O papel do zinco no fortalecimento do sistema imunológico

O papel do zinco nas funções do sistema imunológico tem sido muito estudado nos últimos anos. Por esse motivo, atualmente seu consumo é recomendado para melhorar a resposta do organismo a agentes infecciosos.
O papel do zinco no fortalecimento do sistema imunológico

Última atualização: 12 Janeiro, 2021

O zinco é um dos minerais essenciais que contribuem para o fortalecimento do sistema imunológico. De modo geral, o papel do zinco é garantir uma nutrição adequada e crucial para o organismo responder aos agentes infecciosos

A esse respeito, um estudo publicado na revista Nutrients destaca que as vitaminas (como A, B6, B12, C, D e E) e os minerais (selênio, magnésio, ferro, zinco e cobre) complementam a ação do sistema imunológico.

O consumo insuficiente desses nutrientes é comum, o que causa uma maior incidência de infecções e suas respectivas consequências. Nesse caso em particular, veremos qual é o papel do zinco e como otimizar a sua ingestão.

O papel do zinco no fortalecimento do sistema imunológico

As infecções respiratórias agudas, como as epidemias sazonais de gripe e o recente surto do COVID-19, são uma causa frequente de morbidade e mortalidade a nível mundial.

A Organização Mundial da Saúde estima que a gripe sazonal causa de 3 a 5 milhões de casos de doenças graves que requerem hospitalização, e é responsável por altas taxas de mortes em todo o mundo.

Embora medidas de higiene e vacinas sejam ferramentas eficazes para proteger contra infecções, nem todas as doenças desse tipo possuem vacina. Esta última leva tempo para se desenvolver e, inclusive, pode levar muitos anos até que seu uso seja aprovado.

Por esse motivo, estratégias adicionais precisam ser adotadas para lidar com as epidemias infecciosas. Uma medida, por exemplo, é o uso de imunonutrientes para fortalecer o sistema imunológico. Hoje, vamos entender o papel do zinco, seus mecanismos de ação e suas fontes alimentares.

Paciente em hospital
A deficiência de alguns nutrientes, como o zinco, pode causar um enfraquecimento do sistema imunológico. Por isso, além dos tratamentos convencionais, é importante prestar atenção à nutrição.

Zinco: principais características

O papel do zinco no funcionamento do sistema imunológico é conhecido há muito tempo. A descoberta da timulina dependente de zinco, envolvida no desenvolvimento dos linfócitos T no timo, ocorreu há quatro décadas.

Esse oligoelemento é um componente integral de mais de 3.000 proteínas que desempenham um papel como enzimas e fatores de transcrição, que participam de vias de sinalização celular e processos de reparação e replicação do DNA.

Mecanismos da ação imunológica do zinco

Entre as múltiplas funções na transdução de sinais e proliferação celular que esse mineral exerce, não surpreende que desempenhe um papel importante na função imunológica.

Segundo o artigo publicado na revista Metabolomics, o zinco é necessário para a maturação e manutenção do equilíbrio das células T.

Por exemplo, observou-se que sua deficiência causa a diminuição da imunidade mediada por linfócitos Th1 e promove reações inflamatórias (caracterizadas pela secreção da interleucina 1β).

Fontes alimentares de zinco

Como já mencionado, o papel do zinco no fortalecimento do sistema imunológico foi estudado em várias ocasiões. Embora seja possível consumir esse mineral com base em suplementos exclusivos ou na forma de um polivitamínico, o ideal é consumi-lo naturalmente, através dos alimentos.

As principais fontes de zinco são as seguintes:

  • As ostras, que fornecem 76 mg por porção de 85 g de alimento.
  • Cereais fortificados, pois fornecem 15 mg por cada porção de 30 g.
  • Carne bovina, que contém 6,2 mg por cada 100 g de porção.
  • Frango, que fornece 2,7 mg por cada 100 g de porção.
  • Porco, cuja contribuição é de 2,9 mg por 100 g de porção. 
  • Frutos do mar. As amêijoas fornecem 21 mg por cada 100 g, enquanto as sardinhas fornecem 3 mg por cada 100 g.
  • Finalmente, as leguminosas são uma fonte modesta, mas importante. Elas contêm 1,8 mg de zinco por cada 170 g de porção.
Fontes de zinco
Embora seja possível obter zinco através de suplementos, é melhor ingeri-lo por meio de de fontes naturais.

Suplementação de zinco

É necessário o estabelecimento de recomendações nutricionais para cobrir o aporte de micronutrientes. Para começar, a ingestão de suplementos deve ser aprovada por autoridades como a Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA)

Especificamente, para apoiar o funcionamento ideal do sistema imunológico, recomenda-se uma ingestão de 8 a 11 mg de zinco por dia. Finalmente, é necessário enfatizar a importância de consumir alimentos de origem animal como a principal fonte de zinco. 

A importância de uma dieta adequada

Para finalizar, é necessário enfatizar a importância da manutenção de uma dieta adequada e variada para obter todas as vitaminas e minerais necessários para o bom funcionamento do corpo. De fato, deficiências de vários micronutrientes foram observadas em pessoas com sobrepeso e obesidade.

De acordo com um artigo publicado no Endocrine, Metabolic & Immune Disorders, uma das razões pelas quais o estado nutricional é pior em indivíduos com sobrepeso é o consumo de alimentos processados, que contêm muita gordura trans e açúcares simples.

Esses alimentos não apenas promovem o ganho de peso, mas são pobres em vitaminas e minerais. Consequentemente, consumi-los aumenta a probabilidade de contrair doenças infecciosas.

Por esse motivo, é primordial relembrar o papel do zinco e de outros nutrientes para fortalecer o sistema imunológico e apoiar sua função. Isso, acompanhado por medidas básicas de higiene, ajudará o organismo a estar preparado para possíveis agentes infecciosos.

Pode interessar a você...
Sistema imunológico enfraquecido. Como reconhecer?
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
Sistema imunológico enfraquecido. Como reconhecer?

A fadiga persistente, associada a resfriados e dores de garganta podem ser sintomas claros do enfraquecimento do sistema imunológico. Saiba como de...



    • World Health Organization Influenza (Seasonal). Available online: https://www.who.int/news-room/fact- sheets/detail/influenza-(seasonal) (accessed on 2 March 2020).Calder P, Carr A, Gombart A, Eggersdorfer M. Optimal
    • Nutritional Status for a Well-Functioning Immune System Is an Important Factor to Protect against Viral Infections. Nutrients. 2020;12(4):1181.
    • Haase H, Rink L. Multiple impacts of zinc on immune function. Metallomics. 2014;6(7):1175.
    • Bonaventura P, Benedetti G, Albarède F, Miossec P. Zinc and its role in immunity and inflammation. Autoimmunity Reviews. 2015;14(4):277-285.
    • Elmadfa I, Meyer A. The Role of the Status of Selected Micronutrients in Shaping the Immune Function. Endocrine, Metabolic & Immune Disorders – Drug Targets. 2019;19(8):1100-1115.