O que é o método 20/10 de organização da casa e como aplicá-lo?

Você está entre aqueles que limpam nos fins de semana e sacrificam seus dias de folga para arrumar a casa? É hora de mudar seus hábitos, e nós lhe diremos como fazer isso.
O que é o método 20/10 de organização da casa e como aplicá-lo?

Última atualização: 12 Julho, 2021

Se você é uma daquelas pessoas que não gosta de limpar ou deixa a limpeza da casa para o fim de semana, então este artigo é para você. Vamos contar qual é o método 20/10 de organização da casa, como funciona e por que é um sucesso em todo o mundo.

Rachel Hoffman criou este sistema de limpeza para todos os que desejam que seu lar tenha uma aparência organizada e limpa. Abrange estudantes, solteiros, casais e famílias, pois todos nós merecemos um lugar limpo para viver sem nos esgotarmos na tentativa.

Nesse sentido, difere de outras disciplinas mais tradicionais que incluem apenas famílias típicas nas quais a mulher é a responsável pela manutenção da ordem. Hoffman diz que esses métodos desatualizados e perfeccionistas não são adequados para pessoas com deficiências, doenças físicas ou mentais ou pessoas que trabalham fora de casa o dia todo.

Há muitas pessoas que não conseguem organizar a limpeza devido às diferentes circunstâncias, e este método é útil pois elas podem aplicá-lo sem inconvenientes.

Em que consiste o método 20/10?

A proposta de Hoffman é simples: abandonar os dias intermináveis ​​de limpeza e trocá-los por curtos períodos de trabalho alternados com pausas. A sua indicação é a de limparmos durante 20 minutos e descansarmos 10.

Para isso, temos que utilizar um cronômetro, para nos certificarmos de cumprir rigorosamente os minutos destinados ao trabalho e ao descanso.

Durante os merecidos 10 minutos de “recreio” podemos ler emails, navegar pelas redes sociais, tomar um chá ou passear com o cachorro. O tempo nos pertence e temos que aproveitá-lo da maneira que quisermos. Quando o alarme disparar, volte a trabalhar.

Rachel, a criadora desse sistema, nos convida a ficar de olho nas pequenas coisas e não na desordem geral que temos em casa. Por exemplo, em vez de nos concentrarmos na bagunça da cozinha, lavaremos os pratos sujos.

Se cuidarmos de uma coisa de cada vez em vez de pensarmos no quadro geral, os resultados serão mais gratificantes.

Não deixe de ler também: Ordem na cozinha com um painel organizador!

Como podemos aplicar o método 20/10 na limpeza doméstica?

Hoffman publicou um livro chamado “Unf*ck your habitat: you’re better than your mess” (não há uma tradução oficial em português mas seria algo assim: “Tire toda a porcaria da sua casa, você é melhor do que a sua bagunça”) . No livro, a autora nos dá algumas dicas que revisaremos a seguir.

Casa bagunçada
Às vezes, vemos a desordem como um grande caos e isso nos desanima. Temos que nos concentrar em pequenas ações para seguir em frente.

1. Tire uma foto do antes e depois

Quando terminar, você poderá ver claramente que seu esforço valeu a pena e isso irá motivá-lo a continuar com este sistema de limpeza. Além disso, você verá quais são as partes mais problemáticas da sua casa e se esqueceu de arrumar alguma coisa.

2. Arrume a cama diariamente

Demorará menos de um minuto e os benefícios são muitos. A imagem geral do seu quarto mudará completamente apenas com a cama feita. É muito mais reconfortante voltar a dormir em uma casa arrumada do que em uma que não esteja.

3. Abra as janelas

Ventile sua casa para purificar o ar, eliminar odores e bactérias. Faça isso principalmente no inverno, quando estamos acostumados a manter a casa fechada devido às baixas temperaturas.

4. Lave a louça

Quando acabamos de comer, é normal que a preguiça nos invada e queiramos deixar a lavagem da louça para mais tarde ou para o dia seguinte. Errado!

Por mais que você faça qualquer outra coisa, o pensamento de que você terá que fazer isso em algum momento o perseguirá. Além disso, a sujeira dos pratos será mais difícil de remover e a cozinha ficará cheirando mal.

5. Limpe a geladeira

Comece jogando fora tudo o que estiver estragado, fora da data de validade e que estiver com cheiro ruim. Olhe todos os recipientes, mesmo aqueles escondidos no fundo, que parecem esquecidos.

