Melhore a postura e alivie a dor cervical

19 de março de 2019
Para aliviar a dor por contratura muscular, podemos aplicar uma terapia de frio-calor. Além disso, é importante nos assegurarmos de que nosso travesseiro e nosso colchão são adequados para evitar futuras dores.

Quem nunca sofreu com a dor cervical? Essa incômoda tensão nos músculos, que rodeia o pescoço e que não permite movê-lo normalmente, aparece em quase todas as pessoas em algum momento, devido, por exemplo, à má postura ao trabalhar, ver televisão ou sentar em frente ao computador.

A boa notícia é que existem várias maneiras de exercitar e fortalecer os músculos da zona cervical para evitar a dor, certas posturas que devemos adotar e os remédios que aliviarão a dor.

Continue lendo para conhecer mais sobre a dor cervical!

Leia também: Incompetência istmocervical: o que é e como descobrir o problema

O que é a dor cervical e quais são suas causas?

O termo “dor cervical” faz referência aos incômodos em diversas estruturas do pescoço: músculos, vértebras, ossos e discos intervertebrais.

Umas das causas mais frequentes da dor cervical é a tensão ou contratura dos músculos da área, provocada por atividades cotidianas, como dormir em uma posição incômoda ou ficar inclinado sobre uma mesa durante horas.

Ter o monitor do computador muito alto ou muito baixo ou torcer e girar o pescoço com movimentos de “chicotada” enquanto realiza exercícios físicos também causam essa dor.

Conheça: 4 exercícios simples para aliviar a dor cervical

Outras causas de dor cervical podem ser: fibromialgia, artrite cervical, ruptura de um disco ou pequenas fraturas devido à osteoporose, entre outros.

Uma informação muito importante: se as dores cervicais vierem acompanhadas de febre, dor de cabeça e rigidez no pescoço, consulte imediatamente o médico, pois pode ser um caso de meningite.

Como agir em caso de dor por contraturas musculares

  • Tome analgésicos de venda livre como, por exemplo, ibuprofeno.
  • Aplique gelo na região dolorida nos primeiros dias. Depois, aplique calor, com almofadas térmicas ou compressas quentes.
  • Realize exercícios: mova lentamente a cabeça de um lado a outro, para cima e para baixo, mova, também, a cabeça de lado em direção ao ombro. Estes exercícios ajudam a estirar suavemente os músculos do pescoço.
  • Se isso não aliviar totalmente, uma boa ideia é contratar um massagista profissional. Eles sabem como aliviar contraturas musculares com as mãos.
  • Outra opção é procurar um médico; ele pode receitar analgésicos mais potentes, relaxantes musculares e um colete cervical, se for necessário.

dor-no-pescoco

Como evitar as contraturas no pescoço

  • Utilize técnicas de relaxamento e exercícios para liberar o estresse e relaxar os músculos. Pode ser ioga, meditação ou qualquer outra opção que ajude a relaxar.
  • Aprenda a realizar exercícios de alongamento para os músculos do pescoço.
  • Adote uma boa postura ao trabalhar na escrivaninha ou em frente ao computador: as costas devem estar bem apoiadas e o monitor na altura dos olhos.
  • Não permaneça muitas horas na mesma posição. Uma vez ou outra, tire alguns minutos para levantar da cadeira, mudar de posição, realizar exercícios de alongamento para o pescoço e relaxar um pouco antes de continuar o trabalho.
  • Tenha uma almofada que se adapte bem à forma de seu pescoço. Verifique também se o seu colchão está firme o suficiente para sustentar seu corpo sem afundar.  

A dor cervical causada por contraturas musculares é uma queixa muito frequente nos consultórios médicos e ausências no trabalho. No entanto, seguindo estas simples regras, a dor pode ser prevenida, mas caso apareça, pode ser aliviada em poucos dias.

  • Hurley, R. W., & Chang, J. L. (2018). Cervical radicular pain. In Fundamentals of Pain Medicine. https://doi.org/10.1007/978-3-319-64922-1_20