Melissa: uma planta com muitos benefícios para a saúde

A melissa é uma planta medicinal pouco conhecida, mas cujos benefícios para a saúde a tornam essencial em nossa despensa de remédios naturais.

Na natureza, podemos obter remédios para vários problemas de saúde. A melissa é uma daquelas plantas que contêm propriedades capazes de trazer diversos benefícios para o corpo humano.

Seus usos na medicina natural já têm muitos anos, pois ela tem sido usada para tratar a insônia, acalmar os nervos e favorecer a boa digestão.

O que é a melissa?

Melissa, uma planta medicinal

Também chamada de bálsamo de limão, é uma planta aromática e medicinal que pertence à família Lamiaceae. Pode atingir até um metro de altura e suas flores são pequenas e brancas. Seu aroma é penetrante e lembra o cheiro de hortelã ou laranja. Isso porque ela é um cítrico e tem características refrescantes, assim como seu sabor.

A melissa tem propriedades analgésicas e relaxantes, razão pela qual tem sido usada desde a antiguidade em infusões para o tratamento de distúrbios nervosos, digestivos ou do sono.

Quais são as propriedades da melissa?

A melissa contém ácido ursólico e seus brotos têm ácido citronélico. Além disso, esta planta contém óleos essenciais, como geranial, timol, citronelal e limoneno, que são aqueles que possuem esses aromas particulares.

Os flavonoides (canferol, taninos, quercetina, luteolina e catequinas) também são encontrados em sua composição. Além disso, contém beta-sitosterol e polifenóis como o oleanólico, ácido cafeico, clorogênico e ácidos como o succínico.

Quais são os benefícios de consumir a melissa?

A melissa é uma planta medicinal cujo consumo traz vários benefícios para a saúde humana. Entre estes encontramos:

Acalma os nervos

Mulher nervosa

É perfeita para tratar a ansiedade ou o estresse, males que atacam cada vez mais pessoas na vida cotidiana.

Idealmente, os chás de melissa são preparados juntamente com outras ervas, como a camomila, pois juntas agem como tranquilizantes que relaxam os músculos e a mente.

Alivia a dor muscular

A melissa é antiespasmódica. Pode ser usada como um tônico muscular, pois alivia o desconforto causado por um exercício executado de forma errada.

  • Para usá-la desta maneira, recomenda-se fazer um chá com a planta e aplicar a água durante o banho.

Ajudar a adormecer

Entre as propriedades da melissa está a ação sedativa, ideal para quem sofre de insônia. Se for acompanhada de outras ervas, como a camomila, sua eficácia é aumentada.

Diminuir a temperatura corporal

Como promove a transpiração, recomenda-se beber seu chá quando estiver com gripe, resfriado ou febre.

Suar ajudará a aliviar os sintomas e diminuir a temperatura corporal.

Ajuda a ter uma melhor digestão

Em caso de má digestão, entre tantas outras formas que temos ao nosso dispor, recomenda-se tomar a melissa.

Graças às suas propriedades, podemos aliviar os sintomas como tonturas, náuseas e a sensação desconfortável de estômago pesado.

Como consumir a melissa?

Chá de melissa

Infusões

É a maneira mais comum e fácil de preparar.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de melissa (5 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)

Preparação

  • Adicione uma colher de chá de melissa em uma xícara de água quente e deixe repousar por 10 minutos antes de coá-la e consumi-la.

Água de melissa

Pode ser usada como um tônico natural para aliviar dores menstruais, musculares ou de enxaqueca.

  • Ela também é usada como cicatrizante para pequenas feridas, como picadas de insetos e infecções por herpes. Para isso, compressas da planta recém-cortada devem ser aplicadas na área afetada.
  • Compressas quentes também são um remédio muito útil e tradicional para reduzir a inflamação das glândulas mamárias.

Ação rápida

Para ter uma ação mais rápida dos benefícios da melissa, a planta deve ser marinada em álcool. Deve ser aplicado em gotas, que podem variar entre 40 e 50 por dia, que podem ser dissolvidas em um suco de laranja ou água.

Isso permite que a planta tenha um efeito mais imediato ao entrar no corpo, principalmente quando é consumida para resolver problemas relacionados ao estômago ou à digestão.

Extrato líquido

Este extrato pode ser facilmente obtido com fitoterapeutas, e recomenda-se tomar de 30 a 50 gotas diariamente.

Neste caso, também pode ser consumido com água ou sucos de frutas, assim como de forma independente.

Quando não devemos consumir a melissa?

Embora a melissa possa ser uma planta maravilhosa, existem certos casos em que seu uso não é recomendado para evitar complicações de saúde.

  • Pessoas que sofrem de hipotireoidismo devem evitar o consumo desta planta, porque em muitos casos ela causa efeitos nocivos para a tireoide.
  • Se você for alérgico a seus componentes, esta planta pode causar gastroenterite, dor abdominal, vômito ou náusea. A melissa é uma planta com propriedades fantásticas, mas devemos estar atentos a todos os seus efeitos.

Como você pode ver, esta é uma planta proveitosa e fácil de adquirir, cujas propriedades medicinais são bastante amplas.

Além disso, é muito bom que ela possa ser consumida regularmente e através de vários métodos para que você possa escolher o que for mais conveniente para você.

Recomendados para você