Em seguida, limpe bem as prateleiras e os compartimentos. Por fim, coloque as coisas de volta no lugar deixando aquelas que você mais usa em lugares de fácil acesso.

6. Comece com os cômodos maiores

Se começar pelos cômodos menores, correrá o risco de se cansar rapidamente e não acabar com os espaços maiores que mais utiliza. Por outro lado, se terminar primeiro com o maior de todos, ficará animado sabendo que os outros serão mais fáceis de limpar e ordenar.

7. Comece de cima para baixo

Essa regra se aplica a tudo, desde armários altos com prateleiras a casas com mais de um andar. A limpeza sempre começa nos compartimentos mais altos no caso de móveis e nos andares superiores para residências.

8. Pegue tudo o que está jogado no chão

Não devemos deixar nada no chão, a não ser tapete ou enfeites como vasos. Ao iniciar a limpeza, guarde tudo  que estiver “jogado” em seus respectivos lugares e não encostados em qualquer lugar.

9. Complete o ciclo da lavanderia

Hoffman enfatiza um erro muito comum que muitos de nós cometemos. Lavamos a roupa, estendemos para secar e, ao retirá-la do varal, a deixamos na cesta em vez de guardá-la.

Desta forma, o circuito fica inacabado e as roupas vão se amontoando até formarem uma pilha que parece impossível de organizar. Lembre-se de lavar, secar, tirar do varal e guardar.

10. Limpe o chão

Finalmente, podemos limpar o chão com um pano úmido ou com um aspirador. Pronto! Sua casa está do jeito que você queria e você ainda tem energia para aproveitar o dia.

Limpar o piso
A limpeza do piso é deixada para o final no método 20/10, pois as coisas são feitas de cima para baixo.

Quais são os benefícios do método 20/10?

Existem outros métodos de arrumação da casa, como a chamada maratona de limpeza. Consiste em iniciar e não parar até que tudo esteja ordenado. Isso pode levar um dia inteiro.

O pior é que, geralmente, isso é feito nos finais de semana, porque de segunda a sexta temos outras obrigações. É assim que passamos os nossos dias de descanso limpando e já começamos a semana exaustos.

O cansaço que permanece após uma maratona de limpeza gera um sentimento negativo em relação à tarefa. Por mais que pensemos em manter a ordem daqui para frente, com o passar dos dias a história se repete.

Entre as vantagens do método 20/10 podemos citar as seguintes:

  • Podemos manter a casa limpa fazendo um pouco todos os dias em vez de deixar a bagunça e a sujeira se acumularem.
  • Por ser um sistema de limpeza inclusivo, é adequado para pessoas que sofrem de dores físicas ou deficiência.
  • Criaremos um bom hábito de limpeza se fizermos todos os dias um pouquinho. Lembre-se de que precisamos de 21 dias para construir um hábito que possamos manter diariamente.

Por que você deve tentar aplicar o método 20/10?

A proposta de limpar de acordo com os intervalos de tempo é muito tentadora e achamos que vale a pena experimentar. Como você deve ter visto, não se trata de ser especialista em limpeza e nem de ser obcecado pela organização.

Com pequenas ações diárias poderemos manter nossa casa limpa e arrumada e ainda teremos tempo para aproveitá-la. Agora que você sabe o que é o método 20/10, você está pronto para começar com a primeira tarefa?

Pode interessar a você...
5 soluções para limpar a casa sem produtos químicos
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
5 soluções para limpar a casa sem produtos químicos

Além de conseguir uma limpeza eficaz, ao limpar a casa com produtos naturais você não colocará em risco a saúde da sua família e irá economizar.



  • Álvarez Veloso, D. A., & Soto, G. (2014). Casa limpia.
  • Kondo, M. (2016). Spark joy: An illustrated master class on the art of organizing and tidying up. Ten Speed Press.
  • Kondo, M. (2017). The life-changing manga of tidying up: A magical story. Ten Speed Press.
  • Castellano, M. I. S. (2014). MF1330_1 Limpieza doméstica: Procedimientos y operaciones de limpieza en domicilios particulares. Ideaspropias Editorial.
  • Rubio, N. S. (2019). Limpieza, tratamiento y mantenimiento de suelos, paredes y techos en edificios y locales. MF0972. Tutor Formación.
  • Carrilero, E. L. G. (2010). Casa con pasillo. HipoTesis Serie Alfabética, (5), 14.