Reduzir inflamações com remédios naturais

· 7 de janeiro de 2014
Para melhorar as inflamações devemos seguir uma dieta vegetariana. A carne, o peixe e os laticínios tendem a piorar esta condição.

Muitas doenças se manifestam em forma de inflamação, ocasionando mal-estar e, às vezes, dor. Desde as dores musculares ou articulares até inflamações na pele, na garganta, nos olhos, nas gengivas, nos ouvidos, no fígado, nos rins, no intestino, etc. 

Ainda que cada uma possa apresentar sintomas e causas diferentes, existem alguns alimentos e remédios naturais que ajudam a reduzir inflamações e aliviar os sintomas, independentemente de sua origem. Apresentaremos alguns a seguir:

Dieta vegetariana alcalina para reduzir inflamações

Sempre que se sofre com uma inflamação, em qualquer lugar, ocorre, às vezes, um excesso de acidez no sangue, por isso, o primeiro remédio que propomos é seguir com uma dieta vegetariana alcalina, ao menos durante a inflamação.

Além disso, todos os alimentos que contêm proteína animal, como a carne, o peixe ou os lácteos, tendem a piorar as inflamações.

Muitos alimentos de origem vegetal também acidificam o organismo, e o correto é ter um pH equilibrado, consumindo alimentos ácidos e alcalinos.

No entanto, neste caso, posto que exista um excesso de acidez, prefira comer alimentos alcalinos. Quais são os alimentos mais alcalinos?

  • Sucos vegetais (cenoura, maçã, aipo, espinafre);
  • Espinafre cru;
  • Brócolis;
  • Cenoura;
  • Beterraba;
  • Alface;
  • Alho;
  • Figos secos;
  • Uvas passas;
  • Tâmaras;
  • Uvas;
  • Mamão;
  • Kiwi;
  • Maçã;
  • Pera;
  • Avelãs;
  • Amêndoas;
  • Stevia;
  • Chá verde.

reduzir inflamações naturalmente

Frio e calor

Às vezes, as inflamações necessitam de frio, sobretudo nos primeiros momentos, quando estão quentes e vermelhas, e outras vezes necessitam de calor, quando sentimos que a zona inflamada está fria (geralmente as articulações necessitam de calor).

Bastará tocar a pele da zona inflamada para saber. Em alguns casos, não precisará nem encostar, pois a pessoa sentirá sem a necessidade de apalpar.

  • Calor: aplique uma compressa quente
  • Frio: aplique uma bolsa de gelo coberta com um pano

Leia mais: 8 doenças que provocam a sensação de frio

Emplastros de coalhada ajuda a reduzir inflamações

Um emplastro curioso que se pode fazer para refrescar a zona inflamada, principalmente se estiver quente, é de queijo Quark, coalhada ou requeijão.

Simplesmente, aplique diretamente sobre a pele e cubra com um pano. Deixe atuar por pelo menos meia hora.

Emplastros de coalhada ajuda a reduzir inflamações

Óleos frios e quentes

Os óleos vegetais e essenciais podem ter efeitos opostos. Alguns refrescam e outros esquentam. Mostraremos quais são:

  • Óleos essenciais que refrescam: cipreste, menta.
  • Óleos essenciais que esquentam: gengibre, canela. 

Tais óleos essenciais devem ser misturados com óleos vegetais, adicionando unicamente umas gotinhas, e maior quantidade destes óleos base:

  • Óleos base frios: coco, amêndoa.
  • Óleos base neutros: gergelim.
  • Óleos base quentes: oliva. 

Saiba mais: 5 óleos essenciais e seus benefícios

Compressas de couve

A couve é um excelente alimento anti-inflamatório. Para preparar umas compressas de couve, use a couve verde.

Em primeiro lugar, coloque as folhas alguns instantes em água fervendo. Em seguida, amasse as folhas para que saia o suco.

Por fim, coloque as folhas diretamente sobra a zona inflamada, tape com um pano e ponha por cima um papel plastificado. Deixe por 30 minutos ou mais.

Ademais, este remédio serve para as dores menstruais, colocando a folha sobre o ventre.

Inflamações faciais

A face é uma zona delicada e que dificilmente pode-se aplicar emplasto ou cataplasmas, e inclusive o uso de óleos pode ser incômodo.

Portanto, temos alguns remédios simples para aliviar inflamações tipo dermatite, conjuntivite etc.

  • Bolsinhas de camomila: guarde na geladeira as bolsinhas que ficam depois de tomar o chá, serão muito úteis para serem aplicadas sobre os olhos inflamados, com os olhos fechados;
  • Rodelas de pepino: ademais, as rodelas de pepino fresco servem para desinflamar os olhos e as pálpebras. Aplique de 15 a 60 minutos.
  • Aloe vera: o aloe desinflama e cicatriza. O melhor é ter a planta e cortar um pedaço, mas também é possível comprá-lo em gel e, inclusive, misturá-lo com óleos.
  • Calêndula: excelente para inflamações na pele. Além disso, é possível obtê-la na forma de creme.

chá de calêndula ajuda a reduzir inflamações

Chás de urtiga para reduzir inflamações

Enquanto durar a inflamação, também é possível tomar chás de plantas medicinais anti-inflamatórias, entre elas, destacamos a urtiga pelas suas propriedades drenadoras e purificantes.

Por isso, prepare um litro de chá e tome ao longo do dia, se preferir adocicada, use um pouco de stevia, pois o mel e o açúcar teriam a função contrária, por serem alimentos ácidos.

  • Carvalho, A. R., Costa, G., Figueirinha, A., Liberal, J., Prior, J. A., Lopes, M. C., ... & Batista, M. T. (2017). Urtica spp.: Phenolic composition, safety, antioxidant and anti-inflammatory activities. Food Research International99, 485-494.
  • Della Loggia, R., Tubaro, A., Sosa, S., Becker, H., & Isaac, O. (1994). The role of triterpenoids in the topical anti-inflammatory activity of Calendula officinalis flowers. Planta medica60(06), 516-520.
  • DUARTE, M. D. R. (2003). ANÁLISE FARMACOPÉICA DE AMOSTRAS DE CAMOMILA Matricaria recutita L., ASTERACEAE. Visão Acadêmica4(2).
  • Davis, R. H., Donato, J. J., Hartman, G. M., & Haas, R. C. (1994). Anti-inflammatory and wound healing activity of a growth substance in Aloe vera. Journal of the American Podiatric Medical Association84(2), 77-81.