Infusões naturais para tratar a prisão de ventre

6 de janeiro de 2019
Para melhorar o transito intestinal é muito importante tomar, além dos 2 litros de água diários recomendados, infusões que favorecerão a evacuação.

Caso tem tido problemas para ir ao banheiro por culpa da alimentação, não deixe de ler esse artigo. A falta de movimento regular no intestino pode causar incômodos, dores, abdômen inchado e outros problemas. A seguir revelaremos quais são as melhores infusões naturais para tratar a prisão de ventre.

O que é a prisão de ventre e por que acontece?

Trata-se de uma condição caracterizada pela falta de movimentos regulares no intestino ou por problemas para esvaziá-lo por completo. É um mal cada vez mais frequente na atualidade devido a:

  • Má alimentação;
  • Refeições com poucas fibras;
  • Sedentarismo;
  • Falta de exercícios;
  • Pouca ingestão de líquidos;
  • Estresse;
  • Mudanças nos hábitos;

Em algumas pessoas, a prisão de ventre pode estar ocorrendo devido a outros problemas além dos detalhados antes, como por exemplo:

  • Problemas na glândula tireoide;
  • Doenças hepáticas;
  • Obstrução do cólon;
  • Gravidez;
  • Menopausa;
Quais-sao-as-melhores-infusoes-para-tratar-a-prisao-de-ventre-500x375

Os sintomas da prisão de ventre são:

  • Dificuldade para evacuar;
  • Dor ao evacuar;
  • Fezes duras e secas;
  • Inflamação abdominal;
  • Evacuações com pouca assiduidade (uma vez a cada 4 dias).

Quais são as melhores infusões para tratar a prisão de ventre?

Para reverter essa situação é possível aproveitar os benefícios da medicina natural. As plantas com propriedades laxantes podem ser de muita ajuda.

Não só eliminará os rejeitos, como também evitará muitas doenças causadas pela fermentação das toxinas no interior do organismo.

Vale a pena lembrar que para manter um corpo saudável é preciso evacuar as fezes uma vez por dia. O bolo fecal deve ser mole e não gerar incômodos na hora da evacuação. O contrário acontece com as pessoas que sofrem de prisão de ventre.

Infusoes-e-prisão-de-ventre-500x334

Além de beber 2 litros de água por dia, é vital consumir de 2 a 3 xícaras das seguintes infusões com propriedades laxantes:

Linhaça

As sementes dessa planta combatem a prisão de ventre em poucos dias.

Ingredientes

  • 1 xícara de água (250 ml)
  • 1 colher de sopa de sementes de linhaça (15 g)

Preparo

  • Primeiramente, ferva a água por 3 minutos.
  • Em seguida, tire do fogo e adicione as sementes.
  • Logo depois, deixe repousar por mais 1 minuto.
  • Depois, filtre e beba.
  • Pode-se adoçar com mel.
  • Tome uma xícara em jejum e outra à tarde, durante 1 semana completa.

Farelo de aveia

Permite evacuar rapidamente as fezes, e além disso, ajuda a evitar a prisão de ventre. É curativo e de sabor agradável.

Ingredientes

  • 1 xícara de água (250 ml);
  • 1 colher de sopa de farelo de aveia (15 g).

Preparo

  • Em primeiro lugar, coloque ambos ingredientes em um caneco e ferva durante 5 minutos.
  • Em seguida, desligue o fogo e deixe descansar.
  • Por fim, coe e beba.

Urtiga

São muitas as propriedades desta planta para o organismo. Descobriu-se que seus benefícios incluem ajudar a movimentar o intestino para eliminar a matéria fecal.

Ingredientes

  • 1 punhado de folhas de urtiga
  • 1 xícara de água (250 ml)

Preparo

  • Primeiramente, ferva tudo por 15 minutos.
  • Em seguida, tire do fogo e deixe repousar por 10 minutos.
  • Depois, filtre e beba.
  • Por fim, tome uma xícara em jejum e duas horas e meia depois das refeições principais.
Urtiga-e-prisão-de-ventre-500x374

Babosa

Este remédio natural é para pessoas que sofrem de prisão do ventre crônica ou prolongada.

Ingredientes

  • 1 pedaço de babosa (do tamanho da palma da mão);
  • 2 xícaras de água (500 ml);
  • O suco de meio limão.

