bebê. Essa é a primeira e mais intuitiva técnica de estimulação pré-natal que toda mulher faz.

Não há evidência científica que indique que as técnicas de estimulação pré-natal incidem na inteligência ou na capacidade de aprendizado que o bebê terá em seu desenvolvimento. No entanto, o certo é que são exercícios que podem ser muito bons para a mãe e abrem caminhos para estreitar o vínculo com seu filho.

Como fazer a estimulação pré-natal?

Estimulação pré-natal em casa

Existem exercícios para cada etapa de crescimento do bebê. Para seguir qualquer uma destas técnicas, o mais importante é não obcecar. Junto com os momentos de estimulação, também tem que ter momentos de tranquilidade.

O feto dentro do útero também dorme, e como não sabemos quando isso acontece, pois basicamente é um ambiente escuro, é melhor não abusar com uma estimulação excessiva.

Veja também: 8 conselhos para uma gravidez saudável

Técnicas de estimulação visual

Sabe-se que, a partir do sexto mês, o feto reage abrindo e fechando os olhos aos estímulos luminosos que chegam através do abdômen, por isso que podemos iniciar estes exercícios a partir do quarto mês.

  • Destape seu ventre da luz solar por 20 segundos e depois tape-o por 20 segundos.
  • Com uma pequena lanterna ilumine o ventre e mova-a lentamente de cima para baixo ou de um lado para o outro.

Técnicas de estimulação tátil

Ao pressionar o abdômen são geradas vibrações que são transmitidas através do líquido amniótico e seu bebês as sente através da pele. Estes exercícios podem ser realizados a partir da décima semana de gestação. Se houve dor abdominal, aborto espontâneo ou parto prematuro prévios, é melhor se abster de fazer estes exercícios.

  • Pressione a área do abdômen ou dê algumas batidinhas bem suaves quando sentir o movimento do bebê.
  • No momento do banho, deixe cair água com diferente intensidade sobre seu ventre.
  • Massageie suavemente seu ventre ou peça seu parceiro que o faça.
A estimulação pré-natal envolve massagens

Técnicas de estimulação auditiva

O bebê escuta muitos sons dentro do útero: a batida de seu coração, a digestão ou a respiração. Além disso, também pode perceber o que vem do exterior, sua voz e a do papai, ainda quando o líquido amniótico amortice a intensidade.

Logo, é importante evitar as discussões durante a gravidez, porque seu bebê sente o que acontece. Estes exercícios podem ser iniciados a partir do quarto mês de gestação.

  • Selecione uma música, preferivelmente instrumental, e escute-a com relativa frequência.
  • Fale com ele com voz forte e pausada, e faça com que seu parceiro também se envolva.
  • Cante uma canção de ninar, que depois retomará para fazê-lo dormir assim que nascer.

Não deixe de ler: Muito barulho pode ser prejudicial e causar perda auditiva

Técnicas de estimulação motora

Estar em movimento suave, mas rítmico ajuda tanto a mãe como o bebê. A mãe relaxa e a ajuda a manter a forma durante toda a gravidez. Para o bebê, é uma forma distinta de perceber o mundo exterior.

Estes exercícios de estimulação pré-natal podem ser iniciados depois do quinto mês de gravidez. Se realizados antes, devem contar com o consentimento do médico, pois se houve alguma ameaça de aborto espontâneo é bom se cuidar.

  • Dance suavemente, sozinha ou com seu parceiro.
  • Nade ou caminhe com regularidade.
  • Pratique Ioga ou pilates pré-natal.

Técnica de estimulação mental

Concentrar a atenção no que cada centímetro do corpo sente ajuda a liberar estresse e tensão. O escaneio corporal é uma técnica simples, ainda que leve algum tempo para dominá-la.

Pode ser realizado em qualquer momento e em qualquer lugar. Deitada ou sentada, da maneira que for mais fácil, de acordo com o volume do abdômen.

  • Comece com o que sente nos dedos de um pé, e mais concentrando sua respiração e sua atenção nessa sensação.
  • Assim, percorra o pé, tornozelo, panturrilha, joelho, coxa e quadril. Passe para o outro pé.
  • Depois volte até chegar a pelve, siga com a coluna, ventre, peito, ombros, braços, mãos, pescoço e cabeça.

Tome consciência de cada sensação. Se sentir que sua mente divaga muito, faça-te consciente disso e volte a focar na respiração.

A estimulação pré-natal pode ser feita em qualquer lugar

Tome seu tempo para manter o foco em seu corpo, mas uma vez que conseguir, desfrutará mais do processo que seu corpo vive durante a gravidez e de seu bebê dentro de ti.

Últimas considerações

Seu bebê desenvolve seus sentidos no terceiro mês, logo que estes exercícios são ideais para o segundo e terceiro trimestre da gravidez, quando os incômodos iniciais tiverem passado. A realização de um par de sessões semanais com qualquer um destes exercício será muito bom.

Importante: não fique obcecada. Desfrute da oportunidade de se conectar com seu bebê. Se seu parceiro puder se envolver melhor ainda. Se não, outro membro da família que for te apoiar com o parto e o cuidado do recém-nascido também pode participar.

E, é claro, se tiver dúvidas, não deixe de consultar com o médico que está te acompanhando.

Recomendados para você