O que é a dieta cetogênica?

A dieta cetogênica reduz o consumo de carboidratos para promover a queima de gordura. Ela nos fornece energia, é saciante e nos ajuda a cuidar da saúde de nossos órgãos internos.

Perder peso é ganhar saúde. Esta premissa se tornou o mantra daqueles que apostam em melhorar sua qualidade de vida. A dieta cetogênica está entre as muitas opções possíveis quando você está procurando uma metodologia de sucesso.

É uma opção nutricional onde as proporções de carboidratos são reduzidas consideravelmente. Qual é o objetivo? Promover a oxidação da gordura, tornando o corpo uma máquina eficaz para queimá-la.

Em paralelo a esse processo, está a formação de corpos cetônicos que são gerados quando você come poucos carboidratos e quantidades moderadas de proteínas e gorduras boas.

As cetonas são usadas pelo organismo como combustível alternativo quando há pouco açúcar no sangue.

A dieta cetogênica produz mais energia

A dieta cetogênica é ideal para a perda de peso. Com esta prática, os níveis de insulina são reduzidos e a gordura se torna o principal motor energético do corpo.

Desta forma, seus depósitos de gordura se tornam mais vulneráveis ​​e perder peso não será mais uma tarefa impossível.

O fígado tem uma função importante nesse processo. Na verdade, ele é responsável por transformar a gordura nos corpos cetônicos, que alimentam seus músculos, coração e cérebro.

Com essa estratégia, você ficará mais satisfeito, sentirá menos fome e conseguirá uma maior oferta de energia durante o dia. Em essência, você deve comer mais gordura e menos carboidratos.

Mais verduras e legumes

Vegetais

Essa dieta age como um interruptor, porque gera muitas mudanças internas e externas. Se a premissa é comer menos carboidratos, aqueles que você for consumir devem vir de verduras e legumes.

A norma indica que você só pode ingerir menos de 50 gramas de carboidratos por dia, ou seja, cerca de 100 gramas de pão.

Portanto, você precisará descartar as farinhas, alguns legumes, açúcares refinados, tubérculos e frutas.

As calorias devem estar concentradas no conjunto de proteínas e gorduras boas, como o azeite, nozes e abacate. Abra caminho para os peixes, carnes magras e frango.

Vantagens da dieta cetogênica

O corpo vai agradecer se você colocar essa dieta em prática. Os benefícios que ela traz ao organismo são diversos:

1. Você vai controlar o apetite

Mulher sem apetite

Este é um efeito que todas as dietas com redução do consumo de carboidrato proporcionam.

Ao aumentar as proteínas e as gorduras saudáveis ​​no cardápio do dia, o apetite é reduzido porque você fica mais saciado com as refeições, então acaba consumindo menos calorias e perdendo peso.

2. Você vai perder peso mais facilmente

Quanto menos carboidratos, menos peso. Com a dieta cetogênica, você pode perder peso duas ou três vezes mais do que quando decide consumir menos gordura. Além disso, você pode manter seu peso ideal por mais tempo.

3. Você vai acabar com a gordura corporal

Quando falamos de gordura, não nos referimos apenas ao que é refletido no espelho, mas à gordura que envolve cada órgão.

Ela é conhecida como gordura visceral e é mais perigosa que a gordura corporal, pois é um dos principais fatores que provocam a síndrome metabólica.

4. Adeus às doenças cardíacas

Corpo de pessoa acima do peso

Com a dieta cetogênica, os níveis de colesterol melhoram, e há uma maior porcentagem de colesterol bom “HDL”.

Os níveis de triglicerídeos diminuem e a pressão arterial também se reduz. Desta forma, as chances de sofrer de doenças cardiovasculares são reduzidas.

5. Equilibra a insulina e combate a diabetes

Com esta dieta, há um maior controle da quantidade de glicose no sangue, graças ao fato de que ela gera uma maior sensibilidade à insulina.

Por outro lado, em pacientes diagnosticados com diabetes, este plano alimentar permite reduzir a medicação.

Desvantagens da dieta cetogênica

Alimentação equilibrada

Quando se trata de iniciar um plano de alimentação, é essencial rever as reações adversas que ele pode causar.

Embora existam múltiplas vantagens geradas pela dieta cetogênica, também há fatores que devem ser considerados antes de colocá-la em prática.

1. Menos vitaminas e minerais

Como a dieta é baseada em gorduras e proteínas, o baixo consumo de frutas e vegetais provoca baixos níveis de vitaminas, minerais e fibras que podem desencadear, entre outras coisas, a constipação.

2. Mau hálito ou halitose

Dada a diminuição de carboidratos na dieta e a geração de corpos cetônicos, o mau hálito pode aparecer, junto com a fadiga e o cansaço.

Gorduras para dieta

Fontes de gordura saudável

Neste plano, as gorduras desempenham um papel importante. Daí a importância de saber quais consumir e quais não.

É uma questão de saber como escolher, considerando que os produtos processados ​​sempre causam danos ao nosso corpo. Eles são divididos em três:

1. Gorduras muito boas

  • Peixe
  • Coco
  • Ovos
  • Ômega 3
  • Oleaginosas

2. Gorduras boas

  • Carnes magras
  • Manteiga
  • Leite
  • Queijo
  • Azeite de oliva
  • Pistache
  • Abacate

3. Gorduras ruins

  • Margarina
  • Óleos vegetais
  • Doces
  • Fritura

Em suma, a dieta cetogênica é uma das muitas opções que você pode considerar se planeja iniciar um novo plano de alimentação.

Há muitos benefícios que você terá e algumas desvantagens das quais você precisa estar ciente.

Leve sempre em consideração as observações de um especialista. O nutricionista deve ser o seu guia principal. Embora você já tenha essa informação em mente, converse com ele e tente definir o que é melhor para o seu corpo.

Recomendados para você