Mejor con Salud
 

Quais são as causas das fisgadas na vagina?

As fisgadas na vagina podem aparecer como um sintoma de certas infecções, como herpes simplex ou gonorreia. Também são comuns durante a gravidez e em certas mulheres com uma condição chamada dispareunia. É importante obter o diagnóstico correto para tratá-las.
Quais são as causas das fisgadas na vagina?

Última atualização: 02 Dezembro, 2020

As fisgadas na vagina são um sintoma muito incômodo que afeta muitas mulheres. Na verdade, elas são uma maneira de se referir à dor que aparece na vagina, geralmente de maneira aguda e cortante.

A vagina é uma área muito sensível que também é suscetível a infecções. Não estamos nos referindo apenas a doenças sexualmente transmissíveis, mas também a outras infecções que podem ocorrer devido à diminuição da imunidade ou à falta de higiene.

Além de infecções, existem outras situações que podem causar alterações e dor nessa área, como a gravidez. No entanto, quaisquer sintomas ou desconfortos que ocorram devem ser investigados e a causa deve ser encontrada.

Neste artigo, explicaremos quais são as razões mais frequentes pelas quais você pode sentir fisgadas na vagina. É importante ter em mente que isso não é um motivo para ter vergonha; trata-se de uma área como qualquer outra do corpo.

Fisgadas na vagina durante a gravidez

A gravidez é uma fase em que muitas mudanças ocorrem no corpo da mulher. O mais óbvio e lógico é que o útero aumente de tamanho para acomodar o feto. Ele é um órgão cercado por ligamentos e fibras musculares.

Todo o aparelho genital feminino está em contato. Portanto, quando essas fibras são esticadas para aumentar o tamanho do útero, pode ocorrer desconforto em áreas inferiores, como a vagina. Isso causa uma dor que pode se espalhar para os quadris.

Essas fisgadas na vagina geralmente aparecem no início da gravidez. Na verdade, trata-se de um sintoma bastante comum. Ainda assim, é necessário que o obstetra faça uma revisão completa para descartar outras causas.

Mulher grávida sentindo dor
Durante a gravidez, a gestante pode sentir algumas dores na região da pelve.

Leia também: 5 remédios para alterações do corrimento vaginal

Fisgadas na vagina devido a causas sexuais

Nesta seção, não nos referimos a doenças sexualmente transmissíveis. Além de infecções, as fisgadas na vagina podem ocorrer por razões sexuais. A princípio, elas podem aparecer devido a um pequeno trauma causado durante o sexo.

Qualquer lesão que ocorra na via vaginal pode desencadear uma fisgada na vagina. Além disso, é importante mencionar que elas também podem ser causadas ​​pela dispareunia. A dispareunia é o termo médico utilizado para se referir ao desconforto e à presença de dor durante a relação sexual.

Embora essa dor geralmente se deva simplesmente à falta de excitação e lubrificação, também pode ser uma consequência de um problema psicológico. Muitas mulheres sofrem um tipo de ‘bloqueio mental’ quando se trata de ter relações sexuais.

Da mesma forma, muitas mulheres que sofreram abuso sexual experimentam dispareunia. É uma condição tratável, mas requer muita compreensão e apoio.

dor vaginal
A dor na vagina costuma surgir na forma de fisgadas ou alfinetadas, e pode ser intensa.

Talvez você também possa se interessar: Tipos de fluxo vaginal: você sabe quais são?

Doenças que podem causar fisgadas na vagina

As fisgadas vaginais podem ser um sintoma de muitas doenças diferentes. O mais comum é que elas apareçam como consequência de uma infecção, como na candidíase, infecção por clamídia ou gonorreia.

Além disso, algumas dessas infecções podem levar à doença inflamatória pélvica crônica. Trata-se de um processo inflamatório que se espalha da vagina para as trompas de Falópio. Costuma ter as fisgadas na vagina como parte de seus sintomas.

Por outro lado, cabe destacar que a endometriose também pode ser a origem. Esta é uma patologia na qual o tecido endometrial cresce fora do útero, que é estimulado a cada menstruação. O mesmo vale para a presença de cistos ovarianos.

Finalmente, as fisgadas na vagina podem ser um sinal de gravidez ectópica. Isso ocorre quando o embrião, em vez de se implantar no útero, é implantado em outra parte do aparelho genital feminino.

O que podemos fazer?

Por tudo o que dissemos anteriormente, não podemos deixar esse sintoma passar despercebido. É essencial consultar um médico diante de qualquer desconforto que você sentir, principalmente se as fisgadas na vagina ocorrerem repetidamente. Elas podem indicar que algo está errado com o seu corpo.

O profissional de saúde solicitará os exames complementares pertinentes e diagnosticará a causa. Uma vez feito o diagnóstico, será mais fácil abordar o tratamento apropriado para cada situação.

Exame médico de agressão sexual

Exame médico de agressão sexual

A violência sexual deve ser socorrida com urgência. A vítima deve ser avaliada e atendida de forma imediata para um exame médico de agressão sexual.



  • Tipos De Dolor Vaginal Y Cómo Reconocerlos. (n.d.). Retrieved February 25, 2020, from https://aesopspain.org/tipos-de-dolor-vaginal-y-como-reconocerlos/
  • López-Olmos, J. “Dispareunia: investigación de causa física y de causa infecciosa crónica (estudio prospectivo de 4 años).” Clínica e Investigación en Ginecología y Obstetricia 35.5 (2008): 152-159.
  • Fall, M., et al. “Dolor pélvico crónico.” Eur Urol 57.1 (2010): 35-48.
  • Ezcurra, R., N. Lamberto, and V. Peñas. “Dolor abdomino-pélvico en ginecología.” Anales del Sistema Sanitario de Navarra. Vol. 32. Gobierno de Navarra. Departamento de Salud, 2009.