O que é kamut e quais são as suas propriedades?

Hoje, vamos mostrar quais são os benefícios de incluir o kamut na dieta. Este cereal ganhou popularidade nos últimos anos devido às suas propriedades nutricionais.

Última atualização: 15 Fevereiro, 2021

Kamut é um cereal cultivado na África há muitos anos que, aos poucos, está entrando na dieta ocidental. Isso se deve aos benefícios que oferece para a saúde e à quantidade de nutrientes que possui. É uma opção muito interessante para substituir o trigo.

Cabe destacar que a posição dos especialistas em relação ao consumo de muitos cereais mudou. Certos alimentos, como o trigo, não são mais considerados de boa qualidade devido ao seu alto grau de refinamento. Em seu lugar, ganham espaço variedades integrais e sem adição de açúcares, entre as quais está o kamut.

Diferenças entre o kamut e o trigo comum

Kamut e trigo compartilham certos usos. Ambos podem ser o ingrediente principal do macarrão. No entanto, as diferenças são notáveis, sendo o primeiro um cereal de grão muito maior, embora com digestão mais fácil.

Uma das principais diferenças entre os dois é que o kamut tem um maior teor de proteína, chegando a 15 gramas de proteína por 100 gramas de produto. É importante lembrar que esses nutrientes são essenciais para garantir a saúde muscular adequada, conforme afirmam pesquisas publicadas na revista Nutrients.

Ao mesmo tempo, contém uma quantidade maior de vitaminas, entre as quais se destaca a vitamina A. Esta substância tem se mostrado capaz de afetar positivamente a saúde ocular, reduzindo o risco de desenvolver patologias maculares.

Em relação à ingestão de carboidratos, o trigo e o kamut não apresentam diferenças significativas, além do fato do kamut gerar um pico glicêmico mais baixo. É preciso lembrar que o trigo costuma ser consumido muito refinado, o que não é positivo para a glicemia.

O trigo que consumimos costuma ser altamente refinado, e é por isso que os nutricionistas o recomendam cada vez menos.

Para saber mais: Aprenda a fazer um bolo sem trigo, açúcar nem laticínios

Propriedades nutricionais do kamut

Vamos revisar as propriedades do kamut quando ele é introduzido no contexto de uma dieta saudável e variada.

Fornece energia de qualidade

Os carboidratos são essenciais, principalmente na dieta dos atletas. Eles conseguem fornecer a energia necessária para iniciar o metabolismo anaeróbio, responsável pela execução de esforços máximos.

No caso de pessoas sedentárias, as necessidades de carboidratos são reduzidas. No entanto, eles podem ser incluídos na dieta sem causar danos à saúde. Para atingir esse objetivo, é necessário estabelecer as quantidades necessárias e escolher carboidratos com baixo índice glicêmico.

Melhora a saúde intestinal

O kamut se destaca pelo seu teor de fibra. Essa substância é essencial para promover a saúde intestinal. É capaz de prevenir o desenvolvimento de episódios de constipação e também reduzir o risco de câncer de cólon, de acordo com evidências de um ensaio publicado no International Journal of Food Sciences and Nutrition.

Devemos enfatizar a necessidade de incluir fibras solúveis e insolúveis na dietaO kamut é uma boa fonte destas últimas, por isso seu consumo pode ser complementado com outros cereais, como a aveia, com beta-glucanos na sua composição.

Você também pode se interessar: Quais são as consequências do excesso de fibra no organismo?

É antioxidante

A capacidade antioxidante do kamut vem do seu teor de vitamina A. Como mencionamos, esse nutriente é capaz de proteger a saúde ocular, mas também de combater a inflamação e a formação de radicais livres.

Um bom fornecimento do referido micronutriente está associado, por exemplo, a um menor risco de desenvolver patologias do tipo hepático. Isso é afirmado em um artigo publicado na Nutrition and Health.

