Limpar naturalmente os tubos bronquiais

Os vapores de óleo essencial de sândalo são muito eficazes para eliminar o muco, aliviar a inflamação e tratar os problemas nos brônquios. Recomenda-se inalá-los três vezes ao dia.
Limpar naturalmente os tubos bronquiais

Última atualização: 12 Dezembro, 2018

Manter os tubos bronquiais limpos é fundamental, já que a congestão pode causar diversos sintomas desagradáveis, incluindo a tosse e a dificuldade para respirar.

Casos menos severos de inflamação nos tubos bronquiais podem ser tratados e prevenidos com remédios naturais simples, que certamente já fazem parte do seu dia-a-dia.

Neste artigo, além de explicar as funções dos tubos bronquiais, também conhecidos como brônquios, iremos falar sobre os hábitos e alimentos que podem ajudar a limpá-los, contribuindo para mantê-los completamente desobstruídos.

Os tubos bronquiais

O ar que inalamos entra pelo nariz e viaja até a traqueia. Os tubos bronquiais nada mais são do que passagens que direcionam o ar da traqueia até túneis menores chamados de bronquíolos. Dali, o ar viaja novamente até o pulmão.

Para combater possíveis infecções, os tubos contam com vários mecanismos de defesa, sendo que um deles é a inflamação do revestimento bronquial. Essa leva a uma maior produção de muco e pode provocar congestão e tosse.

Para evitar esta situação, pode-se fazer uso de alguns remédios naturais que ajudam a manter os brônquios sempre livres e descongestionados.

Por isso, aproveite as dicas a seguir para garantir que seu sistema respiratório esteja sempre funcionando de forma saudável.

Como limpar os tubos bronquiais?

Óleo de eucalipto

Eucalipto para limpar os tubos bronquiais

Terapias com vapor são muito úteis para limpar os brônquios, e o eucalipto é especialmente recomendado por possuir propriedades antibacterianas e ajudar a amolecer o muco que obstrui as passagens respiratórias.

Assim sendo, pode ser importante no tratamento de gripes, resfriados e até da bronquite.

Para aproveitar as vantagens do óleo de eucalipto, adicione algumas gotas em um recipiente com água fervendo. Em seguida, incline-se na direção da água, cubra a cabeça com uma toalha e inale o vapor, respirando profundamente.

Outra opção é passar o óleo de eucalipto externamente no peito, outra forma de contribuir para expelir o muco.

Beber água

Por incrível que pareça, algo tão simples quanto a água pode atuar como um expectorante natural. Um dos fatores que pode causar a congestão é a desidratação, por isso é importante manter o corpo hidratado para evitar o acúmulo de muco nas vias respiratórias.

Por isso, beba bastante água ao longo do dia, seguindo a recomendação média de cerca de 2 litros de água, ou 8 copos.

Suco ou creme de cenoura

Creme de cenoura para limpar os tubos bronquiais

Além de conter uma quantidade excelente de betacaroteno e vitamina A, o suco de cenoura ajuda a aliviar a congestão nos ouvidos, nariz e garganta; sendo útil também para limpar os tubos bronquiais.

Juntaremos as propriedades da cenoura com o mel, que é comumente usado no tratamento da tosse.

O mel aumenta a imunidade e possui propriedades antivirais e antibacterianas.

Para aproveitar esta dica, misture um pouco de suco de cenoura com água morna e uma colher de mel. Reserve e tome uma colher deste remédio natural várias vezes ao dia. Tratará a inflamação e oferecerá um alívio para as vias respiratórias.

Beber bastante chá

Assim como a água, beber bastante chá contribui para aliviar a congestão e limpar os tubos bronquiais. São capazes de ajudar de duas maneiras diferentes: em primeiro lugar, o líquido quente é capaz de afinar o muco, tornando mais fácil a sua eliminação.

Em segundo lugar, alguns chás específicos contam com propriedades fundamentais para a saúde das passagens respiratórias.

Recomendamos especialmente os chás de eucalipto (citado anteriormente), cardamomo, hortelã e canela.

Purê de limão

Limão para limpar os brônquios

O limão pode atuar como uma grande ajuda no processo de limpeza e desobstrução dos tubos bronquiais. Aproveite esta receita simples que certamente proporcionará alívio e reduzirá a congestão das vias respiratórias.

Basta bater um limão, incluindo a casca e as sementes, no liquidificador junto com um copo de água morna. Em seguida, adicione uma colher de sopa de mel ou melaço, para melhorar um pouco o sabor, mas não acrescente açúcar refinado.

Esta mistura deve ser bebida lentamente em pequenos goles, e afinará o muco e restaurará as membranas mucosas.

Gengibre

Já falamos algumas vezes sobre as diversas propriedades medicinais que o gengibre possui. Pode ser usado no tratamento de várias condições; assim como é capaz de  aliviar eventuais irritações, inflamações e inchaço dos tubos bronquiais.

O ideal é tomar um chá de gengibre pelo menos uma vez ao dia para obter os resultados.



  • Utta, K. B., & da Silva, M. D. Eucalyptus globulus, um excelente fármaco atuante no sistema respiratório e imunológico.
  • Hernández, H. P., Sánchez, K. G., León, V. G., & Aguiar, J. M. G. (2012). Terapia natural para el tratamiento del asma bronquial. Medimay18(2).
  • de Oliveira Abela, D. T., Schlickmann, L., & Cristina, T. PRODUÇÃO DE XAROPE DE “CINCO ERVAS” NO SETOR DE PLANTAS MEDICINAIS DO COLÉGIO AGRÍCOLA DE CAMBORIÚ/UFSC.
  • Defilippo, M. Anti-inflamatórios naturais.