Preparo

  • Primeiramente, ferva durante alguns minutos a planta com água.
  • Em seguida, tire do fogo e triture no liquidificador.
  • Adicione o suco e beba antes que esfrie totalmente.
  • Além disso, é recomendável consumir uma xícara em jejum e outra antes de comer ao meio-dia e à noite.

Saiba mais: Remédio de babosa e mel para tratar problemas estomacais

Malva

Esta planta pode ser usada tanto de forma tópica como interna, para tratar diferentes males, dentre os quais se encontra a prisão de ventre.

Ingredientes

  • 1 punhado de folhas de malva;
  • 1 xícara de água (250 ml).

Preparo

  • Em primeiro lugar, ferva 10 minutos.
  • Em seguida, tire do fogo e deixe em infusão.
  • Depois, filtre.
  • Por fim, tome até 3 xícaras por dia para ajudar a evacuar as toxinas mais rápido e digerir bem os alimentos.

Oliva

As folhas desta planta são muito boas para tratar o intestino e suas doenças.

Ingredientes

  • 2 xícaras de água (500 ml);
  • 2 colheres de sopa de folhas de oliva (30 g).

Preparo

  • Primeiramente, ferva 4 minutos.
  • Em seguida, retire do fogo e deixe repousar por mais 5 minutos.
  • Coe e beba as 2 xícaras, preferentemente em jejum.
  • Se quiser potencializar o efeito, adicione meia colher de sopa de sementes de linho à panela antes de esquentar.
  • Logo depois, consuma 1 colher de azeite de oliva extra virgem.

Leia mais: Benefícios do azeite de oliva

Verbena

Uma planta que atua como um perfeito tônico anti-inflamatório, analgésico, antiespasmódico e laxante. É muito eficaz para aliviar tanto a prisão de ventre quanto a gastrite. Não é aconselhável o consumo por pessoas que sofrem de hipertireoidismo.

Ingredientes

  • 1 xícara de água fervente (250 ml);
  • 2 colheres de chá de flores secas de verbena (10 g).

Preparo

  • Em primeiro lugar, ferva a água.
  • Em seguida, adicione as flores e deixe repousar por 10 minutos antes de filtrar e beber.
  • Por fim, consuma até 2 xícaras por dia.
Verbena-e-prisão-de-ventre-500x332

Alcaçuz

Protege as mucosas estomacais, previne a acidez e ajuda no funcionamento do intestino. Não deve ser consumido de forma prolongada porque pode causar retenção de líquidos ou hipertensão.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de alcaçuz (5 g);
  • 1 xícara de água (250 ml).

Preparo

  • Primeiramente, ferva por 15 minutos.
  • Em seguida, deixe em infusão.
  • Por fim, beba 1 xícara por dia.

Tanchagem

Esta planta é rica em mucilagem e é recomendada para os casos de prisão de ventre crônicos. É bom destacar que para conseguir resultado é imprescindível beber bastante água (do contrário pode causar obstruções no cólon).

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de tanchagem (15 g);
  • 1 xícara de água (250 ml).

Preparo

  • Primeiramente, faça um chá como de costume.
  • Em seguida, deixe ficar morno.
  • Por fim, coe e tome antes de dormir todas as noites.
tanchagem-e-prisão-de-ventre-500x334

l

  • Chehter, L. (2012). Constipação intestinal funcional crônica. RBM Rev Bras Med69(12), 121-24.
  • Lopes, F. S., Martins, D. S., Oliveira, J. S., Nóbrega, A. L., & Junior, V. M. P. (2015). Efeitos de farelo alimentar fibroso produzido a partir da linhaça em indivíduos com constipação intestinal. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável10(1), 213-217.
  • Ramos, C. I. (2014). Efeitos dos óleos de oliva e linhaça no tratamento da constipação intestinal de pacientes com doença renal crônica em hemodiálise.
  • Ramos, C. I., Lima, A. D. F., Grilli, D. G., Sertori, G., Kamimura, M. A., & Cuppari, L. (2012). ESTUDO DUPLO-CEGO, RANDOMIZADO E CONTROLADO SOBRE O EFEITO DOS ÓLEOS DE LINHAÇA E DE OLIVA NO TRATAMENTO DA CONSTIPAÇÃO INTESTINAL DE PACIENTES COM DOENÇA RENAL CRÔNICA EM HEMODIÁLISE: RESULTADOS PRELIMINARES. Nutrire37(Suplemento), 26-26.