Menstruação abundante: 5 remédios para combatê-la

26 de março de 2019
Se tivermos uma menstruação abundante, é fundamental que procuremos uma forma de controlá-la, já que pode os causar diferentes problema, como um déficit de ferro ou uma fraqueza excessiva.

A menstruação abundante é um problema para muitas mulheres que, mês a mês, sofrem incômodos em sua vida diária. Além disso, este tipo de período pode vir acompanhado de outros sintomas como dor, cansaço, enjoos, etc.

Confira as melhores soluções naturais para combater os sintomas da menstruação abundante.

Cada mulher, uma menstruação diferente

Cada mulher tem uma menstruação diferente. Algumas apenas notam sua presença e não lhes supõe nenhum inconveniente em sua rotina. Outras, em contrapartida, sofrem de diferentes sintomas durante o período e inclusive antes, como:

  • Inchaço
  • Mudanças de humor
  • Inflamação
  • Dor
  • Sensibilidade

Porém, há alguns indicadores para saber se estamos dentro da normalidade. Em especial, devemos estar alertas a possíveis mudanças repentinas, que podem ser a consequência de uma etapa de estresse, mudanças na alimentação ou algum problema de saúde.

Leia também: Atraso menstrual: em que casos devo me preocupar?

A menstruação abundante

A menstruação abundante, que também se conhece como menorragia, pode ser algo característico e genético de nosso ciclo menstrual desde que menstruamos pela primeira vez. Porém, também pode estar relacionada com outras causas:

  • Endometriose
  • Miomas uterinos
  • Pólipos no endométrio
  • Problemas na tireoide
  • Mudanças hormonais
  • Estresse

Muitas mulheres não sabem se sua menstruação é muito abundante, já que não tem referências padrão. Por este motivo, deveriam repassar se alguma destas frases são respondidas de modo afirmativo:

  • A menstruação dura mais de 8 ou 10 dias.
  • Você usa mais de 8 absorventes externos ou internos por dia ou precisa mudá-los a cada 2 ou 3 horas.
  • Seu ciclo dura menos de 21 dias.
Bolsa de água quente para menstruação abundante

Remédios para combatê-la

1. Pimenteiro

O pimenteiro (Vitex agnus-castus) é uma planta medicinal muito desconhecida que pode ser muito benéfica para muitas mulheres. Pode ser efetiva tanto para quem tem a menstruação abundante quanto para quem sofrem de amenorreia. O pimenteiro ajudará a regular os estrogênios e a progesterona.

Por outro lado, esta planta, que podemos tomar em infusão ou em comprimidos, também é útil para aliviar as dores e cólicas menstruais. Porém, ainda que o tratamento com esta planta seja efetivo, deveremos ter paciência. Pode demorar vários meses para se notar os resultados.

2. Maca peruana

A maca peruana é um excelente regulador hormonal, tanto para homens quanto para mulheres e para qualquer idade. De fato, muitas mulheres a tomam para melhorar a fertilidade e outras para se adaptar às mudanças da menopausa.

Sem dúvida, devemos ter em conta é que a algumas pessoas pode causar nervosismo. Por este motivo, é importante começar com pouca quantidade e ir aumentando de forma progressiva.

Maca peruana controla sintomas de menstruação abundante

3. A gentiana

A gentiana não só combate a menstruação abundante, mas também ajuda a prevenir a anemia. Este é um problema muito frequente para as mulheres que perdem muito ferro todos os meses.

A gentiana também é muito benéfica para facilitar a digestão, melhorar a função do fígado, estimular o apetite e eliminar as manchas da pele. Podemos tomá-la em infusão ou em tintura (de forma tópica).

4. Milefólio

Em primeiro lugar, o milefólio (Achillea millefolium) é uma planta medicinal que se destaca por diferentes propriedades para a saúde. Graças ao seu teor de óleos essenciais, minerais e antioxidantes, pode nos ajudar a tratar diferentes transtornos.

Além disso, o milefólio age como equilibrador hormonal e, ao mesmo tempo, suas propriedades antiespasmódicas o transformam em um analgésico natural. Deste modo, com esta planta podemos aliviar as dores da menstruação e inclusive da endometriose.

Por outro lado, esta planta também é muito efetiva para tratar as varizes, as hemorroidas, a acne, as cicatrizes e a hipertensão. Podemos tomá-la em infusão, tintura ou inclusive cultivá-la em casa nós mesmos.

Veja também: 6 irregularidades do período menstrual que você não deve ignorar

5. Vitaminas verdes

Finalmente, um remédio que nunca falha para a maioria dos desequilíbrios são as vitaminas verdes. Graças aos nutrientes que contêm as folhas verdes, como por exemplo ácido fólico, conseguirmos melhorar a função do fígado e a densidade e qualidade do sangue.

As vitaminas verdes incluem frutas e diferentes tipos de folhas verdes:

  • Espinafre
  • Acelga
  • Folhas de beterraba
  • Folhas de rabanete
  • Rúcula
  • Agrião

Prove as deliciosas vitaminas verdes que te surpreenderão por seu delicioso sabor. Desde a primeira vitamina notará como outros problemas de saúde melhoram e como aumenta a sua energia e vitalidade. Além disso, são a melhor maneira de conseguir o peso ideal.

Rao, S. (2011). Menorrhagia. Obstetrics, Gynaecology and Reproductive Medicine. https://doi.org/10.1016/j.ogrm.2011.06.003

Apgar, B. S., Kaufman, A. H., George-Nwogu, U., & Kittendorf, A. (2007). Treatment of menorrhagia. American Family Physician. https://doi.org/10.1016/0002-9378(71)90259-6