Por que é importante continuar treinando no Natal?

O treinamento físico durante o Natal traz muitos benefícios para a saúde física e mental. Além de contribuir para o equilíbrio calórico, ajuda a controlar o estresse dessas datas.
Por que é importante continuar treinando no Natal?

Última atualização: 24 dezembro, 2021

Na época do Natal, tendemos a ficar mais ocupados e também a ser mais tolerantes com nossos hábitos de vida, especialmente quando se trata de comer e fazer exercícios. Por isso, é importante continuar treinando durante o Natal.

A prática de exercícios físicos nessas datas é decisiva para, de certa forma, dissipar os excessos que costumamos ter com a alimentação. Além disso, entre outras coisas, contribui para manter o bem-estar geral. A seguir, trataremos esse assunto em detalhes.

Por que devo continuar treinando no Natal?

Continuar a treinar no Natal vai ajudar-nos, por um lado, a não perder parte do que ganhamos em massa muscular, força, agilidade ou flexibilidade, dependendo dos nossos objetivos.

Por outro lado, nos permite queimar parte das calorias extras que provavelmente consumiremos. É até uma forma de estar atento às coisas que bebemos.

Benefícios de continuar treinando durante o Natal

Levando em consideração o exposto, a seguir detalhamos quais são os principais benefícios de continuar a treinar durante o Natal.

Você mantém o hábito

Os hábitos são geralmente difíceis de estabelecer e manter. Leva tempo e perseverança. No entanto, eles são muito fáceis de perder. Se pararmos de nos exercitar durante esses dias, pode levar muito tempo para recuperar o hábito.

Maior eficiência na atividade metabólica

Um dos grandes benefícios do exercício é que ele ativa a atividade metabólica. Ou seja, não queimamos apenas calorias durante o treino, mas também depois, mesmo em repouso. É uma grande ajuda para emagrecer e para queimar as calorias em excesso ingeridas durante as celebrações.

Ajuda a aliviar o estresse do Natal

Benefícios de continuar treinando durante o Natal
Treinar durante o Natal não só permite que você esteja em forma, mas também reduz o estresse dessas datas.

O Natal pode causar stress e ansiedade por vários motivos, tanto para quem adora estes dias como para quem não gosta. Continuar a treinar durante o Natal ajuda a libertar esta tensão e, de fato, aumenta a sensação de bem-estar.

A prática de exercícios, conforme expõe este estudo publicado no Brain Blast Journal, estimula a liberação de serotonina e endorfinas, conhecidas como hormônios da felicidade.

Dicas para continuar treinando durante o Natal

As rotinas mudam quase inevitavelmente na época do Natal. As viagens, deslocações para a casa de outros familiares ou festas dificultam o acompanhamento do seu ritmo habitual de vida. Mesmo assim, existem algumas estratégias para manter os treinos durante o Natal. Nós os detalhamos abaixo.

Faça 30 minutos de exercícios cardiovasculares

A prática de exercícios cardiovasculares é uma forma de treinamento que nos permite permanecer ativos e potencializar a queima de calorias. O melhor de tudo é que você não precisa ter máquinas especiais ou ir a um local específico para praticar. Pode ser desenvolvido tanto ao ar livre, em casa ou em academias.

Algumas opções interessantes são:

  • Andar de bicicleta.
  • Caminhada rápida ou corrida.
  • Pular corda.
  • Boxe.
  • Exercícios cardiovasculares em rotinas de treinamento intervalado de alta intensidade (HIIT).

Treinamento de força pelo menos três vezes por semana

Você não precisa usar máquinas para fazer o treinamento de força. Basta usar o seu próprio peso corporal para fazer alguns exercícios que lhe permitem trabalhar todo o corpo. Com uma rotina de 10 a 20 minutos é possível manter o corpo em forma e cuidar da massa muscular.

Algumas opções são as seguintes:

  • Agachamentos.
  • Estocadas.
  • Flexão de Braço.
  • Burpees.
  • Abdominais.
  • Trabalhar as panturrilhas.

Fazer alongamentos

Os exercícios de alongamento não devem faltar na nossa rotina de treinos durante o Natal. São ideais para mobilizar as articulações e ativar a circulação, principalmente depois de muito tempo sentado ou na mesma posição. Além disso, ajudam a preparar o corpo para outras atividades fisicamente mais exigentes. Algumas maneiras dinâmicas de fazê-los são por meio de rotinas como ioga ou Pilates.

Evite alimentos e bebidas em excesso

Evite alimentos e bebidas em excesso
Os pratos especiais de Natal podem ser consumidos sem problema, desde que o seu consumo seja moderado.

É verdade que os alimentos especiais abundam na época do Natal. Mesmo assim, é importante ter autocontrole e tentar comer apenas o necessário. O excesso de comida afeta o peso corporal e pode causar desconforto digestivo. O mesmo acontece com as bebidas alcoólicas, que também têm outros efeitos nocivos.

Exercício com companhia

Treinar com alguém é sempre mais fácil para manter o hábito e atingir os objetivos. Não precisa ser pessoalmente. Podemos encontrar alguém em um horário específico e compartilhar um treinamento via teleconferência ou streaming, por exemplo.

O essencial é que essa pessoa também esteja comprometida em manter o hábito e tenha força de vontade suficiente para se tornar um suporte e não um problema.

No Natal podemos continuar treinando

Que o Natal não seja uma desculpa para deixar de lado nossos hábitos saudáveis. Tanto o exercício físico quanto uma boa alimentação permitem que você viva essas datas sem comprometer a saúde.

Claro, não se trata de se privar de celebrações e pratos especiais. Você só precisa passar um pouco de tempo treinando e comer moderadamente.

This might interest you...
Cacto de Natal ou flor de maio: tudo o que você precisa saber para cuidar dela
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Cacto de Natal ou flor de maio: tudo o que você precisa saber para cuidar dela

O cacto de Natal ou flor de maio é uma boa opção para decorar a casa, mas há algumas coisas que você precisa saber sobre seus cuidados. Descubra!



  • Basso JC, Suzuki WA. The Effects of Acute Exercise on Mood, Cognition, Neurophysiology, and Neurochemical Pathways: A Review. Brain Plast. 2017;2(2):127-152. Published 2017 Mar 28. doi:10.3233/BPL-160040
  • Böning D, Maassen N, Steinach M. The efficiency of muscular exercise. Deutsche Zeitschrift für Sportmedizin. 2017;2017(09):203-214.
  • Amati F, Dubé J, Shay C, Goodpaster B. Separate and combined effects of exercise training and weight loss on exercise efficiency and substrate oxidation. Journal of Applied Physiology. 2008;105(3):825-831.
  • De Feo P, Di Loreto C, Lucidi P, Murdolo G, Parlanti N, De Cicco A et al. Metabolic response to exercise. Journal of Endocrinological Investigation. 2003;26(9):851-854.
  • Nystoriak MA, Bhatnagar A. Cardiovascular Effects and Benefits of Exercise. Front Cardiovasc Med. 2018;5:135. Published 2018 Sep 28. doi:10.3389/fcvm.2018.00135