6 irregularidades do período menstrual que você não deve ignorar

2 de agosto de 2018
Para descartar complicações e problemas, é importante que cada mulher conheça seu período menstrual e vá ao ginecologista diante de qualquer dúvida para fazer os exames adequados.

As irregularidades do período menstrual tendem a ser motivo de preocupação para muitas mulheres.

Embora geralmente não representem sérios problemas de saúde, às vezes são sinais de desequilíbrios hormonais, deficiências nutricionais e outros distúrbios que devem receber mais atenção.

O ciclo menstrual normal dura de 28 a 35 dias, dependendo da idade, carga hormonal e hábitos de cada um.

Por este motivo, se o ciclo não é comum ou apresenta qualquer anormalidade, é aconselhável consultar o médico para determinar se é devido a qualquer complicação.

Tendo em conta que muitas não sabem ao certo o que é “normal” e o que não é, hoje queremos compartilhar em detalhes 6 irregularidades do período menstrual que não devem ser ignoradas.

Irregularidades do período menstrual que merecem atenção

1. Ausência da menstruação

Cólicas durante a menstruação

A ausência de fluxo menstrual, mais conhecida como amenorreia, é caracterizada pela ausência completa, durante uma longa temporada, da menstruação.

Considera-se que uma mulher sofre de amenorreia quando, durante três ou mais meses consecutivos, ela tem ausência de seus períodos menstruais sem uma causa aparente (como a gravidez).

É comum entre:

  • Atletas de Elite
  • Bailarinas profissionais
  • Mulheres que fazem dietas rigorosas
  • Mulheres com anorexia

2. Formação de coágulos

A formação de pequenos coágulos sanguíneos é comum durante a menstruação. No entanto, se todo o fluxo consistir apenas em coágulos, é essencial prestar mais atenção.

Não é normal que o sangramento menstrual apareça de repente, com coágulos sanguíneos grandes.

Vale lembrar que os coágulos são comuns nos primeiros dias após o parto.

Não perca: Remédio de camomila e salsa para amenorreia ou falta de menstruação

3. Sangramento menstrual intenso e prolongado

Cólicas menstruais

O sangramento menstrual intenso, conhecido em termos médicos como a menorragia, é comum entre as mulheres e, de fato, a maioria delas sofre disso pelo menos uma vez.

Apesar disso, ele pode se tornar motivo de preocupação quando é recorrente e dura sete ou mais dias.

  • As mulheres que sofrem com isso são forçadas a trocar seus absorventes com mais frequência do que o normal, o que implica uma despesa maior.
  • Em casos graves, pode ser uma causa de anemia devido à perda excessiva de sangue.

4. Menstruações dolorosas

É comum que, ocasionalmente, o período menstrual ocorra em companhia de dor intensa no abdômen, às vezes se espalhando para a parte inferior das costas.

No entanto, quando o sintoma é recorrente e interfere nas atividades diárias da mulher, é melhor procurar ajuda médica.

  • Esta condição é conhecida como dismenorreia.
  • Embora raramente esteja relacionado com doenças do útero, parece ter a ver com o aumento da produção de um hormônio conhecido como prostaglandina.

5. Sangramentos esporádicos durante o ciclo

Mulher com irregularidades na menstruação

O sangramento que ocorre entre um período menstrual e outro, ou seja, em uma data diferente do habitual, é um sinal claro de que algo não está certo.

Estes podem indicar um desequilíbrio hormonal e, em casos mais complexos, alertar para doenças nos ovários ou em outras partes do sistema reprodutivo.

Leia também: 9 sintomas de desequilíbrio hormonal que prejudicam nossa aparência física

É importante consultar o médico para verificar se eles são devidos a:

  • Síndrome do ovário policístico
  • Fibroides
  • Pólipos
  • Inflamação do colo do útero
  • Pre-câncer ou câncer de ovário ou útero

6. Anormalidades nos sinais vitais

Algumas pacientes têm uma diminuição da pressão arterial nos dias anteriores e durante a menstruação.

Embora seja um sinal completamente normal, é importante verificar e ter cuidado, uma vez que, em certos casos, o desequilíbrio pode ser significativo e perigoso.

É melhor consultar seu médico se, além de ter hipotensão, você apresenta sintomas como:

  • Sudorese profusa
  • Dificuldades respiratórias
  • Taquicardia
  • Sensação de fraqueza
  • Tonturas e fadiga

Quando é necessário consultar um médico?

Para resumir essas irregularidades, tenha em mente que você deve consultar o seu médico ou ginecologista se:

  • A quantidade de sangue da menstruação é grande demais
  • Há uma ausência prolongada do período menstrual
  • O sangramento tem um odor muito forte ou ruim
  • A menstruação é acompanhada de dor abdominal intensa e febre
  • Existe liberação excessiva de coágulos sanguíneos
  • O período menstrual está atrasado
  • Durante o período menstrual, há uma forte sensação de fadiga

Você está passando por qualquer uma dessas irregularidades do período menstrual? Embora pareça que é fácil lidar com elas, o ideal é procurar assistência médica para saber se elas têm sua origem em uma condição de maior cuidado.

Faça os exames pertinentes e siga as recomendações médicas para seu controlar as irregularidades do período menstrual.

Recomendados para você