Que medicamentos podem fazer engordar?

Sabia que os medicamentos podem fazer engordar? Para neutralizar as drogas que nos fazem ganhar peso, é melhor fazer exercícios cardiovasculares e ter uma dieta equilibrada.

Última atualização: 06 Fevereiro, 2018

Você está engordando não sabe a causa? Talvez sem saber, você está consumindo algum medicamento que tenha esse efeito colateral. É mais frequente do que parece. De fato, alguns medicamentos podem fazer engordar.

Em qualquer caso, e como sempre, quando se trata de algo tão delicado, não pare de tomá-los sem antes consultar o seu médico. Há maneiras de parar sem arriscar sua saúde. Além disso, seu bem-estar é mais importante do que o seu tamanho.

Nesse sentido, é melhor fazer exercício cardiovascular e ter uma dieta equilibrada. Você pode mesmo ir a um especialista em nutrição, que irá projetar um regime adequado às suas circunstâncias.

É uma estratégia muito recomendável, porque irá introduzir alimentos que o ajudarão a se proteger contra sua patologia.

Dito isto, vejamos quais são as drogas mais perigosas para a balança…

Quais medicamentos podem fazer engordar

1. Anti-histamínicos

As pessoas com alergias certamente ouviram falar delas. Eles servem para neutralizar os efeitos da histamina, responsáveis ​​pelo aparecimento delas. Na verdade, aqueles que sofrem muito severamente sempre levam os anti-histamínicos no bolso.

Enquanto os alérgicos apreciam sua existência, muitos alertam que depois de tomá-los por alguns meses, começam a ganhar peso. Isso ocorre porque a histamina reduz o apetite, enquanto que esses medicamentos neutralizam o efeito.

Portanto, o que é desejável neste caso é comer alimentos que nos saciem, mas com baixa ingestão calórica: vegetais de folhas verdes e frutas com baixo teor de açúcar.

Veja também: Remédios para melhorar a digestão de alimentos gordurosos

2. Antidepressivos

Nem todos agem do mesmo jeito. Os que mais nos preocupam são os inibidores seletivos da recaptamento de serotonina, como o Prozac. Mas por que isso acontece? Esses medicamentos podem nos tornar mais gordos porque nos sentimos sem energia.

Quando esse fenômeno ocorre, o cérebro nos pede fazer algo para resolvê-lo. Portanto, é comum que possamos comer carboidratos e produtos com muita glicose. Se acrescentarmos que é muito difícil para nós manter a atividade física por muito tempo, os quilos aumentam.

Consequentemente, devemos ter muita força de vontade para conter esses desejos e praticar esportes.

3.  Anti-hipertensivos

Estamos enfrentando uma situação muito semelhante à mencionada. Esses medicamentos reduzem a pressão com que o coração bombeia o sangue, pois atua sobre o músculo cardíaco e outras funções do organismo.

Assim, os fármacos anti-hipertensivos podem alterar o metabolismo. Na verdade, alguns praticantes prescrevem diuréticos para conter o impacto.

No entanto, também é bom introduzir alimentos que facilitem a digestão e eliminem os mais pesados.

Leia também: Dieta ideal para perder peso durante a menopausa

4. Corticoides

Eles são prescritos para pacientes reumáticos, asmáticos e até oncológicos. Apesar da sua eficácia, estas são drogas que podem nos fazer ganhar quilos extra.

A ação negativa deles é muito significativa, pois às vezes aumenta o apetite e favorece a retenção de líquidos. Portanto, além de comer mais, é muito difícil eliminar as toxinas.

Nesse sentido, é necessário incorporar líquidos na nossa dieta . Embora possa parecer contraditório, a melhor maneira de lutar contra a retenção é beber mais. Além disso, nos permitirá preencher o estômago sem recorrer a alimentos ricos em calorias.

Neutralize os medicamentos que podem fazer ganhar peso

Sempre que sua saúde o permitir, o esporte é essencial. Uma das melhores escolhas é andar. É ideal para quase todos nós, uma vez que é de baixo impacto. No entanto, sua utilidade para perder peso é incrível.

Andar apresenta mais vantagens. Muitas cidades têm áreas específicas para isso. Estes geralmente estão localizados nos lugares mais bonitos: parques, praças ou áreas verdes.

Esses locais são um ambiente ideal para desconectar e aliviar o estresse, a menos que você tenha alergias. Quando sofremos de uma desordem ou doença, o aspecto emocional é fundamental.

Alguns medicamentos podem fazer engordar, mas podemos intervir e parar esse fenômeno. É necessário que saibamos o que devem fazer para atuar desde o início.

Embora nem sempre possamos manter nosso peso, uma boa dieta e exercícios cardiovasculares (se possível) nos ajudarão a reduzir o efeito.

Pode interessar a você...

Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
As melhores plantas que te ajudarão a ganhar peso

Como ganhar peso de forma natural? São muitas as pessoas que, diferentemente da maioria, necessitam ganhar alguns quilos de forma saudável e natural.



  • Fava, M. (2000). Weight gain and antidepressants. The Journal of clinical psychiatry, 61, 37-41.
  • Kulkarni, S. K., & Kaur, G. (2001). Pharmacodynamics of drug-induced weight gain. Drugs Today (Barc), 37(8), 559-571.
  • Richards, J., Gunson, B., Johnson, J., & Neuberger, J. (2005). Weight gain and obesity after liver transplantation. Transplant international, 18(4), 461-466.
  • Sharma, A. M., Pischon, T., Hardt, S., Kunz, I., & Luft, F. C. (2001). Hypothesis: β-adrenergic receptor blockers and weight gain: a systematic analysis. Hypertension, 37(2), 250-254.