Receita deliciosa de labneh, um queijo caseiro de iogurte

Dos países do Oriente Médio vem esta alternativa caseira ao queijo cremoso. Perfeito para untar e acompanhar pratos doces ou salgados.
Receita deliciosa de labneh, um queijo caseiro de iogurte

Última atualização: 24 Junho, 2021

É possível saborear um queijo cremoso saudável, leve e saboroso? Existem algumas possibilidades, entre elas a receita do labneh, um queijo feito de iogurte que é muito fácil de fazer em casa.

Se você quiser aprender a prepará-lo passo a passo, continue lendo. Você obterá um queijo saudável que pode ser usado como patê, e que você poderá temperar ao seu gosto para variar o sabor.

Receita de labneh: o queijo cremoso mediterrâneo

Prato de labneh
O labneh é preparado com iogurte, sal, tempo e paciência.

Este queijo cremoso faz parte dos pratos tradicionais de alguns países como Síria, Turquia, Jordânia, Líbano ou Grécia. Embora possa ser comprado pronto em alguns mercados, é muito comum prepará-lo em casa.

É uma receita simples por vários motivos. São necessários apenas 2 ingredientes: iogurte e sal. Além disso, bastam alguns utensílios de cozinha e não requer fogo nem temperatura, bastando um pouco de tempo e paciência para obter um resultado fantástico. 

Por sua consistência e sabor neutro, o queijo de iogurte é muito versátil na hora de servir. Assim como o homus, é perfeito para comer com pão, torradas ou palitos de vegetais. Também é uma cobertura cremosa para sanduíches ou saladas.

Devido à grande facilidade de preparo e versatilidade na cozinha, com certeza se tornará uma referência no livro de receitas da família.

Receita de labneh ou queijo de iogurte

Como acontece com todas as receitas, as quantidades podem variar dependendo de quem vai comer e da quantidade necessária para a apresentação escolhida.

Ingredientes e materiais necessários

  • 500 gramas de iogurte natural.
  • 1/4 colher de chá de sal.
  • Para servir: azeite de oliva extravirgem, especiarias ou ervas frescas a gosto. 
  • Pano de algodão largo e grosso, gaze ou tecido semelhante (caso contrário, o iogurte passará por ele). 
  • 1 tigela grande
  • 1 coador grande. 

Preparo

  • O primeiro passo é espalhar o pano de algodão em cima da peneira. É preferível que ela também seja de malha fina. Coloque em cima da tigela de forma que haja espaço suficiente entre eles para drenar o iogurte. 
  • Despeje o iogurte em um recipiente, acrescente o sal e misture.
  • Incorpore cuidadosamente na gaze. Aperte bem e amarre com um barbante ou um grampo de cozinha. Coloque tudo na geladeira. 
  • Se você quiser um creme para untar, 8 ou 10 horas de drenagem são suficientes. Retire-o do interior da gaze e tempere com azeite e especiarias ou ervas frescas a gosto. Se não for consumido no momento, é é preciso colocá-lo em um recipiente hermético. 
  • Também é possível obter uma textura mais densa, caso em que é necessário drenar entre 24 e 36 horas. Ao descobrir a tigela, com a ajuda de uma colher, prepare bolinhas de queijo. Coloque em uma jarra de vidro com azeite de oliva neutro e outros temperos se quiser mais sabor. 

Algumas versões desta receita usam uma parte de leite integral. Este é fervido e depois misturado com uma parte de iogurte. Embora seja uma forma um pouco mais complicada de prepará-lo, o resultado é igualmente delicioso e cremoso. 

Como consumi-lo?

Receita de labneh
Este queijo pode ser consumido com torradas, pão sírio, vegetais ou em preparações doces e salgadas.

Leia também: O que é o bulgur?

Existem muitas maneiras de saborear este queijo de iogurte em pratos doces ou salgados. É muito comum nos mezze ou aperitivos clássicos dos países mediterrâneos do Oriente Médio. Faz até parte de um típico café da manhã à base de azeitonas, tomates e pepinos.

A maneira mais comum é usá-lo como creme para untar, como homus ou babaganoush em pão sírio, torradas ou vegetais.

Também é adequado para preparar molhos para salada. Em ambos os casos, convém temperar com outros ingredientes, sejam ervas frescas, especiarias ou oleaginosas trituradas. Com cominho ou za’atar consegue-se o sabor original da culinária popular de seus países de origem. 

Além disso, algumas pessoas o usam para fazer tortas de queijo e bolos. Para sobremesas ou um lanche doce, vai bem com frutas, compotas, oleaginosas ou um pouco de mel.

As bolas de labneh temperadas podem ser cortadas e adicionadas a saladas, servidas como aperitivo ou adicionadas a pratos de massa. 

Mais detalhes sobre a receita de labneh

Para obter um resultado ideal, é essencial usar um iogurte de qualidade. Isso porque a matéria-prima é um ponto chave para o sucesso do prato. Neste caso, escolha um produto que contém leite integral e fermento láctico sem quaisquer outros ingredientes adicionados.

Nos países onde é tradicional, ele é preparado com iogurte de ovelha ou vaca. Porém, se você preferir, o de cabra também pode ser uma boa opção. O leite de vaca confere um sabor mais suave e neutro. É necessário evitar o leite fermentado e iogurtes proteicos com gordura extra ou 0% de açúcar. 

Em vez disso, você pode escolher leite desnatado e integral. No primeiro caso, o resultado é mais leve, não tão cremoso e talvez um pouco sem graça. O iogurte grego (sem adição de açúcar) e o iogurte caseiro também são válidos.

labneh é guardado na geladeira. Em sua versão mais cremosa, pode durar no máximo 3 ou 4 dias quando fechado em embalagem hermética. Quando marinado em azeite, dura um pouco mais e pode ser consumido até um mês depois.

Na hora de degustá-lo, é aconselhável retirá-lo da geladeira cerca de 15 minutos antes para baixar um pouco a temperatura e notar melhor o sabor.

Pode interessar a você...
Como escolher um iogurte saudável?
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Como escolher um iogurte saudável?

Um iogurte saudável é um alimento de alta qualidade nutricional que oferece vários benefícios. No entanto, é importante saber escolher a opção cert...



  • Al-Kadamany E, et al. Determination of shelf life of concentrated yogurt (labneh) produced by in-bag straining of set yogurt using hazard analysis. Journal of dairy science. Mayo 2002. 85(5):1023-30.
  • Atamian S, et al. The characterization of the physicochemical and sensory properties of full-fat, reduced-fat and low-fat bovine, caprine, and ovine Greek yogurt (Labneh). Food science & nutrition. Marzo  2014. 2(2):164-73.