Hábitos importantes para prevenir a cistite

19 Setembro, 2020
Uma higiene adequada e uma boa nutrição são decisivas para a redução dos casos de cistite. Você costuma ter esse tipo de infecção? Conheça algumas dicas para evitá-la.

Você sabia que pode prevenir a cistite alterando alguns hábitos do seu dia a dia? Você pode não saber, mas o estilo de vida e alguns cuidados básicos são cruciais para evitar esse tipo de infecção.

Esse problema gera situações desconfortáveis ​​e dolorosas, que dificultam a execução das tarefas diárias. Portanto, é importante saber o que o causa e como lidar com ele. A seguir, vamos nos aprofundar mais nesse assunto.

Como saber se tenho cistite?

O termo médico “cistite” se refere à inflamação da bexiga causada, na maioria dos casos, por uma infecção microbiana. Os sintomas desta doença podem variar em cada paciente, dependendo da gravidade da infecção.

No entanto, conforme relatado pela Clínica Mayo, muitas vezes existem algumas manifestações clínicas gerais que permitem a sua identificação:

  • Necessidade frequente de urinar
  • Sensação de queimação ao urinar
  • Micção frequente e de pouco volume
  • Urina com cor turva e odor desagradável
  • Desconforto ao redor da pelve
  • Sensação de pressão no abdômen inferior
  • Picos febris
Sintomas de cistite
O principal sintoma da cistite é uma necessidade urgente de urinar. No entanto, ela também pode causar dor, alterações na urina e febre moderada.

Se você reconhecer esses sintomas, é importante que vá ao médico o mais rápido possível. Você provavelmente precisa de tratamento especializado.

Por que a cistite ocorre?

Para prevenir a cistite, é necessário saber o que a causa. Dependendo do fator desencadeante, a cistite pode ser classificada em:

Cistite bacteriana

É o tipo mais comum. Essa infecção ocorre quando bactérias normalmente encontradas fora do trato urinário penetram na uretra.

Na maioria dos casos, a bactéria que causa a cistite é a Escherichia coli (E. Coli).

Talvez você possa se interessar: Cistite depois de ter relações sexuais: por quê?

Cistite não infecciosa

Também existem fatores não infecciosos que podem causar inflamação da bexiga:

  • Cistite intersticial ou crônica: também conhecida como “síndrome da bexiga dolorosa”. Essa condição pode ser difícil de diagnosticar e tratar.
  • Medicação.
  • Produtos químicos: aparece como consequência da hipersensibilidade a substâncias químicas presentes em banhos de espuma, sprays de higiene íntima feminina ou géis espermicidas.
  • Corpos estranhos: o uso prolongado de um cateter ou sonda pode causar danos ao tecido da bexiga e levar a infecções bacterianas.
  • Outras condições: ocorre quando a cistite aparece como uma complicação de outros distúrbios, como diabetes, pedras nos rins, aumento da próstata ou lesões na medula espinhal.

O tratamento da cistite é fundamentalmente baseado na administração de antibióticos, embora também existam alguns remédios naturais que podem ser usados ​​como complemento para aliviar seus sintomas.

Talvez você também queira ler: Remédios naturais para combater a cistite intersticial

Mudanças nos hábitos diários para prevenir a cistite

Às vezes, prevenir infecções é tão fácil quanto fazer algumas alterações na sua rotina diária. Além de conter antioxidantes, o cranberry demonstrou ajudar a prevenir infecções do trato urinário. Isso é sugerido por este estudo conduzido pelo Dr. Valdevenito.

Essa equipe da Universidade de Barcelona afirma que essas propriedades são atribuídas ao seu alto teor de proantocianidinas (PAC), um grupo de polissacarídeos que inibem a atividade da bactéria E. Coli, impedindo sua adesão às células do trato urinário.

Suco de cranberry
O suco de cranberry contém nutrientes essenciais que ajudam a tratar infecções como a cistite.

O consumo dessa fruta seria, portanto, uma medida útil para incorporar aos hábitos diários para prevenir a cistite. Além disso, conforme relatado pela Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos, é importante levar em consideração outras alterações na rotina diária:

  • Beba bastante líquido, de preferência água.
  • Urine com frequência.
  • Não fique muito tempo com roupas molhadas quando voltar da praia ou piscina.
  • Limpe da frente para trás após evacuar.
  • Lave suavemente a pele ao redor da vagina e do ânus.
  • Tente esvaziar a bexiga o mais rápido possível após o sexo. Isso ajuda a matar bactérias em potencial.
  • Evite usar desodorantes ou produtos femininos na área genital. Estes produtos podem ser perigosos.

Modifique seus hábitos para prevenir a cistite

É uma boa ideia fazer algumas mudanças de rotina, principalmente em relação à higiene, micção e hábitos alimentaresAs chances de infecção são reduzidas com a adoção diária de diretrizes e medidas preventivas de fácil aplicação.

Manter um equilíbrio e uma rotina adequados é importante, pois é improvável que as infecções da bexiga apresentem complicações se forem tratadas prontamente e de forma adequada. No entanto, se isso não acontecer, elas podem levar a condições mais graves, como uma infecção nos rins.

  • Mandell GL, et al. Urinary tract infections. In: Mandell, Douglas, and Bennett’s Principles and Practice of Infectious Diseases. 8th ed. Philadelphia, Pa.: Churchill Livingstone Elsevier; 2015. https://www.clinicalkey.com. Accessed Jan. 13, 2015.
  • Hooton TM. Uncomplicated urinary tract infection. New England Journal of Medicine. 2012;366:1028.
  • Ahuja, S., Kaack, B. and Roberts, J. Loss of fimbrial adhesion with the addition of Vaccinium macrocarpon to the growth medium of p-fimbriated E. coil . Journal of Urology , 1998. 159: 559-562.
  • Allision, D.G., et al. Influence of cranberry juice on attachment of Escherichia coli to glass. Journal of Basic Microbiology , 2000. 40 (1): 3-6.
  • Clínica Mayo. https://www.mayoclinic.org/es-es/diseases-conditions/cystitis/symptoms-causes/syc-20371306
  • Biblioteca Nacional de Medicina de Estados Unidos. https://medlineplus.gov/spanish/ency/patientinstructions/000391.htm
  • Valdevenito, Juan Pablo. (2008). Infección urinaria recurrente en la mujer. https://scielo.conicyt.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0716-10182008000400004