Flores comestíveis e seus nutrientes

· 6 de março de 2019
Conheça algumas flores comestíveis e todos os nutrientes que elas podem proporcionar ao organismo

É incrível que algumas flores, além de presentear-nos com sua beleza e outros benefícios associados a elas, também podem servir como alimentos. Algumas dessas flores comestíveis podem ser importantes fontes de nutrientes que, combinados com seu agradável sabor, podem se converter em um prato diferente.

Continue lendo e descubra curiosidades a respeito dessas flores comestíveis e seus nutrientes.

Flores comestíveis: de abóbora

Da planta de abóbora, que pertence ao gênero de plantas com o nome científico Cucurbita, podemos aproveitar não apenas a abóbora em si, como também suas sementes e flores.

As flores de abóbora podem ser utilizadas em diferentes pratos, como sopas ou guisados.

É muito utilizada em pratos da gastronomia mexicana. Há quem inclusive a utilize como acompanhamento em macarronadas.

Uma das grandes vantagens dessa flor é que ela é formada em grande parte por água, o que te permite consumi-la à vontade, sem se preocupar com a ingestão de calorias demais.

É também uma fonte importante de cálcio, que contribui na formação de ossos e dentes.

Leia também: Alimentos vegetais ricos em cálcio

O adequado consumo de cálcio é uma das melhores maneiras de prevenir a osteoporose.

Flores comestíveis: de rúcula

A flor de rúcula, planta com nome científico Eruca sativa, pode ser utilizada de várias maneiras, principalmente para condimentar alimentos.

A rúcula pertence à mesma família da couve-flor e do brócolis, suas flores são muito aromáticas e podem ser usadas em saladas, ainda que apareçam também como ingredientes em sopas.

Graças ao seu alto teor de ferro, essa planta e sua flor ajudam a combater a anemia.

Conheça: Remédios infalíveis para combater a anemia em casa

Flores comestíveis: de jasmim

A flor de jasmim é uma das flores mais apreciadas por sua fragrância agradável, além de ter uso variado, que vai desde chá até perfume.

Entre as variadas espécies dessa planta, talvez a mais comum é a que leva o nome científico de Jasminum officinale.

O chá de jasmim é conhecido por ter propriedades calmantes, ou seja, pode ser utilizado para controlar sintomas de estresse, ansiedade e depressão.

Além disso, o chá de jasmim tem propriedades analgésicas, ajudando no combate às dores incômodas.

Flores comestíveis: dente-de-leão

É outra das flores mais utilizadas. Cientificamente é conhecido como Taraxacum officinale, e a planta é especialmente utilizada por suas flores.

Apesar de crescer em muitas partes do mundo e de suas propriedades benéficas, algumas pessoas consideram o dente-de-leão como uma má opção.

Mas sua intensa cor amarela é um bom sinal de que possui betacarotenos, além de conter ferro e cálcio.

Inclusive essa planta também adquiriu fama como bom desintoxicante do fígado. Uma das maneiras mais comuns de utilizar suas flores é no preparo de chás.

Mas lembre-se, antes de consumi-lo, você deve estar seguro de que não apresenta alergia a essas flores. Consulte o médico caso você faça uso de algum medicamento.

  • González-Castejón, M., Visioli, F., & Rodriguez-Casado, A. (2012). Diverse biological activities of dandelion. Nutrition Reviews. https://doi.org/10.1111/j.1753-4887.2012.00509.x
  • Bobbo Moreski, D., Giacomini Bueno, F., & Vieira de Souza Leite-Mello, E. (2018). AÇÃO CICATRIZANTE DE PLANTAS MEDICINAIS: UM ESTUDO DE REVISÃO. Arquivos de Ciências Da Saúde Da UNIPAR. https://doi.org/10.25110/arqsaude.v22i1.2018.6300
  • Seo, J. S., Burri, B. J., Quan, Z., & Neidlinger, T. R. (2005). Extraction and chromatography of carotenoids from pumpkin. In Journal of Chromatography A. https://doi.org/10.1016/j.chroma.2004.10.044