Remédios caseiros para o nervosismo

· 18 de outubro de 2014
Este tipo de condição depende de cada paciente, pois deriva de problemas diferentes. Trate de investigar o que está provocando esta situação e busque uma possível via de escape.

As pressões no trabalho, pessoais ou econômicas, causam nervosismo e ansiedade nas pessoas. O nervosismo vai aparecendo com o decorrer dos anos, e muitos são os casos de gente que sofre mais que outros por este motivo. Os medicamentos que ajudam a controlar o sistema nervoso podem se converter em vício, portanto é preciso evitá-los e aproveitar os benefícios dos remédios caseiros para o nervosismo.

Nervosismo: o que saber

Os problemas dos “nervos” são atendidos por psicólogos ou psiquiatras (estes últimos são os que possuem a autorização para prescrever os medicamentos). Este tipo de afecção depende de cada paciente, pois deriva de problemas diferentes.

Muitos consideram que sentir nervosismo é normal, mas o problema pode se tornar excessivo. Certas doenças relacionadas aos nervos não podem ser erradicadas totalmente caso muito tempo tenha se passado sem o devido tratamento.

Entre as causas mais frequentes de nervosismo se encontram:

  • Estresse: é o “mal moderno” que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Aparece pelas próprias pressões e do ambiente. Entre os sintomas deste problema estão a insônia, fatiga crônica, doenças como a gripe (por diminuição do sistema imune), roer as unhas, queda de cabelo, falta de apetite, etc.
  • Depressão: outro dos detonadores do nervosismo. Nos momentos em que a pessoa está deprimida, um hormônio que modifica os níveis normais do cérebro é secretado.
  • Insônia: é por sua vez uma causa e uma consequência. Por não conseguir dormir, o corpo diminui as defesas e reduz seu nível de atenção. A falta de sono é um problema particular e que deve ser tratado o mais rápido possível.

Insomnio-614x325

Remédios caseiros para o nervosismo

Muitos alimentos e bebidas são considerados como calmantes. Alguns deles são:

  • Beber uma xícara de suco de laranja com duas colheradas de mel e uma de noz-moscada.
  • Ralar duas cebolas e misturar com duas xícaras de aipo picado. Coma como uma salada junto de outros ingredientes.
  • Embeber umas 15 amêndoas em água por toda a noite, descascá-las e fazer uma pasta com uma colher de noz-moscada e uma pitada de gengibre. Ingerir antes de ir dormir.
  • Consumir alface em saladas, junto com azeite de oliva, principalmente para o jantar. Muitos consomem também o suco de alface, fervendo algumas folhas.

Não deixe de ler: Os melhores alimentos para combater o nervosismo

alface para o nervosismo

Ervas e plantas para o nervosismo

  • Ginseng: atacam a depressão e reduzem o estresse. Reforça de maneira natural o sistema nervoso.
  • Erva-de-São-João ou hipérico: é um tônico reparador do sistema nervoso, sendo útil para os tratamentos para a depressão. Consumir uma colher de flores trituradas duas vezes por dia.
  • Borragem: serve para equilibrar o excesso de hormônios que são produzidos pelo estresse. Beber uma infusão realizada com uma colher de folhas secas por xícara de água.
  • Valeriana: uma das mais conhecidas ervas para os nervos, assim como também para reduzir palpitações, espasmos, insônia e estresse. Beber uma infusão de 15 g da raiz da planta diariamente.
  • Ulmária: seu aroma possui propriedades sedativas e calmantes para os nervos. Beber um chá com duas colheres de sua flor por xícara de água depois das refeições.
  • Cardamomo: é utilizado para diferentes estados nervosos. É colocado no chá ou em sobremesas. Também é utilizado com o café.

Dente-de-leao-para-depurar

Mais ervas que podem ajudar

  • Boldo: possui efeitos sedativos e calmantes. Beber uma infusão com 2,5 g de folhas secas por 100 ml de água antes de ir dormir.
  • Alfavaca: tranquiliza e reforça o sistema nervoso. Beber uma infusão de uma colher de folhas secas por xícara de água depois das refeições principais.
  • Passiflora (ou flor de maracujá): ideal para os casos de insônia e para acalmar os nervos por exigências do trabalho, provas, etc. Beber duas xícaras por dia de uma infusão feita com algumas colheres da planta seca e meio litro de água.
  • Melissa: excelente para as alterações do sistema nervoso. Beber uma xícara feita com um punhado de folhas secas e água fervendo, três vezes por dia.
  • Manjerona: possui efeito sedativo, por isso é utilizada para o estresse, o nervosismo e a insônia. Beber três xícaras por dia de chá, cada uma feita com 5 g de folhas secas e água fervendo.

Descubra: 11 bebidas e alimentos para pessoas nervosas

Tratamento e prevenção do nervosismo

estresse

Além de aproveitar as virtudes dos remédios caseiros para o nervosismo, também é bom realizar atividades relaxantes, como tomar um banho de imersão, tirar um tempo para descansar de tudo e de todos, praticar ioga ou fazer meditação.

Ou, simplesmente, sentar na grama com os olhos fechados e prestar atenção unicamente à sua respiração. Ler um livro de autoajuda, desfrutar de uma sessão de massagens, escutar música instrumental ou o som do mar, beber um chá ou olhar pela janela quando estiver chovendo podem ser atividades relaxantes.

Muitos proprietários de gatos indicam que sentar no sofá com seu mascote no colo serve para acalmar os nervos e as preocupações (graças aos seus ronronados).

Aproveite as vantagens da aromaterapia para acalmar os nervos. A fragrância do óleo essencial de laranja é muito boa. Inale o vapor da água fervida com algumas gotas do óleo. Também são bons os extratos de onagra, lavanda, melissa e flor de maracujá.

As ações preventivas para o nervosismo são a chave para evitar episódios graves.  O melhor que você pode fazer é averiguar o que está causando essa sensação ou situação. Pense em como resolver o problema.

Para conseguir se dar conta do inconveniente é preciso que a mente esteja livre, descansada e relaxada. Lembre-se de que os nervos são uma resposta natural do corpo que indica que algo não está bem. Escute e observe os sinais que o organismo te dá.