Pele flácida depois de perder peso? 7 dicas para reafirmá-la

· 30 de dezembro de 2017
Para evitar a pele flácida depois de perder peso é fundamental adotar uma rotina de exercícios destinados a tonificar e combiná-la com uma dieta adequada que favoreça a reparação da pele

O aparecimento da pele flácida depois de perder peso é um acontecimento frequente, quando sofremos uma perda de peso muito rápida, e não damos tempo para que a epiderme se adapte à nova forma do corpo.

Queiramos ou não, é algo que costuma ocorrer com frequência e que costuma ser evidente na zona dos braços e do abdômen.

Quando queremos perder quilos, devemos evitar antes de tudo dietas muito restritivas e favorecer uma perda de gordura corporal de forma saudável, com exercícios, uma alimentação balanceada e, mais importante, sem pressa.

Seja pela razão que for, você tiver excesso de pele flácida e não quiser se submeter a nenhuma intervenção cirúrgica, cabe dizer que existem boas alternativas.

Podemos reafirmar a pele, graças a adequadas estratégias. No entanto, devemos mentalizar duas coisas: teremos que fazer exercício e nos alimentar muito melhor.

1. Consumir proteínas adequadas

Alimentos que ajudam a reafirmar a pele flácida

Para reafirmar o músculo e tensionar a pele, precisamos nutrir estes tecidos, e o melhor nutriente que podemos oferecer é proteína, seja vegetal ou animal.

No entanto, é importante optar por “proteína magra“, ou seja, a mais saudável e a que, por outro lado, favorecerá o endurecimento da pele flácida de forma saudável.

Estas seriam as melhores opções:

  • Salmão
  • Peito de frango ou de peru
  • Ovos
  • Aveia
  • Espinafre

Descubra 7 conselhos para não ganhar peso depois da menopausa

2. Beber muita água

Não se trata de beber de forma obrigatória 2 litros de água ou mais. Trata-se simplesmente de se manter hidratado.

  • Algo tão simples como beber um golinho de água a cada meia hora é o melhor que podemos fazer.
  • Se beber água for chato para você, sempre existem outras opções igualmente saudáveis como as infusões ou até mesmo água combinada com alguma fruta.

Manter-nos hidratados é essencial para favorecer a reparação da pele.

3. Pular corda

Pular corda ajuda a reafirmar a pele flácida

Como indicávamos no início: para vencer a pele flácida depois de emagrecer devemos praticar exercício. Agora, não se trata de um exercício qualquer: precisamos de rotinas de alto impacto que ajudem a fortalecer o músculo.

  • O ideal, e para não levar nosso corpo a limites nada saudável aos quais não estamos acostumados, o melhor é começar pouco a pouco.
  • Podemos pular corda em sessões de 15 minutos, duas vezes por dia. Serão, isso sim, sessões de alta intensidade.

4. Infusão de canela com mel

A canela com mel é um remédio sensacional para acelerar nosso metabolismo, nutrir o músculo e fortalecer nossa pele.

  • Um modo muito bom de começar o dia é preparar uma simples infusão de canela com um pouco de mel.
  • Procure usar mel de produção orgânica, ou seja, onde não tenha excesso de açúcar.

Beba este tradicional remédio em jejum. Ajudará no seu propósito de reafirmar a pele flácida.

5. Aloe vera

Aloe vera serve para reafirmar a pele flácida

Todos conhecem as virtudes do aloe vera. Na verdade, não deixam de descobrir mais benefícios desta planta medicinal que a natureza nos deu de presente, para favorecer nosso bem-estar.

  • No entanto, você sabia que é ideal para tratar a pele flácida depois de emagrecer? O aloe vera é um dos melhores hidratantes e reparadores da pele ferida e com estrias.
  • Seus princípios ativos, seus antioxidantes, vitaminas e minerais tratam estas zonas mais críticas como a área do abdômen, os braços, etc.

6. Exercícios de pesos para tratar a pele flácida depois de emagrecer

O exercício continuado é essencial para reafirmar a pele flácida.

É necessário, por outro lado, colocar vontade e estabelecer um horário para realizar, de forma exclusiva, as rotinas para trabalhar o tônus muscular e reforçar os tecidos conectores da pele, para que possam se adaptar ao novo peso.

Assim, um dos exercícios que mais podem ajudar são os pesos. Se procurarmos uma academia, os instrutores nos indicarão como trabalhar as áreas mais críticas sem nos machucar, sem botar peso em excesso em nossas articulações.

Se decidirmos usar pesos em casa, faça com cuidado, medindo os limites e tentando trabalhar não só os braços, como também o abdômen combinando o levantamento dos pesos com outros exercícios.

Mulher reafirmado a pele flácida das pernas

7. Alimentos que nos ajudam a produzir colágeno e elastina

Para “reparar” a pele flácida depois de emagrecer precisamos consumir nutrientes adequados para que a pele recupere não só sua firmeza, como também sua elasticidade.

Devemos, portanto, consumir alimentos que nos ajudem a sintetizar colágeno e elastina, dois elementos indispensáveis para a saúde da pele.

Estas seriam algumas propostas que deveríamos incluir em nossa dieta:

  • Tofu
  • Soja
  • Feijão
  • Cenoura
  • Melão
  • Salmão
  • Iogurte
  • Nozes
  • Couve
  • Rúcula

Par concluir, é importante se lembrar mais uma vez de que na hora de perder peso, devemos fazê-lo com saúde, sem pressa e sem recorrer a dietas restritivas que geram quase sempre efeitos secundários pouco desejados.

A pele flácida costuma ser uma dessas consequências. No entanto, com estes conselhos, constância e vontade podemos, pouco a pouco, recuperar a firmeza e sua elasticidade.