Protetor solar: saiba quantas vezes deve aplicá-lo

· 22 de novembro de 2018
A proteção dos filtros solares vai depender do tipo de produto que está sendo utilizado, a frequência de aplicação e a atividade que é realizada sob o sol.

No verão, geralmente queremos nos divertir e aliviar o estresse ao tomar sol e dar um mergulho no mar. No entanto, às vezes, nos esquecemos da importância de cuidar da pele nessa época.

Continue lendo o artigo para saber com que frequência você deve aplicar o protetor solar para manter a pele bem cuidada.

Para manter sua pele protegida dos raios UV, não basta apenas usar um bom protetor solar.

É importante levar alguns fatores em conta antes de desfrutar de um dia na praia ou na piscina. A frequência de aplicação do protetor solar é uma delas.

Qual é o melhor protetor solar para mim?

Mulher aplicando o protetor solar

Como você sabe, os protetores solares se classificam de acordo com o seu fator de proteção solar.

Escolher o melhor para o seu caso é algo que depende do seu tipo de pele ou fototipo. Se você não sabe dizer qual é o seu, confira a escala Fitzpatrick.

Essa escala classifica os tipos de pele de acordo com a sua resistência natural ao sol.

Existem seis fototipos, onde o primeiro corresponde às pessoas de pele branca e o sexto corresponde às pessoas de pele negra.

Se o seu fototipo for o número um, escolha um protetor com FPS igual ou superior a 50.

Se o seu fototipo for seis, um protetor com FPS 15 ou 20 deve ser suficiente.

Se você pretende se expor ao sol por um longo período de tempo, é recomendável usar um protetor com FPS maior também.

No entanto, não existe apenas um tipo de pele de acordo com a resistência natural aos raios UV.

Também existem tipos de pele determinados de acordo com as características físicas e biológicas.

Outro fator que deve ser considerado ao escolher seu protetor solar é ter, claro, uma pele normal, seca, oleosa ou acneica.

Nem todos os protetores solares funcionam para todas as pessoas e partes do corpo.

  • Se a sua pele for normal, você pode usar qualquer tipo de protetor solar.
  • Se ela for seca, prefira protetores solares em creme.
  • No entanto, se sua pele for oleosa ou acneica, protetores solares em gel ou com toque seco são os melhores para você.

De qualquer forma, é importante consultar um dermatologista para guiá-lo de acordo com as necessidades da sua pele.

A aplicação do filtro solar indicado para o meu tipo de pele será suficiente para mantê-la protegida?

Não. Não basta apenas aplicar o protetor solar. Se usar o produto errado ou FPS incompatível com o seu tipo de pele, você poderá se queimar do mesmo jeito.

A aplicação incorreta do produto também pode ser prejudicial à pele.

Você pode até usar um protetor solar com FPS baixo, mas, se aplicá-lo corretamente, sua pele pode estar mais protegida do que com um FPS alto.

O segredo é aplicar o protetor solar com certa frequência.

Existem muitos fatores que afetam a eficácia do protetor solar. Alguns deles são a humidade, o suor, o tempo de imersão na água, o atrito com a roupa, entre outras coisas.

Cada um deles depende da frequência de aplicação do protetor solar.

Recomendamos que eia também: Protetores solares: descubra a diferença entre os fatores de proteção 15, 30 e 50

Com que frequência devo aplicar o protetor solar?

É bom aplicar protetor solar 30 em peles brancas

Não existe uma fórmula mágica para calcular de quanto em quanto tempo você deve aplicar o protetor solar.

No entanto, recomenda-se utilizar o produto meia hora antes da exposição ao sol e, a partir disso, reaplicá-lo a cada hora. Isso caso você não se exponha ao sol ou fique na água por muito tempo.

Caso você queira passar mais tempo na água relaxando ou nadando, o recomendável é aplicar o protetor solar a cada vinte minutos.

Embora ele seja resistente à água ou à prova d’água, é importante reaplicá-lo depois de ficar muito tempo na água.

O contado com a água faz com que o produto saia da pele, diminuindo a proteção. Ao sair da água e se secar com a toalha, você pode acabar removendo ainda mais protetor.

Sendo assim, quanto mais você se banhar, suar ou secar sua pele, menos proteção terá.

Se não quiser ficar contando os minutos ou não quer perder a noção do tempo, preste atenção nos sinais da sua pele.

Quando perceber que o protetor já saiu, aplique-o novamente. Se sentir que a pele está ficando ardida, aplique mais protetor.

Descubra: Como proteger a pele no verão se você tem alergia ao sol

Lembre-se que se divertir sob o sol ou tomar um banho de mar ou piscina não significa abrir mão da saúde da sua pele. Mantê-la protegida deve ser crucial, então não se esqueça de levar o protetor solar com você e de reaplicá-lo com frequência.