5 remédios naturais para acalmar a coceira

07 Maio, 2020
A coceira é uma sensação irritante que pode ser causada por alergias, picadas de insetos e doenças. Felizmente, existem muitos remédios naturais disponíveis para aliviar o desconforto sem prejudicar a pele.

Para acalmar a coceira na pele, é essencial evitar se coçar com as unhas. Embora essa ação possa proporcionar um alívio momentâneo, às vezes prolonga a duração do sintoma ou deixa agressões na pele. Como podemos agir corretamente nesse caso?

Primeiro, a possível causa da coceira deve ser avaliada, de preferência consultando um médico. O profissional tem a capacidade de determinar se é uma alergia ou o sintoma subjacente de outras doenças. Posteriormente, ele prescreverá o tratamento mais apropriado.

Também podemos levar em consideração alguns remédios naturais cujas propriedades regulam o pH da pele e reduzem o desconforto. Abaixo, compartilharemos 5 boas opções para que você não hesite em experimentá-las quando esse sintoma o afetar. Confira!

Remédios naturais para acalmar a coceira

A coceira é descrita como uma sensação irritante, que pode ser acompanhada por ressecamento, vermelhidão e inflamação, entre outros. 

Suas causas mais comuns incluem picadas de insetos e alergias. No entanto, também pode surgir devido a intolerâncias alimentares, infecções por fungos, doenças renais, contato com produtos químicos e outros fatores.

Atualmente, existem vários produtos tópicos que podem ajudar a acelerar o seu alívio quase que imediatamente. No entanto, também podemos usar algumas soluções naturais que contribuem para acalmar a coceira. Você quer conhecê-las?

Descubra: 5 remédios naturais para aliviar a coceira no couro cabeludo

1. Aveia coloidal

Aveia coloidal
A aveia coloidal é encontrada em inúmeras apresentações destinadas a controlar a coceira e a inflamação.

A aveia coloidal não é a aveia típica consumida no café da manhã. Este produto é a farinha de aveia moída em um pó muito fino, para uso em remédios naturais, sabonetes e cremes para o corpo, entre outros. De acordo com um estudo realizado em 2012, a aveia coloidal combate a coceira e diminui o ressecamento da pele.

Como usá-la?

  • Em primeiro lugar, vale dizer que você pode comprá-la em farmácias ou lojas de cosméticos.
  • Depois de obter o produto, adicione-o à água da banheira e fique nela por 20 minutos.
  • Este tratamento deve ser suficiente para acalmar a coceira. No entanto, se o sintoma persistir, o procedimento pode ser repetido 2 vezes ao dia.

2. Aloe vera

Famoso por suas aplicações em dermatologia, o aloe vera possui compostos calmantes que reduzem significativamente a coceira. Também hidrata profundamente os tecidos e controla sintomas como vermelhidão, descamação e queimação.

Como usá-lo?

  • Primeiro, extraia uma quantidade generosa de gel de aloe vera da planta.
  • Em seguida, aplique o produto sobre as áreas afetadas.
  • Repita o uso 2 vezes ao dia até que o sintoma se acalme.

3. Manjericão para acalmar a coceira

Folhas de manjericão
O eugenol, presente nas folhas de manjericão, era usado na medicina antiga por seus efeitos calmantes.

Embora esta planta seja popular por suas aplicações culinárias, é importante saber que ela também tem usos interessantes na medicina natural. Graças ao seu teor de um composto químico chamado eugenol, reduz a irritação e ajuda a acalmar a coceira.

Como usá-lo?

  • Primeiro, pegue duas colheres de sopa de folhas de manjericão secas e despeje-as em uma panela com água.
  • Ferva o conteúdo por 5 minutos em fogo baixo.
  • Posteriormente, aguarde até que esteja morna ou fria.
  • Passe a água resultante sobre as áreas com coceira, usando um pedaço de algodão.
  • Repita o uso até 3 vezes ao dia, se considerar necessário.

Leia também: Remédios naturais contra a coceira e a ardência vaginal

4. Vinagre de maçã

Há centenas de anos, o vinagre de maçã tem sido um aliado para acelerar o alívio de muitos problemas que afetam a saúde da pele. Graças ao seu conteúdo de ácido acético e compostos antioxidantes, regula o pH e minimiza desconfortos como a coceira.

Esta é uma das melhores soluções quando a coceira é causada por picadas ou queimaduras, pois reduz a inflamação e proporciona uma sensação de alívio rápido. Além disso, atua como um desinfetante natural para evitar possíveis infecções quando a pele foi machucada pelo ato de coçar.

Como usá-lo?

  • Para começar, combine partes iguais de vinagre de maçã orgânico com água.
  • Em seguida, mergulhe um pano de algodão ou um lenço na preparação e aplique-o na área afetada.
  • Opcionalmente, despeje o vinagre na água da banheira e tome um banho por 20 minutos.
  • Repita o tratamento se considerar necessário.

5. Hamamélis para acalmar a coceira

Hamamélis para acalmar a coceira
A hamamélis tem um efeito calmante poderoso que ajuda a aliviar a coceira.

A hamamélis contém alguns taninos, substâncias que atuam como adstringentes quando aplicadas topicamente. Por esse motivo, a loção ou creme desta planta pode aliviar a coceira, minimizando a irritação e a vermelhidão.

Como usá-la?

  • Compre hamamélis na farmácia ou ferva a planta seca em água.
  • Posteriormente, aplique o produto nas áreas problemáticas e deixe agir sem enxaguar.
  • Se o sintoma persistir, repita a aplicação 2 vezes ao dia.

Você é daqueles que se coça quando sente um ardor na pele? Evite fazer isso a partir de agora! Em vez disso, experimente algum dos remédios mencionados para obter uma sensação maior de alívio.

  • Criquet, M., Roure, R., Dayan, L., Nollent, V., & Bertin, C. (2012). Safety and efficacy of personal care products containing colloidal oatmeal. Clinical, Cosmetic and Investigational Dermatology. https://doi.org/10.2147/CCID.S31375
  • Sahu, P. K., Giri, D. D., Singh, R., Pandey, P., & Gupta, S. (2013). Therapeutic and Medicinal Uses of Aloe vera : A Review. Scientific Research.
  • Jain, R., Aqil, M., Ahad, A., Ali, A., & Khar, R. K. (2008). Basil oil is a promising skin penetration enhancer for transdermal delivery of labetolol hydrochloride. Drug Development and Industrial Pharmacy. https://doi.org/10.1080/03639040701657958
  • Pravasi, S. D. (2014). Acetic Acid. In Encyclopedia of Toxicology: Third Edition. https://doi.org/10.1016/B978-0-12-386454-3.00216-5
  • Korting, H. C., Schäfer-Korting, M., Hart, H., Laux, P., & Schmid, M. (1993). Anti-inflammatory activity of hamamelis distillate applied topically to the skin – Influence of vehicle and dose. European Journal of Clinical Pharmacology. https://doi.org/10.1007/BF00316465