Quais são as principais causas das manchas na pele?

· 20 de março de 2018
As manchas na pele são pequenas áreas hiperpigmentadas que geralmente não indicam um problema grave.

Para compreender o que são e quais são as causas das manchas na pele, vejamos primeiro o que é a pele. A pele é o maior órgão do corpo e o recobre completamente. Cumpre muitas funções, algumas delas são:

  • É uma barreira contra infecções
  • Regula a temperatura corporal
  • Armazena água
  • Armazena gordura
  • Protege do calor
  • É um órgão sensorial
  • Protege da luz

Ao longo de todo o corpo, as características da pele variam na cor, espessura e textura.

O que dá cor à pele?

Manchas na pele do rosto

A cor da pele é uma característica física e genética. Há vários fatores envolvidos, entre eles:

  • Melanina, a mais importante. É de cor escura e a sua presença é a que determina a cor da pele.
  • Hemoglobina, componente do sangue. Dá cor vermelha à pele.
  • Caroteno: responsável pela pigmentação laranja.
  • Exposição a raios ultravioleta ou radiação.
  • Ingestão de alguns medicamentos

A pele é propensa a apresentar manchas de diferentes tipos e formas e em diferentes lugares. A maioria das manchas são inofensivas e desaparecem sozinhas, mas é bom conhecer a sua origem.

A melanina é a responsável pela pigmentação da pele. É produzida pelos melanócitos, células que se encontram na epiderme, a camada superior da pele, e têm a função de fabricar o pigmento.

A melanina é distribuída entre as outras células e, assim, dá um tom uniforme à mesma. A distribuição dos melanócitos pode provocar:

  • Manchas benignas: sardas, manchas da idade, sinais.
  • Perda da pigmentação, formando manchas brancas. Chamado de hipopigmentação.

Possíveis causas das manchas na pele

Para falar sobre as principais causas das manchas na pele, fizemos uma separação entre os diferentes tipos de manchas que podem surgir.

Manchas brancas ou hipopigmentação

Tratamentos naturais para o vitiligo

Podem ter várias origens:

  • Por um traumatismo, queimadura ou bolha: lesões que diminuem a quantidade de melanina.
  • Congênitas: como o vitiligo ou o albinismo. O vitiligo pode aparecer como um ponto pálido da pele, que depois se espalha para todo o corpo. Sua aparência estética pode causar problemas psicológicos para as pessoas que sofrem com a doença, mas ela não é grave fisicamente.
  • Como resultado de uma inflamação ou infecção na pele que acabou prejudicando a melanina. Por exemplo, a dermatite seborreica.
  • Por conta da idade. Aparecem como manchas marrons a partir dos 40 anos. Desconhece-se a causa, mas acredita-se que sejam causadas pela exposição ao sol ao longo dos anos.

Manchas vermelhas

  • Marcas de nascença. São marcas de nascimento vascular, vasos sanguíneos anormais na pele.
  • Acne. Surgem principalmente sob a forma de espinhas no rosto. Surge principalmente em adolescentes.
  • Pápulas ou angiomas. São vasos sanguíneos que se agrupam e formam protuberâncias. Podem se formar na superfície da pele ou ser mais profundos.
  • Reação alérgica. São erupções que podem ser provocadas por diferentes alérgenos, incluindo alimentos, cosméticos, medicamentos, etc.
  • Microlesões. Formam-se pela ruptura de pequenos vasos sanguíneos abaixo da pele, como vários pontos vermelhos.
  • Brotoejas. Erupção cutânea causada pelo calor. Em lugares quentes, o suor fica preso nos poros e aparecem as protuberâncias vermelhas.
  • Doenças. Existem transtornos mais graves que formam manchas de cor vermelha na pele, como a varíola, o lúpus, contusões ou sífilis, entre outros.

Manchas escuras

Sinal na pele

São mais escuras e formadas por uma quantidade maior de melanina. Em geral, não são prejudiciais para a saúde, afetam apenas esteticamente, dependendo do local e da extensão das mesmas. Algumas existem desde o nascimento, enquanto outras aparecem ao longo dos anos.

Principais tipos de manchas hipercromáticas

  • Manchas de nascença. São herdadas geneticamente e são inofensivas.
  • Manchas senis. Aparecem com a idade nas áreas mais expostas ao sol, como rosto, os braços e as mãos. São totalmente inofensivas.
  • Manchas da gravidez. São manchas claras, cor de café com leite, e surgem principalmente no rosto. Também conhecidas como “melasma“. Podem ser prevenidas com a aplicação regular de filtro solar. São produto de grandes mudanças hormonais que ocorrem no corpo da gestante.
  • Manchas durante a menopausa ou provocadas por contraceptivos orais que geram alterações hormonais.
  • Sinais e pintas. São pequenas protuberâncias de cor escura que aparecem em qualquer parte do corpo. Podem ter diferentes formas e tamanhos. Deve-se consultar o médico se o sinal de pele mudar de forma, de cor ou de tamanho.
  • Sardas. Surgem principalmente em pessoas de pele muito clara e têm um componente genético. Geralmente não são um problema para a saúde. Aparecem na face, nos braços, no pescoço e nas costas.

Você já conhecia estas causas das manchas na pele? Agora que tem mais informações a respeito, pode mudar seus hábitos para preveni-las.