Tudo sobre os distúrbios da deglutição

17 Abril, 2020
Os distúrbios da deglutição costumam se manifestar na forma de dor ou dificuldade ao engolir. Neste artigo, explicaremos tudo sobre eles.

Os distúrbios da deglutição são aqueles que alteram a passagem dos alimentos da boca para o estômago. Na realidade, eles são um conjunto de várias patologias, muito diferentes umas das outras, cujo fator comum é o seu envolvimento no processo de deglutição.

Esses distúrbios, além de terem origens heterogêneas, também podem apresentar sintomas variados. Em algumas ocasiões, é evidente que há uma dificuldade ao engolir. No entanto, outras vezes esse quadro é liderado por uma série de complicações decorrentes da incapacidade de se alimentar adequadamente, sem que a pessoa que sofre esteja ciente de ter um problema de deglutição.

Infelizmente, os distúrbios da deglutição são bastante comuns. Afetam principalmente pessoas idosaspodem levar a sérios problemas de saúde, como desnutrição ou desidratação. Neste artigo, explicaremos tudo que você precisa saber sobre eles.

Em que consiste a deglutição?

A deglutição é um processo complexo que envolve diferentes músculos da boca e da faringe, laringe e esôfago. O objetivo é passar os alimentos que comemos da boca para o estômago para, então, digeri-los.

Além dos músculos, diferentes nervos participam desse processo, permitindo que o movimento desses músculos seja coordenado. A deglutição é dividida em três fases: oral, faríngea e esofágica.

Primeiro, na fase oral, o alimento é mastigado. Isso permite que um bolo alimentar se forme na faringe. Uma vez lá, a segunda fase começa.

Mulher com dor de garganta

Na fase faríngea, a coordenação entre os músculos mencionados acima é especialmente importante. Por meio dela, a comida é impedida de passar para a laringe, pois isso causaria problemas respiratórios ou até asfixia. Até aqui, engolir é um ato voluntário.

A ação dos músculos faz com que o bolo alimentar chegue ao esôfago, após impedir que ele atravesse as vias aéreas ou retorne ao nariz. Uma vez na fase esofágica, o bolo atinge o estômago graças ao peristaltismo. Trata-se de uma série de contrações e relaxamentos musculares involuntários que fazem com que o alimento desça ao longo do trato digestivo.

O que acontece nos distúrbios da deglutição?

Como já mencionamos, os distúrbios da deglutição são uma série de patologias cuja única característica em comum é que afetam esse processo. Ou seja, eles podem ter origens diferentes e apresentar vários sintomas.

No entanto, a maioria dos distúrbios da deglutição causa disfagia, que é uma dificuldade para engolir. Assemelha-se à sensação de que a comida não passa ou para em algum lugar do pescoço. Estima-se que quase 15% das pessoas com mais de 50 anos apresentem disfagia. Além disso, este é um dos principais sintomas de um tumor no esôfago ou faringe. Portanto, é importante que um médico estude essa situação corretamente.

Os distúrbios da deglutição podem ocorrer com sintomas de insuficiência ou aspiração nasal, como tosse e asfixia. Em algumas ocasiões, o alimento que acaba de ser ingerido é imediatamente expulso.

Mulher sentindo dor ao engolir

Você pode se interessar: O que acontece quando a saliva é espessa?

Quais outros sintomas os distúrbios da deglutição causam?

Outro sinal que geralmente aparece com essas doenças é a dor ao engolirO termo médico usado para isso é odinofagia. Tende a aparecer quando ocorre uma lesão na faringe ou no esôfago, e é comum em certas infecções.

No entanto, é importante saber que nem todos os distúrbios da deglutição se manifestam de maneira sintomática. Como já mencionamos, às vezes a única mudança são as complicações derivadas da alteração desse processo.

Podem ocorrer complicações respiratórias, por exemplo, quando o bolo entra no sistema respiratório. Isso está associado a inúmeras infecções, como pneumonia, uma vez que os pulmões não estão preparados para isso.

Outra situação em que os distúrbios da deglutição não produzem a sintomatologia típica é quando afetam os pacientes de Parkinson, que têm um envolvimento particular do sistema digestivo, além de não serem capazes de expressar o sintoma com total clareza. Eles tendem a sofrer de desnutrição e desidratação por causa isso.

Você pode gostar de ler: Acalasia: diagnóstico e tratamento

Conclusão

Para qualquer tipo de problema que afete o processo de deglutição, é importante consultar um médico. As causas desses distúrbios são diversas e é essencial estabelecer um diagnóstico adequado.

  • Definición de deglución – Qué es, Significado y Concepto. (n.d.). Retrieved September 5, 2019, from https://definicion.de/deglucion/
  • Lacau St Guily, J., Périé, S., Bruel, M., Roubeau, B., Susini, B., & Gaillard, C. (2005). Trastornos de la deglución del adulto. Diagnóstico y tratamiento. EMC – Otorrinolaringología, 34(3), 1–19. https://doi.org/10.1016/S1632-3475(05)44288-5
  • Ponce, M., Garrigues, V., Ortiz, V., & Ponce, J. (2007). Trastornos de la deglución: un reto para el gastroenterólogo. Gastroenterología y Hepatología, 30(8), 487–497. https://doi.org/10.1157/13110504
  • Trastornos de la deglución : National Institute of Neurological Disorders and Stroke (NINDS). (n.d.). Retrieved September 5, 2019, from https://espanol.ninds.nih.gov/trastornos/trastornos_de_la_deglucion.htm