Ganho de peso com a idade: como evitá-lo com dieta?

11 de abril de 2019
A partir de uma certa idade, é muito importante evitar produtos refinados e aumentar o consumo de proteínas. Nosso corpo tende a acumular mais gordura, o que leva a um considerável ganho de peso.

Se o peso tiver sido um dos temas que o preocupou durante a sua vida, certamente a partir dos 40 anos ele terá um papel ainda mais decisivo. Nesse estágio, começam a aparecer fatores que mudarão, por sua própria natureza, o funcionamento de seu organismo.

Caso esse tema nunca tenha sido uma preocupação, agora é a hora de prestar atenção a isso, porque os quilos extras podem custar caro quando menos se espera. Caso contrário, as estratégias usadas anteriormente podem não continuar funcionando. Fazer exercícios e comer de forma saudável não serão mais suficientes.

Mais idade, mais complicações

Evite o aumento de peso com a idade se mexendo

O estilo de vida sedentário, os hormônios e as dietas erradas que você praticou durante a sua vida dificultarão a manutenção do seu peso ideal. Depois dos 40 anos, tudo começa a ser mais difícil.

O Conselho Americano de Exercício assegura que a partir dessa idade o metabolismo diminui, então você queima 300 calorias a menos do que quando você era jovem, com apenas 20 anos.

Some a isso as complicações da vida, a falta de tempo para o seu cuidado pessoal, os compromissos familiares, o desejo de trabalhar e, em muitos casos, o desinteresse em buscar por uma saúde melhor.

Devido a isso, você terá que usar outros mecanismos além da dieta para evitar um ganho de peso descontrolado.

Confira também: Descubra quem é o culpado pela obesidade

Sarcopenia: menos músculos, mais gordura

Evite o aumento de peso com a idade cuidando da alimentação

Existem vários motivos pelos quais você ganha peso com a idade. Nós queremos que você entenda que você não é culpado; estas são razões da própria natureza. Agora, uma vez que você conhece as origens desta condição, nós daremos algumas recomendações que você pode aplicar.

A princípio, isso ocorre porque a sarcopenia é gerada com o passar dos anos. É um processo em que há uma perda considerável de massa muscular.

Com esta condição, a partir dos 30 anos, você pode perder entre 3 e 5 por cento da massa muscular por década. Isso fará com que quando você tiver 40 anos de idade, queime 200 calorias a menos do que quando tinha 30 anos. E, como você sabe, quanto mais calorias, mais gordura e ganho de peso.

No entanto, existem outras razões também:

O declínio hormonal influencia o ganho de peso com a idade

Os hormônios ganham importância ao longo do tempo. Em mulheres e homens, há uma diminuição na produção hormonal. Elas atingem a menopausa após os 50 anos, e aos 35 anos há um desequilíbrio entre a produção de estrogênio e progesterona.

  • Com o estrogênio, as células de gordura são produzidas, já a progesterona ajuda a neutraliza o processo. Após os 35 anos, mais progesterona é perdida do que o estrogênio.
  • Isso produz o desequilíbrio que leva a uma grande possibilidade de que a mulher ganhe alguns quilos extras.

Por outro lado, após os 30 anos, os homens diminuem os níveis de testosterona a uma taxa de 1% ao ano. Neste caso, este hormônio os protege de ganhar peso. No entanto, com o seu declínio, é difícil evitar o ganho de peso com a idade.

Falta de exercício

Evite o aumento de peso com a idade fazendo exercício

Ao longo dos anos, as pessoas param de fazer atividade física. E, com isso, o ganho de peso se torna inevitável porque a gordura tem mais espaço para se acumular. Dito isso, você deve continuar com a sua rotina de exercícios ou manter a atividade física.

Recomendamos ler também: Causas de sobrepeso desligadas da alimentação

Dicas para evitar o ganho de peso com a idade

Abaixo, oferecemos uma série de dicas para que a idade não seja sinônimo de mais peso. Em qualquer caso, é aconselhável que você peça conselhos a um profissional, para que o seu processo seja controlado:

  • Você deve manter sua massa muscular. Lembre-se de que gordura queima menos calorias do que o músculo. Portanto, é essencial que você faça atividades que desafiem o tecido muscular, tanto para desenvolvê-lo quanto para mantê-lo.
  • Inclua muitas proteínas em sua dieta, isso ajudará você a reparar e fazer seus músculos crescerem.
  • Preste atenção ao total de calorias que você deve consumir. Todas contam, ainda mais as que vêm de doces e produtos refinados. Evite-os ou consuma de maneira moderada.
  • O objetivo é manter uma dieta saudável. Procure receitas saudáveis ​​e, se você for comer fora de casa, peça pratos de salada. É uma questão de se educar e ter bons hábitos.

Você já percebeu que as soluções não são tão complicadas. Se você já vem mantendo uma boa dieta, deve continuar assim, mas com mais controle e esforço.

Se você já pratica exercícios, inclua mais trabalho muscular. Ao longo dos anos, o ganho de peso torna-se mais latente. Para isso, você deve cuidar de si mesmo ainda mais. Lembre-se de que a sua saúde vem em primeiro lugar.

  • Cruz-Jentoft, A. J., Baeyens, J. P., Bauer, J. M., Boirie, Y., Cederholm, T., Landi, F., … Zamboni, M. (2010). Sarcopenia: European consensus on definition and diagnosis: Report of the European Working Group on Sarcopenia in Older People. Age Ageing. https://doi.org/10.1093/ageing/afq034
  • Cruz-Jentoft, A. J., Kiesswetter, E., Drey, M., & Sieber, C. C. (2017). Nutrition, frailty, and sarcopenia. Aging clinical and experimental research, 29(1), 43-48.
  • Flegal, K. M., Carroll, D., Kit, B. K., & Ogden, C. L. (2012). Prevalence of obesity and trends in the distribution of body mass index among US adults, 1999-2010. JAMA – Journal of the American Medical Association. https://doi.org/10.1001/jama.2012.39