O que dizer para uma pessoa que está de luto

· 13 de novembro de 2016
Quando atravessamos um período de luto, não existe nenhuma frase nem palavra que nos conforte. Longe disso, algumas podem até mesmo nos fazer reagir de maneira negativa.

Quando estamos próximos à uma pessoa que está de luto, devemos ser muito cuidadosos com as palavras e com as formas de nos dirigirmos a ela.

É um momento sensível, as emoções estão à flor da pele e ter tato, nestes momentos, será algo imprescindível.

Por este motivo, hoje mostraremos algumas das coisas que devemos dizer para uma pessoa que está de luto e, também, aquelas que devemos silenciar.

Porque, em certas ocasiões, em nosso desejo de ajudar, fazemos tudo ao contrário.

Se precisar, faça a pessoa que está de luto chorar

pessoa que está de luto

O que falavam a você quando era pequeno e chorava? “Não chore”. O que lhe diziam quando estava triste? “Não fique triste”.

Tentar inibir as emoções não é positivo para ninguém e, menos ainda, se você o disser para uma pessoa que está de luto.

Você deve permitir que a pessoa expresse seus sentimentos se assim ela desejar. Jamais dê a entender que isso é algo que não se deve fazer e que tem que ser contido.

Nestes momentos, o melhor que podemos fazer é desafogar chorando, gritando ou expressando as emoções e sentimentos de qualquer outra maneira.

Descubra: Sabia que chorar é bom para a saúde? 

Se precisar, estarei aqui

Relacionado com a situação anterior, muitas pessoas costumam praticar a fuga. Como não estão gostando da situação, afastam-se dela.

Isso tampouco é positivo porque a pessoa que está de luto precisa de contato. Um abraço ou simplesmente alguém que fique ao seu lado.

Não é necessário falar, mesmo que saibamos que para muitos guardar silêncio é incômodo. No entanto, estar ali, ao lado da pessoa, para ela será algo necessário e fundamental.

Casal de luto segurando as mãos

Deste modo, se a pessoa quiser falar ou de repente chorar, saberá que tem alguém ao seu lado que gosta dela e a apoia.

Por isso nunca fuja, mesmo que se sinta mal e incomodado. Existem pessoas que acreditam que para superar o processo de luto, devem estar sozinhas. Isso não é verdade.

Nestes momentos, você precisa do outro mais do que nunca. 

Sei que quando estiver preparado, seguirá com sua vida

Por que gostamos tanto de mandar? Entre o “não chore” e o “agora você tem que olhar para frente”, não cessamos com nossa tentativa de dar ordem e “gerir” a vida da outra pessoa.

Não perca: O luto, o processo interno que ninguém está preparado 

Nestes momentos tão dolorosos, o que menos preocupa é o futuro. Olhar para frente e todas estas coisas, parecem agora uma inutilidade.

Não precisamos saber o que irá acontecer ou o que temos que fazer, porque já sabemos! Mas agora estamos apenas centrados em nossa dor.

Devemos permitir que a situação se resolva por si só. Você não é uma pessoa inútil, simplesmente está passando por um processo de luto que tem que ser superado.

Quando o fizer, já saberá como acreditar conveniente.

Mulher de luto no mar

Não sei com você se sente na realidade

Costumamos dizer a uma pessoa que está de luto ou passando por um mal momento a frase “sei como se sente”.

Não nos damos conta de que as palavras adequadas são “entendo que você se sente muito mal”porque esse “sei como se sente” pode provocar uma reação agressiva.

A pessoa que está de luto se encontra muito sensível e, talvez, você nunca tenha passado por uma situação semelhante.

Dizer esta frase pode favorecer a resposta de “Como você pode saber como me sinto? Nunca aconteceu nada assim com você”.

Sempre que pudermos, temos que evitar dizer esta frase e dar a entender que podemos simpatizar com ela até certo ponto. Que não podemos conhecer exatamente seu grau de dor, mas o entendemos.

O luto tem seu próprio momento, por isso devemos respeitá-lo em todos os seus sentidos, incluindo o tempo que demora em ser superado.

Tentar fingir que já o superamos ou pressionar alguém para que reduza seu tempo de luto é negativo.

Desenho de uma pessoa de luto

Pode durar semanas, meses, inclusive anos. Cada pessoa é diferente da outra.

Quantas vezes você já disse o que não deveria em um processo de luto? Quantas vezes você já pronunciou um “sei o que você está sentindo”? 

Agora você já sabe como pode ajudar da melhor maneira àquela pessoa que tanto precisa.