O que é vitamina A?

29 de dezembro de 2019
A vitamina A é encontrada em alguns alimentos, como peixe, leite e vegetais cor de laranja. Ajuda a que tenhamos uma boa visão, um sistema imunológico forte e uma pele mais saudável. Descubra mais benefícios e todas as suas fontes.

A vitamina A e seus benefícios são encontrados naturalmente em alguns alimentos. É uma vitamina lipossolúvel e vem na forma de retinol em produtos de origem animal e na forma de provitamina A em vegetais. Como todas as vitaminas, precisamos em pequenas quantidades para nos manter saudáveis ​​e, portanto, é necessário ingeri-la diariamente. Para que serve?

Vitamina A e seus benefícios e funções

A vitamina A é necessária para desenvolver diferentes funções em nosso corpo. Por esse motivo, tem efeitos variados em diversos sistemas. A seguir damos os detalhes.

Vitamina A e seus benefícios para o sistema imunológico

Inicialmente, era conhecida como vitamina “anti-infecções”, pois é essencial para o funcionamento normal do sistema imunológico. Previne infecções, principalmente do sistema respiratório, como por exemplo, infecções na garganta, faringite, sinusite, bronquite, etc.

Vitamina A e seus benefícios para o sistema imunológico

Reprodução e desenvolvimento

A vitamina A tem um papel importante no desenvolvimento embrionário. Essa é uma das funções mais antigas conhecidas. Um déficit de vitamina A durante a gravidez pode causar problemas na formação do trato urinário, no diafragma ou nos rins dos embriões.

Além disso, estudos científicos revelam que é necessária tanto para a reprodução masculina como feminina.

Proteção ocular

É a vitamina da visão por excelência. Níveis adequados de vitamina A permitem que a luz seja convertida em sinais elétricos interpretáveis ​​pelo cérebro. Também melhora a visão e evita a cegueira noturna (problemas para enxergar bem em condições de pouca luz).

Além disso, graças ao seu efeito antioxidante, ajuda a prevenir algumas doenças oculares: presbiopia, degeneração macular, catarata, glaucoma, hipermetropia, miopia ou descolamento de retina.

Leia mais: Avitaminose: a carência de vitaminas

Vitamina A e seus benefícios antioxidantes

É um ótimo antioxidante. Como tal, tem a capacidade de impedir o desenvolvimento de algumas doenças degenerativas, como Alzheimer, doenças coronárias e pulmonares crônicas. Também poderia oferecer proteção contra o desenvolvimento de outras doenças não transmissíveis, como o câncer.

Pele e mucosas

Participa na manutenção da pele e membranas mucosas; com o que se torna um protetor perfeito desses tecidos (principalmente os do aparelho digestivo e respiratório). Além disso, é necessária para uma boa reparação tecidual, sendo um bom remédio na cicatrização de feridas no trato digestivo, como úlceras ou divertículos.

Há algum tempo, muitos produtos cosméticos têm incorporado a vitamina A como um ingrediente adicional. Seus efeitos positivos no tratamento da acne, redução de rugas e prevenção do envelhecimento da pele são conhecidos.

Uso da vitamina A em cosméticos

Onde obtemos vitamina A e seus benefícios?

Já vimos que nosso corpo precisa dessa vitamina para exercer funções importantes. Os seres humanos não temos a capacidade de sintetizá-la e, portanto, devemos ingeri-la com alimentos. Neles, encontramos duas formas diferentes: vitamina A pré-formada e provitamina A.

Vitamina A pré-formada

Presente em alimentos de origem animal. É altamente absorvível, facilmente armazenada e o corpo o hidrolisa para formar retinol. Dentro deste grupo, destacam-se:

  • O fígado bovino.
  • Óleo de fígado de bacalhau.
  • Ovos (na gema).
  • Manteiga e leite integral.
  • Alguns peixes, como sardinha, arenque, cavala, atum ou salmão.

