O protetor solar de acordo com o tipo de pele

· 8 de novembro de 2018
Sua pele merece e precisa de uma série de cuidados para se manter saudável. Escolher o protetor solar adequado para o seu tipo de pele ajudará a protegê-la sem deixar de aproveitar do verão.

Existem diferentes tipos de pele, mas também há uma enorme variedade de filtros solares. Por esta razão é importante que você saiba qual é o seu tipo de pele, e qual é o protetor solar que deve usar para dar-lhe o cuidado que merece.

A pele age como uma barreira natural e nos protege de infecções e diferentes fatores externos que podem nos afetar, como o sol, o frio, a poluição, etc…Também atua como um regulador térmico, mantendo a temperatura do corpo em 37 ° C. Mas, o que determina sua cor?

A melanina é a substância que determina a cor e o tipo de pele. Esta é derivada do aminoácido tirosina, e é produzida pelos melanócitos na camada basal da epiderme. Ajuda a pigmentar nossa pele, e é responsável por protegê-la da incidência de raios solares.

A melanina está presente em outras partes do nosso corpo, como cabelos e olhos. Na verdade, é o nível em que os melanócitos são encontrados, que determina a cor da pele de cada pessoa. Isso porque diferentes quantidades em nosso organismo podem gerar certas tonalidades ou outras.

Aqui vamos explicar como você deve usar o protetor solar de acordo com o tipo de pele. Proteja-se e aproveite o verão, sua pele vai agradecer. A saúde da sua pele está na proteção, cuide-se e bloqueie os raios soares em seu corpo.

Tipos de pele e o protetor solar recomendado

Tipos de pele e o protetor solar recomendado

O fator de proteção solar (FPS) dos protetores será o responsável de cuidar de sua pele. Cada tipo de pele exige um cuidado específico. Por exemplo, peles claras precisam de um fator de proteção solar mais alto, do que pessoas com pele mais escura.

  • Tipo 1: pele muito clara com muitas sardas. Normalmente não se bronzeia e sempre queima, por isso requer um FPS de 50 ou mais.
  • Tipo 2: pele clara com sardas. Esta também tende a queimar facilmente, mas demora mais para ficar escura. Recomenda-se um FPS 30.
  • Tipo 3: pele branca. Queima com moderação. Recomenda-se, pelo menos, um FPS 30, mas em longos períodos de exposição é conveniente usar um maior.
  • Tipo 4: pele mista ou ligeiramente escura. Pigmenta-se com facilidade e em pouco tempo, até adquirir um tom de pele marrom intermediário. O FPS recomendado é o 10.
  • Tipo 5: pele escura. Raramente queima, porque consegue um bronzeado rápido e intenso. Um FPS 8 é recomendado.
  • Tipo 6: pele negra. Praticamente não queima. FPS recomendado: 6.

Descubra: Quais são os sinais de alerta de câncer de pele e como agir?

Fator de proteção solar

O fator de proteção solar nos indica o número de vezes que os fotoprotetores aumentam sua capacidade de defesa natural contra a vermelhidão ou queimaduras. Os protetores solares são compostos por esses fatores, que se encarregam ​​de proteger a pele.

Os fotoprotetores filtram a radiação ultravioleta A e B, para impedir qualquer tipo de lesão, e sua graduação indica os índices de proteção. Por sua vez, as fotoprotetores estão divididos em cinco categorias, em função do fator de proteção solar:

  • Baixo: de 2 a 6.
  • Médio: de 8 a 12.
  • Alto: de 15 a 25.
  • Muito alto: de 30 a 50.
  • Ultra: 50+
Como aplicar o protetor solar na pele

Tipo de produtos

No momento de escolher um protetor solar você também deve levar em conta se sua pele é normal, oleosa, mista ou seca. Da mesma forma, devemos escolher um fator de proteção adequado para as áreas mais sensíveis, como face, pescoço e lábios.

Estes produtos podem ser encontrados em várias apresentações (cremes, loções, gel, spray, etc.). Hoje em dia até há várias marcas que oferecem inclusive maquiagem especialmente projetada para proteger a pele da radiação solar.

As crianças, é claro, exigem mais cuidado. Talvez você tenha ouvido a frase “a pele tem memória”, e esse é o caso, por isso é recomendável não expor os pequenos diretamente aos raios UV. Da mesma forma, é aconselhável cobrir sempre o corpo e a cabeça com bonés, óculos, e roupas.

No caso dos mais velhos, quando estes estão em uma idade mais ativa, recomenda-se o uso de um protetor solar resistente à água ou bloqueador. Isso lhes permitirá desfrutar de qualquer atividade na praia, na piscina, no parque ou na montanha, mantendo-os protegidos.

Descubra também: Protetores solares: descubra a diferença entre os fatores de proteção 15, 30 e 50

Conclusões

É importante aplicar o protetor solar na pele seca 30 minutos antes de ser exposto ao sol, para conseguir uma melhor absorção, e voltar a passar após duas horas depois de nadar, secar-se com toalhas, ou transpirar excessivamente. É aconselhável seguir este procedimento mesmo em dias nublados, porque as nuvens não filtram os raios.

O sol oferece múltiplos benefícios para o nosso corpo e pele. No entanto, a exposição por longos períodos sem proteção pode causar graves lesões que tendem a ser irreversíveis, como manchas, rugas, manchas, e até câncer.

Escolha o filtro solar de acordo com o seu tipo de pele e não deixe de aproveitar o sol do verão! Não deixe que os raios do sol lesionem sua pele, mas dê-lhe a proteção que merece. Cuidar da sua pele é dar bem-estar ao seu corpo.