Remédios naturais para os cistos epidérmicos

· 5 de março de 2014
Os cistos epidérmicos são cistos ou nódulos que se formam debaixo da pele. Confira remédios naturais para tratá-los

Os remédios naturais para os cistos epidérmicos são os remédios homeopáticos como vitaminas, ervas e compressas quentes. Os cistos epidérmicos são cistos ou nódulos que se formam debaixo da pele.

Ainda que geralmente sejam benignos e possam desaparecer sozinhos, os cistos podem ser incômodos e antiestéticos. Além disso, em alguns casos, podem infeccionar, por isso é importante tratá-los para evitar maiores complicações.

Remédios naturais para os cistos epidérmicos

Os remédios naturais para os cistos epidérmicos proporcionam opções de cura suaves, de baixo custo e que, com frequência, ajudam a evitar um procedimento médico incômodo.

Ainda que estes remédios pareçam tratamentos alternativos seguros, podem causar efeitos secundários, por isso consulte o seu médico antes de começá-lo.

O calor úmido

O calor úmido, como uma almofadinha térmica úmida não elétrica (nunca use uma almofada elétrica com umidade) ou uma compressa de pano quente, pode ser aplicado nos cistos epidérmicos para ajudar na drenagem e na cicatrização.

Leia também: Cistos mamários: veja como evitá-los

Evite o uso de almofada térmica muito quente, já que às vezes pode causar uma infecção, pois o calor faz com que as bactérias dentro do cisto se multipliquem. Se o cisto não responde ao uso do calor úmido, consulte um médico.

Óleo de malaleuca

O Centro Nacional de Medicina Complementar e Alternativa (NCCAM) afirma que o óleo de malaleuca apresenta propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias fortes.

Devido ao fato de que muitos cistos se infectam com bactérias, a aplicação de óleo de malaleuca no cisto pode ajudar a prevenir a infecção e promover a cicatrização.

Aloe vera

Aloe

Alguns naturistas recomendam o gel desta planta como uma cura para os cistos epidérmicos, porque acredita-se que combata as bactérias e alivia a dor.

A Medline Plus afirma que alguns estudos mostram que o gel de aloe vera mata as bactérias e aumenta a taxa de cura das feridas.

Consumir nutrientes que melhorem o sistema imune

Um sistema imune forte ajuda o corpo a curar os cistos epidérmicos.

Comer frutas ricas em antioxidantes, grãos integrais e verduras, incluindo bagas, frutas cítricas e verduras de folhas verdes, assim como tomar suplementos à base de ervas como o trevo-vermelho e a raiz de bardana, podem ajudar a estimular o sistema imunológico e eliminar as toxinas do corpo.

Higiene

Para ajudar a evitar a infecção, lave a zona afetada diariamente com sabão antibacteriano.

Uma vida saudável previne os cistos

Ter uma vida saudável ajuda a manter o corpo com uma ótima saúde, o que reduz o risco de se desenvolver um cisto epidérmico.

Ter um descanso adequado

Dormir menos do que o necessário debilita o sistema imune e pode trazer muitos problemas. Assegure-se de que você esteja descansando adequadamente.

Evite o açúcar refinado

O excesso de açúcar pode suprimir a função do sistema imune e levar a uma inflamação e a doenças.

Para reduzir o excesso de açúcar em sua dieta, evite os refrigerantes, os sucos de frutas adocicados e os produtos processados, como os cereais e aperitivos.

Reduza o estresse

Estresse-500x325

Alguns homeopatas e naturistas acreditam que o estresse aumenta o risco de sofrer cistos epidérmicos.

De fato, muitos especialistas afirmam que o excesso de estresse altera a resposta do sistema imune e aumenta as chances de contrair doenças.

Descubra: Como controlar a ansiedade por comida?

Aprender de maneiras positivas a lidar com o estresse pode ser útil para evitar os cistos, assim como muitas outras condições.

Quando for ao médico

Os cistos epidérmicos às vezes não desaparecem sozinhos e podem requerer a intervenção médica. Consulte o médico se algumas das seguintes opções acontecerem:

  • O cisto crescer muito
  • O cisto ficar pesado
  • O cisto for doloroso
  • O cisto mostrar sinais de infecção, como inflamação e avermelhamento ou se tornar muito quente ao tato

Os cistos infectados, grandes ou dolorosos, podem exigir a extração pelo médico. É um procedimento simples que é feito no consultório do médico com anestesia local e geralmente não toma muito mais tempo do que uma consulta médica comum.

Os seguintes passos podem ser tomados para retirar o cisto:

  • Em primeiro lugar, é feita uma incisão no cisto. A retirada do cisto consiste na extração cirúrgica do nódulo completo ou da parede.
  • Depois, o médico extrai o conteúdo do cisto para drená-lo e a zona fica limpa. Em alguns casos, suturas são necessárias, principalmente se uma incisão total for feita. Os pontos são retirados geralmente após uma ou duas semanas. Dependendo da localização e do tipo de cisto, o médico pode optar por vaporizá-lo com um lazer. Esse procedimento deixa cicatrizes mínimas.

É raro que os cistos epidérmicos ou a extração deles causem complicações. Nunca tente abrir, espremer ou drenar o cisto sozinho, já que isso pode conduzir à uma infecção.

Experimente os remédios naturais primeiro

Felizmente, os cistos epidérmicos são mais incômodos do que perigosos, e tratá-los com remédios naturais e mudando o nosso estilo de vida é, com frequência, o que necessitamos para aliviar os sintomas.

No entanto, lembre-se de que uma cura natural para os cistos não funciona sempre, alguns cistos não respondem aos remédios naturais e exigem um tratamento convencional.

Se você tiver um cisto epidérmico e não estiver causando dor ou mal-estar, use o calor úmido, os suplementos à base de ervas, os remédios homeopáticos e/ou as mudanças no estilo de vida antes de recorrer aos procedimentos cirúrgicos.