Ajuda a controlar o colesterol

Embora já tenhamos comentado em outras ocasiões que a dieta tem influência limitada nos níveis de colesterol sérico, é verdade que a fibra tem funções modificadoras do perfil lipídico. O kamut, nesse sentido, pode reduzir os níveis de colesterol total, embora não drasticamente.

No entanto, lembre-se de que manter o colesterol muito baixo não é bom para a saúde. O mito de que o perfil lipídico, por si só, é um bom marcador de doença cardiovascular está começando a se dissipar, a menos que você tenha níveis de lipoproteínas extremamente elevados.

Melhora a função imunológica

Entre os micronutrientes que o kamut contém, uma menção especial deve ser feita ao zincoEste mineral é capaz de regular a produção de testosterona no homem e de garantir o bom funcionamento do sistema imunológico. A ingestão de doses adequadas de zinco por meio da dieta diária reduzirá o risco de doenças infecciosas.

De qualquer forma, apesar dos seus benefícios, você deve ter em mente que o kamut contém glúten em sua composição, e por isso não é adequado para pessoas com doença celíaca. É o mesmo que acontece com o trigo. No entanto, não é aconselhável remover o glúten da dieta, a menos que haja um diagnóstico e prescrição profissional.

O kamut contém vitamina A, fibra alimentar e zinco em proporções significativas.

Como usar o kamut na cozinha?

O kamut pode ser usado como qualquer cereal, ou seja, cozido com água. É necessário lavá-lo e, depois, colocá-lo em uma panela para cozinhar.

Após os minutos de cozimento especificados na embalagem, os grãos de kamut estarão macios e prontos para ser usados ​​como acompanhamento ou como ingrediente principal em saladas.

Por outro lado, é possível comprar farinha de kamut para fazer massas ou pães. No entanto, as receitas com este ingrediente apresentam uma certa complexidade ligada à sua capacidade de fermentação.

Kamut: um cereal cada vez mais usado

Devido às suas propriedades nutricionais, o kamut está ganhando relevância na culinária ocidental. O seu uso regular permite obter benefícios para a saúde, sendo muito mais recomendado do que o trigo, que se destaca pelo seu alto nível de refinamento.

Além disso, o kamut tem a vantagem de ser muito fácil de preparar. Pode servir como acompanhamento para quase qualquer alimento proteico, da mesma forma que o arroz e a quinoa. Além disso, combina muito bem com vegetais. Recomendamos que você experimente esse cereal e que o insira em sua rotina alimentar.

Pode interessar a você...
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Benefícios de consumir o cereal integral

Os cereais comerciais são feitos para vender, por isso que contêm ingredientes nada saudáveis. Apostar no cereal integral beneficiará muito a saúde.



  • Landi F., Calvani R., Tosato M., Martone AM., et al., Protein intake and muscle health in old age: from biological plausibility to clinical evidence. Nutrients, 2016.
  • Saari JC., Vitamin A and vision. Subcell Biochem, 2016. 81: 231-259.
  • Gianfredi V., Salvatori T., Villarini M., Moretti M., et al., Is dietary fibre truly protective against colon cancer? a systematic review and meta analysis. Int J Food Sci Nutr, 2018. 69 (8): 904-915.
  • Leelakanok N., D’Cunha RR., Sutamtewagul G., Schweizer ML., A systematic review and meta analysis of the association between vitamin A intake, serum vitgamin A, and risk of liver cancer. Nutr Healht, 2018. 24 (2): 121-131.
  • García, Fernando O. “Avances en el Manejo Nutricional del Cultivo de Trigo.” Actas Congreso “A Todo Trigo”. FCEGAC. Mar del Plata. 2004.
  • Gilarte, Yanisel Cruz. “Sobre las asociaciones entre los lípidos séricos y el riesgo cardiovascular.” Revista Cubana de Alimentación y Nutrición 28.1 (2018): 27.
  • Šuligoj, Tanja, et al. “Evaluation of the safety of ancient strains of wheat in coeliac disease reveals heterogeneous small intestinal T cell responses suggestive of coeliac toxicity.” Clinical Nutrition 32.6 (2013): 1043-1049.