Alimentos que ajudam a diminuir a gordura localizada

Você está fazendo dieta, mas ainda não conseguiu perder aquelas gordurinhas localizadas? Caso tenha gordura localizada e queira perdê-la, não perca as informações que compartilhamos abaixo.

Alguns alimentos nos ajudam a reduzir os níveis de gordura em lugares específicos do corpo. Dessa forma, podemos diminuir a gordura localizada para moldar nossa aparência física o máximo que pudermos.

Alimentos que queimam gordura

Se você espera reduzir a gordura em áreas como os quadris, coxas ou abdômen, você pode estar se perguntando se os alimentos que queimam gordura podem ajudar.

Perder medidas na cintura

Embora haja uma grande quantidade de informações sobre esses alimentos, há poucas evidências de que eles ajudam a perder peso. Acredita-se que certos alimentos, como o chá verde, pimenta, soja, toranja, alho e gengibre, aumentam o metabolismo rapidamente, o que pode ajudar na perda de peso.

No entanto, o efeito é tão pequeno que é improvável ver os resultados no emagrecimento simplesmente incluindo esses alimentos em sua alimentação.

Não perca este artigo: 6 alimentos perfeitos para queimar gorduras

Alimentos para diminuir a gordura localizada na região abdominal

A gordura armazenada na área abdominal gera riscos à saúde, porque as chances de existirem artérias entupidas aumentam e podem levar a problemas cardíacos.

Portanto, recomenda-se que a cintura nos homens não exceda os 102 centímetros e, no caso de mulheres, que não exceda os 88 centímetros.

Para fazer com que nossa dieta se adapte à medida de nossa cintura, podemos contar com os seguintes alimentos.

Frutas cítricas

Exemplos de alimentos

  • Laticínios com baixo teor de gordura: este grupo inclui leite desnatado, iogurte e queijos com baixo teor de gordura, mas todos com alto teor de cálcio, pois esse elemento ajuda a quebrar as células adiposas.
  • Cítricos: algumas frutas cítricas, tais como as laranjas, toranjas e limões, têm bastante vitamina C. Isso ajuda o organismo a processar a gordura corporal mais rápido e permite combater a insulina que conduz ao aumento de peso.
  • Melão: rico em potássio, permite regular os níveis de sódio e lidar com problemas de inchaço.
  • Oleaginosas: devido ao seu alto teor de ômega 3, as oleaginosas ajudam a reduzir os níveis de hormônios do estresse, como o cortisol, que contribui para o ganho de peso. O importante é consumi-las em doses adequadas e não abusar.
  • Amêndoas: são ricas em proteínas, cálcio, fibras e ômega 3, transformando-as em importantes fontes de energia. Além disso, ajudam a controlar os níveis de açúcar e ativam o metabolismo.
  • Aveia: possui altos níveis de fibras e proteínas, o que favorece a diminuição dos níveis de colesterol. Por outro lado, é um purificador do sangue bem conhecido devido a certas substâncias que possui, permitindo encapsular gorduras e toxinas e depois expulsá-las do corpo.
  • Salmão: este alimento representa uma alta fonte de ômega 3 e possui proteínas que contribuem para a formação do colesterol bom ou HDL, ativando o metabolismo e favorecendo a queima de gordura abdominal.
  • Azeite: este produto é rico em gorduras insaturadas, o que beneficia o nosso corpo. Além disso, favorece a absorção de nutrientes e diminui os níveis de colesterol.

Leia também: Dicas para aumentar o colesterol bom

Alimentos para diminuir a gordura localizada nas coxas e quadris

Leguminosas

Semelhante ao que acontece com a área abdominal, existem certos alimentos que podem ajudar a diminuir a gordura localizada nas coxas e quadris. Estes são alguns exemplos:

  • Grãos integrais: arroz integral, aveia, pão integral, massa de trigo integral e milho.
  • Leguminosas: algumas das mais fáceis de encontrar são as ervilhas, feijões e lentilhas.
  • Proteínas magras: encontradas no frango sem pele, ovos, laticínios com pouca gordura, peixe, tofu.
  • Fibra: alguns alimentos especialmente ricos em fibras são as maçãs, batatas, morangos ou brócolis.

Com todos esses alimentos, ajudaremos a nossa dieta, que deve ser sempre equilibrada, a se concentrar na eliminação da gordura localizada. Além disso, será essencial combinar estes esforços com exercícios físicos regulares.

Recomendados para você