Provitamina A ou precursores da vitamina A

Alguns carotenoides vegetais funcionam como precursores da vitamina A. É o caso dos betacarotenos, que são convertidos em retinol por uma ação enzimática no intestino.

Encontramos carotenoides principalmente em vegetais amarelos e de cor de laranja. Também em alguns verde escuros. Os pigmentos amarelo e laranja dos carotenoides ficam “escondidos” sob o verde escuro da clorofila. As melhores fontes de carotenos são:

  • Pimentão vermelho, batata doce, abóbora e cenoura.
  • Melão e manga. Pêssegos e nectarinas em quantidades menores.
  • Espinafre, brócolis, acelga, couve.

Para absorvê-los melhor, devemos cozinhar os legumes e temperá-los com um pouco de azeite de oliva.

Frutas e vegetais são fonte de vitaminas

Déficit e efeitos na saúde

A deficiência de vitamina A é geralmente causada por uma dieta pobre por um longo tempo. Não é comum em países desenvolvidos, mas pode aparecer em alguns países da África e do Sudeste Asiático, onde os alimentos ricos em vitamina A são escassos.

Apesar de que alguns distúrbios que afetem a absorção de gorduras no intestino também possam aumentar o risco de déficit. Estamos falando de diarreia crônica, doença celíaca, alguns problemas pancreáticos ou obstrução do ducto biliar.

Alguns dos sinais de deficiência de vitamina A são:

  • Pele muito seca, com erupções cutâneas, escamas ou rugas habituais.
  • Unhas quebradiças.
  • Falta de visão, cegueira noturna, olhos muito secos devido à falta de lacrimejamento.
  • Inapetência e falta de olfato.
  • Infecções frequentes.

O diagnóstico é baseado em uma avaliação dos sintomas e em um exame de sangue. Inicialmente, é necessário um suplemento para compensar a falta dessa vitamina, mas sempre recomendamos seguir as instruções e os conselhos do nosso médico ou especialista, que serão adaptados a cada caso específico.

Mais informações? Então leia: Vitamina antiestresse deliciosa que fará você se sentir melhor

Cuidado com o excesso

Entretanto, o excesso de vitamina A pode se tornar tóxico. Essa é uma condição conhecida como hipervitaminose A. Estima-se que possa ser considerada perigosa com um consumo 10 vezes maior que as doses diárias recomendadas.

Geralmente, é difícil alcançar quantidades problemáticas através dos alimentos. Assim, por exemplo, as intoxicações ocorrem ao tomar suplementos de vitamina A. Portanto, é recomendável seguir sempre os conselhos dos profissionais de saúde.

Um consumo muito alto de vegetais ricos em provitamina A geralmente não causa problemas de toxicidade. O corpo absorve o que precisa e elimina o excesso. Embora grandes quantidades de betacaroteno possam causar uma coloração alaranjada da pele.

Sem dúvida alguma, no outono, é fácil encher o prato com vegetais verdes, cor de laranja e amarelos. E se adicionarmos leite, peixe e ovos teremos comida suficiente para contar com vitamina A e seus benefícios.

Então, não se esqueça de adicionar as frutas e vegetais que indicamos. Assim, poderá desfrutar da vitamina A e seus benefícios.

  • Al-Tanoury Z et al. Vitamin A and retinoid signaling: genomic and non genomic effects. Journal Lipid Research. Julio 2013. 54(7): 1761-1775.
  • Clagget-Dame M, Knutson D. Vitamin A in reprodcution and development. Nutrients. Abril 2011. 3(4): 385-428.
  • Highdon J. LA vitamina A. Instituto Linus Pauling. Universidad de Oregon. Año 2000.
  • Okreglicka K, et al. The effect of the selected vitamins , minerals and antioxidants on age-related macular degeneration. Pol Merkur Lekarski Journal. Julio 2019. 29;47 (277) 35-39.