Por que o cabelo cai?

08 Janeiro, 2020
É normal notar que o cabelo cai diariamente. Da mesma forma, o cabelo perdido, é constantemente renovado e um equilíbrio é estabelecido. No entanto, quando a perda é contínua e não há renovação dos cabelos, o assunto pode exigir tratamento especial.
 

Às vezes, os motivos da queda de cabelo não são relevantes, mas, outras vezes, isso pode ser um sinal de que algo está errado com o organismo. Normalmente, perdemos entre 50 e 100 cabelos por dia. Por sua vez, diariamente, novos cabelos também estão nascendo, o que equilibra essa perda.

O mais preocupante é quando você perde cabelo, mas não o renova. Esses processos geralmente ocorrem muito lentamente e, portanto, geralmente não são visíveis em seus estágios iniciais. Se houver dúvidas, é melhor comparar a aparência atual com as fotografias dos anos anteriores.

De qualquer forma, os motivos da queda de cabelo são muitos. A seguir, expomos as principais causas pelas quais isso acontece.

Por que o cabelo cai? Alopecia androgênica

A alopecia androgenética é um dos motivos da queda de cabelo

Na alopecia androgênica ou androgenética, dois fatores são combinados:

  • Desequilíbrio andrógeno, que são hormônios masculinos, mas estão presentes tanto em homens como em mulheres. Atualmente, existem tratamentos para controlar o fator hormonal.
  • Fator hereditário: se houver histórico de perda de cabelo na família de uma pessoa, é altamente provável que essa característica seja herdada. Atualmente, não há tratamento ou controle sobre o fator genético.
 

Eflúvio telógeno agudo

Este é um dos motivos da queda de cabelo mais frequente. Ocorre dois ou três meses após o organismo ter sido submetido a estresse intenso, doença prolongada, infecção grave, cirurgia, etc.

Também ocorre quando há alterações hormonais, como as causadas pela gravidez, por exemplo. Requer um estudo analítico para determinar a causa e é tratável.

Alopecia areata

Na alopecia areata, o cabelo cai como resultado de uma reação autoimune. Isso significa que o cabelo é atacado por nossas próprias defesas. Às vezes, isso também afeta as sobrancelhas, cílios e pelos do corpo todo. Às vezes, leva à calvície total.

Atualmente, existem vários tratamentos para essa forma de alopecia. É necessária uma avaliação para descartar a presença de doenças autoimunes concomitantes.

Alopecia cicatricial

A alopecia cicatricial é um produto de outras doenças, como lúpus eritematoso, líquen plano pilar, celulite dissecante, foliculite e dermatose pustulosa erosiva. Uma modalidade especialmente agressiva da alopecia cicatricial é a alopecia fibrosante frontal, na qual também há perda de sobrancelhas.

Normalmente, é necessária uma biópsia de pele para estabelecer o diagnóstico, que deve ser realizado o mais cedo possível.

Efeito colateral de uma droga

Perda de cabelo pela escova
 

Existem vários medicamentos que afetam a perda de cabelo. Alguns deles são aqueles que contêm lítio, betabloqueadores, anfetaminas, varfarina, heparina e levodopa.

Também ocorre com alguns medicamentos utilizados para controle da pressão arterial e depressão, bem como com os usados ​​na quimioterapia para o câncer. Geralmente, o cabelo para de cair ao suprimir esses medicamentos.

Infecção fúngica do couro cabeludo

Existem vários problemas no couro cabeludo que são motivos da queda de cabelo. Os mais agressivos são as infecções fúngicas, que causam perda de cabelo por partes ou manchas, gerando áreas calvas na superfície do couro cabeludo e descamação.

Leia também: 10 dicas para fortalecer o couro cabeludo naturalmente

Estresse crônico

Uma das causas frequentes de perda de cabelo é o estresse. Isso ocorre porque o fluxo sanguíneo normal no couro cabeludo é afetado e isso leva ao enfraquecimento e queda do cabelo. O positivo é que basta superar esses estados de angústia, por meio de terapia ou de alguma técnica de relaxamento, e o cabelo volta a crescer normalmente.

Quais são os motivos da queda de cabelo?

Cuidados incorretos

Outro dos motivos da queda de cabelo é a falta de higiene ou práticas nocivas de beleza. Alguns xampus ou fixadores são muito fortes e causam enfraquecimento do couro cabeludo. O uso frequente do secador, chapinha ou cacheador também pode danificar a saúde dos cabelos, bem como a aplicação usual de tinturas.

 

Outras condições de saúde

A perda de cabelo é comum em pessoas com problemas de tireoide, bem como naquelas que sofrem de diabetes ou passam pela menopausa. Da mesma forma, a psoríase e a dermatite seborreica incidem significativamente na perda de cabelo.

Por outro lado, também é um sintoma comum em quem tem anemia ou sofre de avitaminose. É importante restaurar a vitamina C para que o ferro possa ser absorvido e, assim, aumentar a produção de colágeno. Também é necessário consumir alimentos ricos em vitamina B.

Isso também pode interessar você: Avitaminose: a carência de vitaminas

Outros motivos da queda de cabelo

Muitas vezes, o cabelo cai por causas que não são bem conhecidas. Por exemplo, dietas rigorosas, que levam à perda de muito peso em pouco tempo, geralmente resultam em queda de cabelo. Mudanças drásticas na temperatura também podem ter esse efeito. Portanto, é aconselhável cobrir a cabeça quando estamos expostos ao sol.

 
  • Pellús, M. P. (2017). Caida del cabello:: causas y prevención. El farmacéutico: profesión y cultura, (552), 22-26.
  • Strumia, R. (2016). Alopecia. In Dermatological Cryosurgery and Cryotherapy. https://doi.org/10.1007/978-1-4471-6765-5_63
  • Gordon, K., Gordon, K., & Tosti, A. (2011). Alopecia: evaluation and treatment. Clinical, Cosmetic and Investigational Dermatology. https://doi.org/10.2147/ccid.s10182