Qual é a dieta indicada para a amamentação?

· 19 de junho de 2018
É muito importante que, durante a amamentação, a alimentação seja adequada, para que nem o bebê nem a mãe sofram nenhum tipo de carência nutricional que possa colocar a saúde em risco.

Ninguém pode negar que uma das melhores fases da vida de toda mulher é o momento em que se torna mãe. No entanto, com o novo membro da família, surgem algumas dúvidas que é necessário resolver. Uma delas é a dieta indicada para o período da amamentação.

Embora possa parecer um assunto que não requer muita atenção, a realidade é muito diferente. Você pode cair em dois extremos que não são saudáveis.

  • O primeiro extremo é exagerar nas porções, embora não necessariamente esteja ingerindo nutrientes, e acabar com um excesso de peso que afeta sua saúde.
  • O segundo caso é consumir menos alimentos e, ao alimentar seu bebê, terminar com uma deficiência nutricional.

Porque você será a encarregada de dar os primeiros nutrientes para o seu bebê, é importante sempre comer os alimentos certos.

Neste artigo, daremos alguns conselhos sobre a dieta indicada para o período da amamentação. Você verá que não é algo impossível, nem precisa de mudanças dramáticas. Em todo o caso, só deve prestar um pouco de atenção ao organizar seus menus.

1. Salmão

Uma dieta indicada para a amamentação contém peixes

O salmão é um dos melhores alimentos que podemos incluir na nossa dieta, independentemente da fase da vida em que nos encontremos.

É o primeiro alimento da dieta indicada para a amamentação, porque fornece ácidos graxos, vitais para o desenvolvimento do sistema nervoso do seu bebê. Em geral, seu leite materno é rico em ácidos graxos por si mesmo, e ao consumir salmão, essa quantidade aumenta.

Além disso, alguns estudos têm demonstrado que os ácidos graxos também combatem e previnem a depressão pós-parto.

Acreditamos que estes dois motivos são mais do que suficientes para incluir o salmão, pelo menos, duas vezes por semana em sua dieta.

Veja também: 6 razões pelas quais comer salmão melhora a sua saúde

2. Laticínios com baixo teor de gordura

Outro dos ingredientes que deve estar na dieta indicada para a amamentação são o leite e seus derivados (iogurte, queijo, etc.). Todos estes produtos contêm vitamina D, que é vital para o desenvolvimento e fortalecimento dos ossos do seu bebê.

Além disso, fornecem proteína e vitaminas do grupo B, que melhoram a absorção do cálcio. É importante que você consuma estes produtos várias vezes ao dia, para garantir o fornecimento de cálcio para o seu recém-nascido, sem risco de apresentar problemas no futuro.

Mesmo se você é muito jovem, seu corpo se desmineraliza durante a fase de amamentação. O melhor é que os laticínios são alimentos versáteis, assim, você não vai enjoar do sabor.

  • Pela manhã, você pode adicionar um pouco de leite no seu shake matinal.
  • Na parte da tarde, acrescente um pedaço de queijo às suas saladas e à noite inclua um copo de iogurte no jantar.

3. Carnes magras

Carnes magras

As carnes magras também são essenciais na dieta indicada para a amamentação. Como mãe, você receberá a quantidade suficiente de ferro e energia para cuidar do seu filho e ao mesmo tempo realizar suas atividades cotidianas.

Além disso, se você teve algum problema de hemorragia durante o parto, é necessário recuperar os níveis de hemoglobina, e a melhor forma é através do ferro da carne.

Quanto ao seu bebê, ao incluir carnes magras em sua dieta, seu leite terá maior quantidade de proteína e de vitamina B12 completamente naturais, que ajudam no desenvolvimento de seu pequeno.

Lembre-se de que a recomendação com as carnes magras é consumi-las com o mínimo de gorduras e sal possível. Escolha pratos assados, grelhados e similares. Além disso, é recomendável sempre escolher carnes de excelente qualidade.

Entendemos que isso pode requerer um investimento maior, mas considere que, no futuro, a saúde de seu bebê e a sua refletirão os esforços realizados.

4. Feijão preto

A dieta indicada para a amamentação contém feijão preto

Sabemos que algumas pessoas querem ou precisam reduzir a quantidade de carne que consomem. Se é o seu caso, uma dieta indicada para a amamentação inclui feijão preto.

É uma das melhores fontes de proteína não-animal, embora você deva controlar as porções, pois o feijão tem um alto teor de carboidratos. Considere que uma porção equivale a meia xícara de feijão cozido (126 g).

Para não enjoar de comer feijão o tempo todo, você pode testar várias receitas e tipos diferentes deste grão. Além disso, você pode mudar ocasionalmente feijão por seu caldo. Este costuma conter grande quantidade de nutrientes e é uma boa base para uma sopa de vegetais.