Propriedades curativas da Maca Peruana

· 9 de janeiro de 2019
Natural do Peru, a Maca tem se popularizado em todo o mundo como um superalimento considerado afrodisíaco, estimulante e anticancerígeno.

A Maca é uma raiz utilizada como alimento e remédio caseiro desde a época da civilização Inca. É originária do Peru e se espalhou por todo o mundo por suas propriedades curativas. Assim, saiba quais são os benefícios da Maca Peruana para a sua saúde neste artigo.

Propriedades da Maca Peruana

Antes de mais nada, são conhecidas ao menos dez propriedades principais da Maca Peruana para o organismo. Algumas das mais importantes são:

Propriedades afrodisíacas, estimulantes e para a fertilidade

É utilizada com estas finalidades há séculos, considerada “mágica” e usada em rituais sagrados para obter prosperidade para os vilarejos.

É conhecida popularmente como o “Viagra peruano”; ou seja, é usada para tratar a impotência sexual, aumentar a fertilidade, aumentar a libido (ou desejo sexual) e combater a disfunção erétil.

Isso se deve a um de seus componentes principais, a macamida. Ela atua sobre o hipotálamo e as glândulas suprarrenais, regulando os níveis hormonais e proporcionando um efeito energético. Além disso, também aumenta o fluxo sanguíneo na região pélvica, estimulando a potência sexual.

Pesquisas recentes confirmam que ela aumenta a fertilidade tanto em homens quanto mulheres, melhora a produção e motilidade do esperma mesmo em grandes altitudes e, como se fosse pouco, também serve para prevenir a hiperplasia da próstata.

“A Maca é uma planta que tem uma grande fama em suas raízes, pois possui propriedades que melhoram a fertilidade.”

-Scientia Agropecuaria-

Propriedades para o tratamento da menopausa

A Maca serve para ajudar as mulheres que se encontram no período do climatério e menopausa devido a seus efeitos mineralizantes e revitalizantes, assim como de aumento da libido.

É comum sofrer com menos desejo sexual por causa de uma menor produção de estrógenos de maneira natural; já que o corpo não tem mais condições de conceber a vida.

Seus fitoesteroides naturais também ajudam a tratar os calores e outros sintomas. Além disso, ajuda a evitar a osteoporose ao ser consumida em sopas ou ensopados

Propriedades energéticas

A Maca Peruana é nutritiva e energética, oferecendo substâncias que regulam e estimulam o organismo. Por exemplo, dispõe de mais nutrientes do que certos vegetais.

Transporta mais oxigênio para o corpo e evita a pressão baixa, ao mesmo tempo em que pode prevenir a anemia e fortalecer o organismo. Também tem iodo, outro elemento energético, que serve para regular o funcionamento da glândula tireoide, e possui zinco, que fortalece o sistema imunológico.

É um complemento ideal para a fadiga, a perda de memória, o cansaço, o estresse e a fraqueza que sentimos durante a recuperação de alguma doença. Além disso, é um excelente suplemento para atletas, pois melhora a resistência física.

Propriedades estimulantes para o sistema imunológico

Graças aos alcaloides, a Maca estimula as células de defesa ou fagocíticas, evitando tumores ou o câncer.

Embora ainda não existam dados claros para confirmar a sua atuação na prevenção do câncer, pesquisadores indicam que os alcaloides presentes na Maca podem contribuir para a atividade anticancerígena.

Também atua para prevenir resfriados ou o contágio por qualquer doença que se relacione a uma queda no sistema imunológico, devido ao estresse, nervosismo ou ansiedade (como alguns vírus do herpes, por exemplo).

Leia também: Plantas para dormir melhor

Bebida feita de Maca Peruana

Propriedades antidepressivas

Quando consumida como suplemento, a maca evita a falta de libido causada pela medicação ansiolítica ou antidepressiva. E mais, melhora a memória e o aprendizado, já que o cérebro fica mais alerta.

As pessoas que consomem remédios para dormir ou para a depressão podem ingerir maca para que os efeitos colaterais sejam evitados, sempre sob a supervisão do seu médico.

Propriedades anticancerígenas

A Maca pertence à mesma família das crucíferas, como o brócolis, a rúcula, o repolho, a mostarda ou a couve, por exemplo. Todas essas plantas são popularmente conhecidas por suas propriedades anticancerígenas devido a um componente chamado glucosinolato, que lhes confere o sabor forte característico.

A Maca tem uma atuação antioxidante para que o organismo se mantenha saudável. Outro nutriente serve para eliminar de maneira natural as células danificadas ou afetadas por um tumor, combater a degeneração e as mutações celulares.

Propriedades protetoras para a pele

A Maca é consumida e cultivada nas regiões altas e no altiplano andino do Peru, ou seja, em locais onde a radiação ultravioleta é muito alta e não existem muitos espaços para se proteger do sol.

Os nativos e os visitantes que consomem esta raiz durante suas viagens pela montanha estão mais protegidos dos raios UV, pois a Maca aumenta a espessura da epiderme (naturalmente, de forma microscópica), oferecendo uma proteção solar como se a pessoa estivesse utilizando um protetor fator 30.

Dessa forma, o extrato de Maca pode ser colocado em protetores solares ou cosméticos para potencializar seus efeitos.

Leia também: O protetor solar de acordo com o tipo de pele

Variedades e dosagem da Maca

A Maca pode ser obtida em três “apresentações”:

  • Vermelha (ou “Puka”, para os nativos): é a que oferece um maior potencial antioxidante e anticancerígeno;
  • Morada-vermelha (“maca milagrosa”, entre os residentes): com altas quantidades de antocianinas, sendo um excelente antioxidante;
  • Negra (ou “yana”)? que tem efeitos estimulantes para o cérebro e propriedades afrodisíacas.
Maca Peruana

Sobre a dosagem, é importante saber que a Maca é um alimento natural que pode ser consumido por um grande período sem que a pessoa venha a sofrer com efeitos colaterais ou nocivos. No entanto, aconselha-se ingeri-la da seguinte forma:

  • Cápsulas: entre 1,5 e 3 gramas por dia, misturada em sucos;
  • Gelatina: entre 1,5 e 3 gramas diários;
  • Raiz inteira seca: não mais de 25 gramas por dia para alimentos cozidos (como ensopados ou sopas);
  • Cremes: pode-se conseguir alguns produtos à base de maca para uso externo, sem dose estipulada;
  • Em pó: para consumir com queijos, iogurtes ou sucos. Uma colher de chá por dia durante o café da manhã.

Imagens cortesia de Sebastian Freire, Congreso de la República, takatu marui.

  • Sifuentes-Penagos, G., León-Vásquez, S., & Paucar-Menacho, L. M. (2015). Study of Maca (Lepidium meyenii Walp.), Andean crop with therapeutic properties. Scientia Agropecuaria. https://doi.org/10.17268/sci.agropecu.2015.02.06