A cor e a forma das fezes falam sobre sua saúde

É necessário atenção diante de qualquer anomalia nas fezes, pois uma simples mudança de cor pode ser um sintoma de que algo está errado em seu corpo
A cor e a forma das fezes falam sobre sua saúde

Última atualização: 20 Fevereiro, 2021

As fezes devem ter uma cor marrom, não muito clara nem muito escura, considerada normal. Sua textura deve ser sólida, mas não de forma exagerada.

Para atingir essas características, é importante que as quatro fases do processo digestivo sejam cumpridas:

  • Ingestão: quando os alimentos entram no corpo.
  • Digestão: é o processo químico no qual o alimento é transformado em pequenas moléculas.
  • Absorção: as moléculas atravessam o trato digestivo para chegar ao sangue e são distribuídas nos órgãos.
  • Egestão: o corpo remove resíduos de alimentos que não foram digeridos.

A cor das fezes

A matéria fecal são as fezes que o trato digestivo expele através do reto. A maioria é composta de cerca de 75% de água, e o resto são bactérias de alimentos que não puderam ser digeridos e substâncias liberadas pelo intestino e pelo fígado.

Segundo os especialistas, “o exame das fezes tem indicação clínica nas diarreias crônicas, em processos que ocorrem com a insuficiência digestiva ou nos quais se busca o agente etiológico”, que pode ser um parasita, uma bactéria, etc.

Esverdeada

  • A razão pela qual os detritos obtêm essa cor é porque a bile não teve tempo para degradá-los.
  • O trânsito pelos intestinos e o cólon foi muito rápido.

Você pode estar comendo grandes quantidades de clorofila, encontradas em vegetais, suplementos de ferro ou corantes.

Leia também:  7 conselhos para uma boa digestão e um adequado trânsito intestinal

Amarelada

As fezes de cor amarelada podem ser causadas por vários fatores. Entre eles encontramos:

  • Uma condição conhecida como síndrome de Gilbert, que é um excesso de bilirrubina no sangue.
  • A bactéria Giardia também pode causar o tom amarelado.
  • Entre outras doenças, temos: hepatite e anomalias no fígado.
  • Na melhor das hipóteses, é uma simples irregularidade na absorção de nutrientes.

Vermelho-escura

Geralmente, essa tonalidade indica que há sangramento devido a úlceras, varizes ou gastrite no sistema digestivo. Pode estar no esôfago, no estômago e até mesmo no intestino delgado.

Em alguns casos, é apenas uma situação causada pela ingestão de alimentos com coloração forte, como tomates, beterraba ou mirtilos.

Marrom

A cor marrom é considerada completamente normal. É o tom que as fezes adquirem pelas substâncias que são secretadas pelo fígado.

Dependendo do que se come e da quantidade de substâncias secretadas pelo fígado, a cor será determinada. No entanto, enquanto estiver dentro do marrom e um pouco verde, não há nada com que se preocupar.

Escura

É aconselhável que, no caso de defecar fezes com tons escuros, você vá ao médico imediatamente.

  • Entre as possíveis causas está o sangramento do trato digestivo superior, que inclui as áreas entre o esôfago, o estômago ou o intestino delgado.
  • Outra causa é o acúmulo de sangue coagulado.
  • Em alguns casos, é apenas devido à ingestão de medicamentos como o ferro.

Branca

As fezes brancas ou com cores esbranquiçadas não são normais em nenhuma circunstância. Pode haver uma irregularidade no fígado ou na vesícula biliar.

As fezes brancas podem ser um sintoma de hepatite e cirrose, e os antiácidos são responsáveis pela secreção de substâncias que as branqueiam.

Cuidado com o que você come

  • Um dos nutrientes mais importantes para a digestão é a fibra que ajuda a combater a prisão de ventre, reduz os níveis de colesterol e previne o aparecimento de células cancerosas no cólon.
  • Mastigue os alimentos com calma. Muitas vezes, as atividades cotidianas nos traem, e não temos tempo de comer com tranquilidade. Isso pode acabar afetando a digestão, porque o estômago não poderá triturar em 100% os alimentos.
  • Evite consumir produtos que não sejam de origem vegetal ou animal. Corantes, aromatizantes e substâncias tóxicas não só alteram a cor das fezes, como também prejudicam a saúde.
  • Inclua probióticos em sua dieta. Os iogurtes e alguns suplementos contêm bactérias boas que ajudam a digestão e mantêm uma boa consistência das fezes.
Alimentos probióticos: alteração na cor e forma das fezes

Se você notar alterações nas fezes, consulte um médico

Em conclusão, a mudança na textura e na cor das fezes pode ter uma infinidade de causas. Quando detectada, é aconselhável procurar um especialista para descartar qualquer doença, seja leve ou grave. Como já vimos, em alguns casos se deve apenas aos corantes naturais e artificiais dos produtos que consumimos.

Não se assuste e aja preventivamente!

Pode interessar a você...

8 tipos de urina que podem indicar algo importante sobre a saúde
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
8 tipos de urina que podem indicar algo importante sobre a saúde

Neste artigo, iremos compartilhar informações sobre os 8 tipos de urina que você pode ter e o que cada um deles pode indicar sobre a saúde. Fique atento!

“]



  • Lewis, S. J., & Heaton, K. W. (1997). Stool form scale as a useful guide to intestinal transit time. Scandinavian Journal of Gastroenterology. https://doi.org/10.3109/00365529709011203
  • Vandeputte, D., Falony, G., Vieira-Silva, S., Tito, R. Y., Joossens, M., & Raes, J. (2016). Stool consistency is strongly associated with gut microbiota richness and composition, enterotypes and bacterial growth rates. Gut. https://doi.org/10.1136/gutjnl-2015-309618
  • Robertson, D. J., & Dominitz, J. A. (2014). Stool DNA and Colorectal-Cancer Screening. New England Journal of Medicine. https://doi.org/10.1056/NEJMe1400092