Por que os bebês babam tanto?

28 Setembro, 2020
Algumas mães se perguntam por que os bebês babam tanto. A verdade é que eles fazem isso porque ainda não desenvolveram suficientemente as habilidades de deglutição. Somente em pouquíssimos casos este comportamento pode ser associado a um problema de saúde.

Muitas mães se perguntam por que os bebês babam tanto. A verdade é que não há com o que se preocupar. Isso começa a acontecer por volta dos dois meses de idade e é completamente normal. Os babadores não foram inventados à toa.

Às vezes, pode causar alguma preocupação que a criança molhe as mãos, ombros, lençóis e quase tudo à sua volta com saliva. É comum vê-la com saliva caindo da boca e até fazendo bolhas com ela.

Entretanto, não há razão para quebrar a cabeça pensando em por que os bebês babam tanto. Existem causas inteiramente naturais que explicam esse fato. O importante é mantê-los bem protegidos com um babador, especialmente em dias frios.

Por que os bebês babam?

Bebê sorrindo com a sua mãe
A baba nos bebês costuma ser completamente normal. Pode obedecer às próprias etapas do desenvolvimento, como aprender a engolir, ou pode ocorrer devido à dentição.

Logo após o nascimento, os bebês não babam tanto. Isso ocorre porque, inicialmente, seu corpo não produz muita saliva. Com o passar do tempo, entretanto, essa produção aumenta. Mais ou menos em torno de dez semanas de vida, eles já estão babando o tempo todo.

O ponto é que, para impedir que a saliva saia da boca, é necessário controle sobre os lábios e a língua, coisa que, nos primeiros meses de vida, os bebês ainda não têm. Outra pergunta frequente é: por que os bebês não controlam a saliva, mas o leite não sai da boca quando se alimentam?

O motivo é muito simples. Os bebês usam os músculos da boca para se alimentar com um movimento de sucção. Ele é seguido pela deglutição, automaticamente. Entretanto, a saliva é produzida na boca sem que eles percebam, e permanece lá até transbordar.

Descubra: Primeira visita da criança ao dentista

Por que os bebês babam tanto?

Os bebês produzem mais saliva do que os adultos e a expulsam da boca porque não aprenderam a engolir. Um adulto engole saliva a cada quatro a seis minutos quando acordado e a cada sete a oito minutos quando dorme. O bebê faz isso com muito menos frequência, e é por isso que baba mais.

Há outras razões pelas quais os bebês babam. Uma delas é a dentição. A partir do terceiro mês de vida, os movimentos começam nas gengivas para promover o surgimento dos primeiros dentes. Isso causa irritação e desconforto. A saliva, neste caso, atua como um lubrificante.

A saliva contém enzimas que previnem infecções durante o processo de dentição. Assim, os bebês babam mais toda vez que um dente sai. Da mesma forma, quando a criança começa a receber alimentação complementar, as papilas gustativas secretam mais saliva.

Nesse caso, a saliva cumpre a função de contribuir para decompor e misturar os alimentos, pois o bebê ainda não pode mastigar. Assim, a saliva contribui para a formação do bolo alimentar, que deve chegar ao estômago.

Até quando o bebê vai babar?

Bebê se bruços em tapete
Não se sabe exatamente quando o bebê para de babar excessivamente. No entanto, esse comportamento se reduz significativamente após os 18 meses de vida.

Como geralmente acontece, não há uma resposta única para certas questões. Tudo vai depender de cada caso. No entanto, é comum que, aos 12 meses, eles tenham desenvolvido um maior controle sobre isso e a saliva seja vista na boca com menos frequência.

Outro momento importante para a redução da baba é a partir dos 18 meses. Essa é a idade em que o processo de dentição costuma terminar. Isso faz com que uma quantidade muito menor de saliva seja produzida.

No entanto, isso não se aplica necessariamente a todos os casos. Cada bebê é diferente e é normal que um bebê babe até os 2 anos de idade ou até um pouco mais.

Leia também: Qual o material adequado para os estimuladores de gengiva?

Quando se preocupar?

Raramente as razões pelas quais os bebês babam têm a ver com problemas de saúde. Se a criança começa a comer mal e está babando, mesmo sem colocar as mãos na boca, é possível que algo esteja errado.

Isso poderia ser um sinal de que está com dor de garganta ou com feridas na boca, e é por isso que sente dor ao engolir sua própria saliva. Nesses casos, é bom olhar dentro da sua boquinha para ver se há algo anormal. Se a dificuldade em comer persistir e houver muita baba, é melhor levá-lo ao pediatra.

Se o bebê continuar babando após os três anos de idade, pode ser um sinal de que ele tem um problema com a deglutição. Também pode ser o sintoma de uma dificuldade psicológica que está prejudicando o seu desenvolvimento. Esses casos devem ser avaliados pelo pediatra.